11/07/2016

Resenha | Temporada dos Ossos

Temporada dos Ossos
  • Autor: Samantha Shannon
  • Editora: Rocco
  • Páginas: 448
Ambientada em 2059, a trama acompanha a protagonista Paige Mahoney, uma andarilha onírica, alguém capaz de entrar na mente das pessoas e captar pensamentos e fragmentos de sonhos. Considerada traidora pelo governo, Paige paga por seu dom com a sua liberdade e é enviada para uma prisão secreta em Oxford. Lá, ela conhece os Rephaim, criaturas de uma raça antiga que desejam controlar a clarividência de Paige e de outros como ela, e precisará aprender a confiar em aliados improváveis não só para reconquistar a liberdade, mas garantir a própria sobrevivência.

Resenha feita pela colaboradora Laiara Dias

Minha reação ao ler ao livro foi: cadê o próximo? Quando a Aline me convidou para resenhar A Temporada dos Ossos, eu sabia pouquíssima coisa a respeito dele, só tinha visto em um vídeo no youtube bem rapidamente, e permaneci assim, e foi a melhor coisa que fiz: entrar de cabeça na história sem saber muito a respeito do universo e ir descobrindo aos poucos o que estava acontecendo, creio que isso funcionou super bem pra que eu quisesse devorar cada página! Então calma que essa resenha não vai impedir de você ter uma experiência semelhante, ok!



Os primeiros capítulos do livro podem ser um pouco confusos, já que há elementos e vocábulos que são conhecidos pra nós, mas que têm um significado diferente na história… Eu levei uns cinco capítulos para conseguir me ambientar melhor e começar a compreender o enredo, mas depois que pega o ritmo, é só alegria!


Temporada dos Ossos é uma distopia, e o que eu achei legal é que a autora colocou os acontecimentos num futuro não tão longínquo, mas nem o mundo todo é diferente! Pra você entender: a narrativa se passa na Inglaterra s2 em uma realidade onde alguns humanos possuem poderes de clarividência, o que é considerado ilegal e uma praga em Scion. Só que os acontecimentos que culminaram nessa realidade estão lá no século XIX, na era Vitoriana! E outra coisa: nem todos os lugares têm a mesma postura em relação aos clarividentes. As cidades onde é implantado o modelo ditatorial que criminaliza essas pessoas recebem o prefixo Scion, e depois que o sistema é implantando, o lugar vira praticamente uma ilha: ninguém entra, ninguém sai.



Paige é a personagem principal, uma vidente de um tipo muito raro e a história é toda contada do ponto de vista dela, dessa forma, vamos descobrindo junto com ela todas as falcatruas políticas e os interesses que estão por trás Scion. Uma coisa que achei interessante, é que apesar de ser claramente a heroína, Paige não tem o chamado “salvador” desde o início, pelo contrário, ela passa a maior parte do livro tentando salvar a própria pele, e só depois, por uma questão de consciência é que ela decide ajudar outras pessoas.


Eu não costumo leu muitas distopias, exatamente porque todas me parecem uma variação do mesmo. Mas gostei muito de Temporada dos Ossos por usar alguns elementos que não vejo sendo muito explorados por aí e acho que valha a pena. Espero que vocês aproveitem a leitura!

Sou baiana, criada no Mato Grosso, casada com um mineiro e cai de páraquedas nas terras capixabas. Viciada em Youtube e Netflix, chocólatra assumida, devoradora de chick-lits. Amo um bom romance açucarado e não resisto a um toque de pimenta na literatura, nem a uma colher de farinha no prato. Choro a toa, rio alto, e não consigo decidir entre ser ogra ou princesa! Muito prazer, essa sou eu!


Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Laiara me deixou encafifado agora, deixa na lista de desejados que qualquer hora dou uma oportundade para ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahah, a Gisela também gostou! Faça o favor de ler logo pra eu ter mais alguém pra conversar sobre a história enquanto a continuação não sai!

      Excluir
  2. Olha, gosto muito desse gênero e fiquei surpresa com o tanto de coisa boa que vi do livro. Não tinha dado muita atenção pra ele quando vi, mesmo gostando do tipo de livro que é. Mas venho pensando em ler. Ainda mais se for do tipo que faz roer unhas pra ter a continuação. Parece valer a pena. A protagonista também não é dessas clichês que querem salvar o mundo desde que nasceram e blá blá blá. Achei isso bem mais...real. Tem coisas interessantes para se explorar assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Cristiane, uma protagonista mais real é maravillha! Porque dá pra gente se conectar mais com a personagem que é um pouco mais gente como a gente!

      Excluir
  3. Tenho muita curiosidade para ler esse livro, parece que a forma como a autora trabalhou o tema foi bem original e interessante. Tenho visto só elogios!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Não conhecia o livro antes de ler a resenha.
    Gosto muito de distopias, mas assim como você, acho que muitos não trazem histórias novas, sempre mais do mesmo. Temporada dos Ossos me pareceu diferente, principalmente pelo local que ocorre a história, na Inglaterra. Não me lembro de um livro de distopia que se passe lá.
    A capa do livro é bem bonita!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Já tinha visto esse livro antes mas ainda não tinha parado para ver sobre o que era a historia e gostei bastante, ela acabou me surpreendendo positivamento pois não esperava essa historia mas achei bem interessante parece ser cheia de tramas e fiquei curiosa para saber mais sobre esse futuro, adorei a capa e se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo