27/10/2015

Resenha | A Vingança de Mara Dyer

A Vingança de Mara Dyer 
  • Autor: Michelle Hodkin 
  • Editora: Galera Record 
  • Páginas: 378 
A série mescla paranormalidade, conspiração e romance para contar a história de uma adolescente com poderes especiais. Elogiada pelas autoras das séries Divergente e Instrumentos Mortais, Michelle Hodkin cria aqui uma trama surpreendente, onde nada é o que parece. Depois de descobrir que consegue matar apenas com o pensamento, assim como seu namorado é capaz de curar com a mesma facilidade, Mara Dyer é capturada por uma inescrupulosa médica, que a faz passar por uma série de testes e experimentos. Mas Mara não está sozinha. Outros jovens com poderes igualmente extraordinários são usados como cobaia. Com a ajuda deles, e de um velho inimigo, ela consegue fugir e parte em busca de vingança.

Ei gente! Trago hoje para vocês a resenha da finalização de uma trilogia que eu estava aguardando desde o ano passado, após a leitura do segundo livro. A Vingança de Mara Dyer fechou o ciclo que a autora Michelle Hodkin propôs ao leitor, mas não da forma como eu imaginava. A estranheza e desconfiança que me chamaram tanto a atenção no primeiro livro, sumiram no seu encerramento.


Tudo o que Mara passou em sua vida que não tinha explicação veio a tona; ela nada mais era do que uma cobaia em um estudo científico. Depois dessa constatação, presa em um laboratório a força e com a chance de Noah estar morto – sem que ela acredite nessa última afirmação – seu objetivo é encontrar seu amor. Diferentemente do que seus amigos de fulga – Jaime e Stella querem: respostas e o que esperar do futuro.

O que me fez gostar tanto dos dois primeiros livros da trilogia escrita pela Michelle foi exatamente a estranheza e bizarrice que de certa forma envolvia todos os personagens e, principalmente, Mara. Tudo era muito obscuro e eu não sabia se poderia confiar naquilo que estava lendo. Era tudo verdade? Fruto da imaginação da protagonista? Esse mistério trouxe novidade a tantos outros livros que estava lendo. Com o encerramento do segundo volume e a possível justificativa para tudo o que acontecia eu ainda esperava que a autora continuasse com essa pegada misteriosa – claro, já desvendando o que precisava de respostas. Contudo não foi bem isso que vi.

Mara ficou extremamente obcecada com Noah e o romance é o centro da finalização, mesmo o rapaz não estando presente em boa parte da trama. Enquanto seus colegas de “pesquisa” estão preocupados com o que eles são e o que os aguarda, Mara pouco se importa. Achei que ela tinha que ter medido os dois fatores: Noah e a sua situação de cobaia em uma pesquisa. Afinal, tudo aquilo era o porquê dela ser daquele jeito. Ela não era maluca. Mesmo assim, o foco da protagonista foi o outro.

Tirando esse fato que me incomodou, achei que a autora soube trazer ao leitor que gostou da trilogia respostas plausíveis – dentro da ficção – e a inserção de personagens secundários um pouco mais forte do que fez nos livros anteriores. Gostei muito de como ela conectou os capítulos do passado com os do presente. Tudo ficou bem amarradinho nesse ponto, mesmo eu ainda com várias dúvidas em relação ao que poderia vir para o futuro de todos os envolvidos. E as consequências que não apareceram a todos os atos realizados pelos personagens.

Mesmo sem aquilo que me chamou a atenção nos volumes anteriores, A Vingança de Mara Dyer se mostrou uma boa finalização, com algumas ressalvas. Eu sinceramente fiquei bem curiosa para ler outros trabalhos da autora, afinal sua narrativa é ótima para ser lida. Acredito que os leitores da trilogia podem encontrar alguns “poréns” como eu, mas ficarem satisfeitos com o encerramento.


Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Oi, Aline. Você não sabe o quanto estou ansioso para iniciar a leitura desta série. Confesso que fiquei lendo a resenha com extremo medo de encontrar algum spoiler, espero que não haja algum. Enfim, A Vingança de Mara Dyer me impressionou pela falta de uso da mente, mas sim das mãos, quero conhecer esta nova faceta. Jesus! Quero entrar neste mundo em que Mara dá fim À vida em várias pessoas e conhecer um pouco mais os pontos impactantes. Ansioso, ansioso e ansioso!

    ResponderExcluir
  2. nao quis ler muito da resenha pois nao conheco a serie...mas pelo que eu intendi a mara e paranormal e seu namorado tambem e cientistas querem eles para fazer experiencias...isso e que eu entendi..obg pela dica..bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá!!
    Sabe aquela historia que você quer muito ler, e fica fugindo quando vê alguém falar sobre só com medo de spoiler , então precisa me perdoar mais não vou ler sua resenha, essa historia eu quero ler no escuro, quero ser surpreendida, então assim que ler a trilogia venho ler sua resenha.
    Bjocas

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo