15/07/2016

Resenha | Sedução da Seda

Sedução da Seda
  • Autor: Loretta Chase
  • Editora: Arqueiro
  • Páginas: 304
Talentosa e ambiciosa, a modista Marcelline Noirot é a mais velha das três irmãs proprietárias de um refinado ateliê londrino. E só mesmo seu requinte impecável pode salvar a dama mais malvestida da cidade: lady Clara Fairfax, futura noiva do duque de Clevedon. Tornar-se a modista de lady Clara significa prestígio instantâneo. Mas, para alcançar esse objetivo, Marcelline primeiro deve convencer o próprio Clevedon, um homem cuja fama de imoralidade é quase tão grande quanto sua fortuna. O duque se considera um especialista na arte da sedução, mas madame Noirot também tem suas cartas na manga e não hesitará em usá-las. Contudo, o que se inicia como um flerte por interesse pode se tornar uma paixão ardente. E Londres talvez seja pequena demais para conter essas chamas. Primeiro livro da série As Modistas, Sedução da seda é como um vestido minuciosamente desenhado por Loretta Chase: de cores suaves e românticas em alguns trechos, mas adornado com os detalhes perfeitos para seduzir.

Ei gente! A autora Loretta Chase me conquistou ano passado com o primeiro trabalho dela publicado pela Editora Arqueiro - O Príncipe dos Canalhas. A partir daí, queria ler todos os romances de época escritos por ela. A publicação da série As Modistas me chamou muito atenção, principalmente com relação as lindas capas. Como sempre, eu não sabia o que iria encontrar - já que não leio sinopses - mas gostei muito de ler uma protagonista com uma posição diferente das que eu havia lido antes no gênero.


Marcelline é uma excelente modista e faz questão que todos sabiam disso - mesmo que seu reconhecimento pela sociedade londrina ainda não tenha chegado. Visando alcançar isso o mais depressa possível, a jovem resolve ir atrás da futura duquesa de Clevedon, afinal o que seria melhor do que uma duquesa como modelo de suas roupas? Mas nesse meio tempo ela acaba tendo que lidar com o Duque de Clevedon - tão libertino quanto sua posição. E um flerte aqui e ali acabam se tornando muito mais do que ambos poderiam querer. 

O que mais gostei na história da Loretta foi a posição da Marcelline e sua ambição consequente a ela. Ela á uma modista - não uma dama da corte, como estamos acostumadas. E uma mulher muito forte, com objetivos de vida traçados. Nada nem ninguém pode impedir o que planeja para melhorar sua vida e a de sua família. Ela já possui uma carga histórica bem grande, que vamos conhecendo ao longo da trama. Não é uma página em  branco, mas um livro escrito e que nós e o Duque de Clevedon queremos conhecer.

Falando no Duque, ela não poderia ter escolhido melhor. Ele é tão imprudente quanto ela; o que ele quer, ele conquista. E ambos são sedutores. É um jogo muito tenso e uma química enorme entre eles. Além disso, a história se passa em dois ambientes: Paris e Londres; assim como o relacionamento dos dois. De início, só existem os flertes. E depois que eles realmente se conhecem, passam a trocar faíscas. Cada um tem o seu objetivo e não pode ser atrapalhado pelo outro. Foi muito bom ler esse "combate" entre os dois.

A escrita me deixou tão feliz quanto o primeiro livro da série dos canalhas que li. Achei divertido, empolgante e muito rápido de ser lido. Não posso deixar de falar sobre as personagens secundárias: principalmente as outras irmãs de Marcelline - creio eu, as próximas protagonistas dos outros livros - e sua filha. Que figura! Muito parecida com a mãe e super objetiva com o que quer. Me arrancou muitas risadas. 

Os elementos diferenciais de Loretta Chase nesse enredo me deixaram contente, afinal é isso que procuro em um Romance de Época - a criatividade e diferenciação de tantos outros. Fiquei muito curiosa a respeito dos próximos volumes e é mais uma série do gênero que vai entrar nas minhas queridinhas. E a estante delas só aumenta. 

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Parece que voltou ao estilo de amor que o primeiro livro dela teve, sabe, aquele livro apaixonante de ler. E fácil. Além de divertido e com personagens cativantes, daquele jeitinho que a autora sabe criar. Estou empolgada para começar essa série, acho que vai ser muito boa =)

    ResponderExcluir
  2. Não é meu tipo de leitura, mais bem que poderiam virar série ou filme.
    Provavelmente ouvirei muito dessa série de livros lá no Clube do Livro ES rssss

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Gosto muito de livros de época, mas ainda não li nenhum livro dessa autora.
    Acho que irei começar por esse, a história pareceu ser ótima. A protagonista também pareceu ser uma excelente personagem, pois diferente de alguns livros do mesmo gênero, ele trabalha, não tem uma família importante e tem uma filha.
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Esse foi o primeiro livro da Loretta Chase que li e adorei essa serie, estava bem curiosa sobre como a autora irei retratar essa profissão tão importante naquela época e principalmente por ser o primeiro livro de época que li onde temos uma mocinha que trabalha e adorei a Marcelline e uma personagem forte, determinada e sabe o que quero e rir muito com as irmãs e principalmente a filha dela, estou doida para ler o próximo livro dessa serie !!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo