22/06/2016

Resenha | Dama da Meia-Noite

Dama da Meia-Noite
  • Autor: Cassandra Clare
  • Editora: Galera Record
  • Páginas: 574
Em um mundo secreto onde guerreiros meio-anjo juraram lutar contra demônios, parabatai é uma palavra sagrada. O parabatai é o seu parceiro na batalha. O parabatai é seu melhor amigo. Parabatai pode ser tudo para o outro mas eles nunca podem se apaixonar. Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de duas semanas antes que o assassino coloque eles na mira. Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: O que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatais de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade?

Ei gente! Toda a vez que eu leio alguma coisa da Cassandra Clare demando tempo para ingerir e compreender tudo. Na verdade, isso se deve muito as emoções que ela me faz sentir no decorrer de suas histórias. E isso não foi diferente com Dama da Meia-Noite, publicado pela Galera Record. Demandei um tempo para vir aqui e trazer essa resenha para vocês, porque ao mesmo tempo que amei Dama da Meia-Noite, acho que - talvez - a Cassandra possa estar sendo um pouco repetitiva.


Emma Carstairs é uma das melhores caçadores de sombras de sua geração. Junto com seu parabatai Julian, eles tomam conta da cidade de Los Angeles contra demônios e qualquer perigo contra os seres humanos. Após uma série de assassinatos de mundanos e fadas, Emma tem a certeza que todos esses crimes tem relação com o assassinato de seus pais e vai fazer de tudo para encontrar o responsável. Paralelamente a isso, Julian pode ter seu irmão Mark de volta. A única coisa que Emma não imagina é a quantidade de segredos que Julian esconde. E como seu laço de parabatai pode ao mesmo tempo ser bom e ruim.

A Cassandra Clare é uma das poucas autoras que escreve vários livros dentro do mesmo tema, mas que eu realmente não me canso de lê-lo. O mundo dos caçadores de sombras já está muito conhecido pelos leitores através das séries passadas e Dama da Meia-Noite veio para trazer um tempero a mais a esse mundo. Assim como nos apresentar apropriadamente a família Blackthorn, que foi inserida no último livro de Instrumentos Mortais. Desde lá eu já havia me apaixonado pelos personagens e lendo Dama pude ter certeza: eles me conquistaram.

Emma é extremamente forte e faz de tudo para ser sempre boa no que faz. Apesar de ser uma protagonista muito boa, ela às vezes não é capaz de enxergar realmente o que está na sua frente. Acredito que no decorrer da trilogia - isso até já aconteceu um pouco nesse primeiro volume - ela vai amadurecer ainda mais. Julian é o melhor personagem desse livro e, a propósito, o que mais sofre em todos os livros da Cassandra. É sofrimento atrás de sofrimento. Fiquei com o coração na mão por ele diversas vezes. Carrega a família nas costas, faz o trabalho de pai ao invés do de irmão. E isso é apenas o começo.

De uma forma geral, todos os personagens são bons. A família Blackthorn tem peculiaridades e diferenças boas que ajudam a narrativa a crescer. E falando em narrativa, acredito que esse seja o livro mais bem escrito da autora. Afinal, é isso mesmo que eu espero: a cada novo livro, um amadurecimento a mais na escrita. Apesar disso, me senti um pouco "enganada" por ela. Veja bem, eu amo os livros da Cassandra Clare. Mas não posso fechar meus olhos para alguns pontos. O romance entre Emma e Julian é parecido demais com a ligação de Will e Tessa. Proibições por um ponto - diferente, é verdade - porém que possuem semelhanças no contexto geral.

O grande mistério do livro é resolvido nele mesmo, mas dezenas de perguntas ficam em aberto. O relacionamento parabatai é bem explorado e achei a resposta para o não relacionamento amoroso entre parabatais viável, o que vai tornar mais difícil ela me convencer a reverter isso. Quero muito que ela me surpreenda nesse ponto. Existe uma ponta solta que vai dar o que falar no próximo livro e eu já imaginei exatamente o que pode acontecer. Espero estar enganada e que ela faça algo completamente diferente, se não vou ficar decepcionada.

Apesar dos pesares, eu amo o que li. E adoro esse universo criado por ela. Ao mesmo tempo que penso "Já não está bom, não?", eu já me pego querendo mais. Cassandra Clare tem esse poder sobre mim e com certeza sobre seus milhares de fãs. Se você já conhece a autora, provavelmente vai amar Dama da Meia-Noite. Se não, aconselho a ler os outros livros. Os spoilers das outras séries estão todos escancarados aqui - por sua conta e risco. 


Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Cassandra Clare é uma autora que ouço com frequência depois que entrei no Clube do Livro, cada vez mais tenho vontade de conhecer melhor seus livros, principalmente por abordar vampiros e afins.
    No evento de lançamento do livro aqui no ES as pessoas que leram esse livro estavam pirando mesmo kkkk, deve ser bom.
    E essa historia toda de vampiros e fadas me lembraram de True Blood rssss

    ResponderExcluir
  2. Oi, Aline!
    Demorei muito pra ler um livro da Cassandra, li Cidade dos ossos esse ano,mas já me apaixonei pela escrita da autora e quero ler mais! Decidi que ia ler esse ano por conta do lançamento de Dama da meia-noite, que me conquistou só pela capa. Como é melhor ler todos os outros antes,até porque com certeza vc fica boiando, já comecei a maratona! rs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo