04/07/2016

Resenha | Os Bons Segredos

Os Bons Segredos
  • Autor: Sarah Dessen
  • Editora: Seguinte
  • Páginas: 408
Sydney sempre viveu à sombra do irmão mais velho, o queridinho da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paraplégico, e vai parar na prisão. Sem a referência do irmão, a garota muda de escola e passa a questionar seu papel dentro da família e no mundo. Então ela conhece os Chatham. Inserida no círculo caótico e acolhedor dessa família, Sydney pela primeira vez encontra pessoas que finalmente parecem enxergá-la de verdade. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, Os bons segredos conta a história de uma garota que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho.

Ei gente! Fui convidada pela Gisela do blog Ler para Divertir e pela Editora Seguinte para contar para vocês um pouquinho do livro Os Bons Segredos - de uma de minhas autoras preferidas, Sarah Dessen. Já disse em várias resenhas por aqui que adoro livros de fantasia e distopia. Mas eu não largo um bom Young Adult/New Adult - principalmente se ele trouxer assuntos realistas e que, de certa forma, pode trazer um significado para minha vida. A Sarah Dessen faz isso de maneira incrível, por isso insisto em indicá-la para todos que gostam desse gênero. Eu sempre me encanto pelos seus livros; e Os Bons Segredos não foi diferente.


Sydney está inserida em uma família de aparências. Apesar de seu irmão mais velho está preso por atropelar um jovem e deixá-lo em uma cadeira de rodas, seus pais insistem em dizer que tudo está bem - e continuar a bajular seu irmão. Cercada por conceitos que não acredita, ela acaba se mudando de escola e conhecendo a família Chatham - uma verão completamente diferente da sua - onde todos são unidos e fazem o melhor uns pelos outros, sem fingir esconder seus problemas. E é nesse grupo que ela acaba aprendendo aquilo que realmente importa.

Sarah Dessen tem o poder de tratar de assuntos polêmicos ou delicados de uma forma sutil e que todos compreendam. Esse é o grande trunfo, além de criar protagonistas que sempre me sinto ligada de alguma forma. Não foi diferente com Sydney. Ela é rodeada por um mundo que não acredita e tenta fazer - em vão - seus pai enxergarem o quão ruim é o que estão fazendo, tanto para ela quanto para seu irmão. Ela acaba fazendo o papel da responsável da casa, mesmo não devendo fazer isso.

Ela amadurece muito no decorrer da narrativa. No início, dá para perceber o quanto ela quer que tudo mude, mas que ainda abaixa a cabeça para certos caprichos - principalmente de sua mãe. Depois de um tempo, ela passa a se mostrar mais confiante e mais firme no que acredita, muito pela influência de fatores externos, como a convivência com Layla, Mac e toda a família Chatham. Prestem atenção: Sydney não desrespeita em nenhum momento seus pais; ela apenas os guia por um caminho em que ambos estavam de olhos fechados. Acho que esse livro é exatamente isso: a troca de aprendizagem entre pais e filhos.

O cenário da família Chatham não poderia ser melhor. Eles possuem uma pizzaria, onde pai e filhos trabalham para manter o negócio. E quem aqui acreditou que apenas a protagonista aprendeu com eles, está muito enganado. Ela trás muito frescor e boas ideias para todos na família - principalmente para Mac e Layla. E, é claro, nós temos um romance inserido na trama. Mas ele não é o principal; ele faz parte de um conjunto que faz a história da autora ser ainda melhor.

Sou muito suspeita para falar sobre qualquer livro da Sarah Dessen. Assim como em outros livros de sua autoria, a narrativa aqui é feita em primeira pessoa pela Sydney. É tudo muito dosado; os temas mais delicados, o romance, a troca de envolvimento entre pais e filhos. É muito bacana esse realismo que eu encontro sempre que pego um livro da autora para ler. Parece que ela pegou um pontinho da minha vida - alguma situação ou alguma pessoa que conheço - e inseriu ali. Ela torna minha leitura intimista. E isso é maravilhoso. Mal posso esperar para ler o próximo lançamento da autora - Uma Canção de Ninar - que vai ser lançado esse mês, também pela Seguinte.



Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Gostei Aline.
    Da um bom roteiro de filme.
    Essa relação de aprendizado entre a Sydney e os pais me lembra muito do relacionamento entre a Lorelai e os pais dela em Gilmore Girls.

    ResponderExcluir
  2. Aline
    Ainda não li nenhum livro desta grande autora, mas já conheço bastante dela através das suas resenhas. Eu tenho certeza que é uma leitura que vai me agradar, pois como você disse, trata-se sempre de temáticas polemicas, atuais e realistas e nós leitores sempre tiramos bons proveitos deste gênero de leitura. Parabéns pela bela resenha.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir
    Participe do Top Comentarista de Julho, serão 3 ganhadores e você ainda pode ganhar um livro a sua escolha.

    ResponderExcluir
  3. O que acho interessante nos livros da autora é essa visão adolescente bem familiar, com temas reais e que você vê em pauta, acontecendo por aí, tudo bem dosado e explicado. Isso é bom nos livros dela. Mas confesso que tenho certa birra com as histórias da autora, de chegar no final e sentir que precisava de mais. Li uns 4 dela e todos deixaram esse sentimento. Meio chato =/
    Mas esse parece ter dado uma melhorada, acho que iria gostar mais porque é um livro mais bem estruturado, melhor escrito. Ao menos achei assim ao ver os montes de resenhas e elogios...
    Penso que iria gostar. E gostaria de conferir esse novo que vão lançar também. Espero que seja bom.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Gosto muito dos livros da Sarah Dessen, ela é uma das minhas autoras preferidas!
    Li Os Bons Segredos no inicio deste ano, foi uma boa leitura. Porém foi o livro da Sarah que menos gostei. Não acho o livro ruim, pelo contrário, é muito bom. Ele fala de amizades, amor, família e amadurecimento, elementos sempre encontrados nos livros da autora. Mas comparando com os outros, Os Bons Segredos não me encantou.
    Meu livro favorito da Sarah é A Caminho do Verão.
    Quero muito ler Uma canção de ninar!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Ainda não li nada da Sarah Dessen, mas vejo as pessoas falarem toda dos seus livros que estou bem curiosa para conhecer sua escrita, uma das coisas que gostei nesse livro são os temas que ela trata e principalmente por ela tratar isso de uma forma real, trazendo o livro para mais perto de nos leitores, também gostei muito dos personagens e como parece que cada um vai crescendo ao longo do livro, adorei essa capa e se tiver oportunidade quero ler essa historia!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo