13/10/2015

Resenha | Despertar

Despertar 
  • Autor: Meg Cabot 
  • Editora: Galera Record 
  • Páginas: 320 
Em Despertar, a protagonista Pierce Oliviera, agora namorada do Senhor da Morte, John Hayden, precisa lidar mais uma vez com as terríveis Fúrias, quando estas descobrem que ele quebrou uma de suas regras mais severas: ressuscitar uma alma humana. Se o equilíbrio entre vida e morte não for restaurado, tanto o Mundo Inferior quanto o lar de Pierce serão destruídos. Mas há uma forma de consertar tudo: alguém precisa morrer.

Ei gente! Mesmo com os anos se passando, eu não me canso de ler qualquer livro da Meg Cabot. E como comecei a acompanhar a série Abandono, é claro que fiquei animada para ler seu terceiro volume - mesmo não sendo uma das minhas histórias preferidas dela. Despertar foi lançado mês passado pela Galera Record e mais que depressa resolvi lê-lo. O que descobri ao fazer isso foi que esse se tratava do último livro dessa série. E só descobri ao ler as últimas páginas.


Pierce já aceitou seu destino de ser a Rainha do Mundo Inferior, juntamente com seu namorado John - Senhor da Morte. Aparentemente esse era um de seus maiores problemas e uma vez que foi resolvido a paz reinaria, certo? Errado. Alguma coisa está causando um desequilíbrio no mundo inferior, fazendo com que as almas acumulem e não vão aos seus destinos. Além do fato de que um furacão está atravessando Ilha dos Ossos - com acontecimentos um pouco sobrenaturais. Falta um pouquinho mais para que Pierce, John e seus amigos encontrem a paz.

Essa é uma daquelas séries que eu adoro ler para passar o tempo. O terceiro livro da - que eu acabei descobrindo no final - trilogia Abandono continua com a mesma leveza e fluídez na narrativa. Escrita típica da Meg Cabot e que fascina tantos fãs ao redor do mundo. Diferentemente dos dois volumes anteriores, aqui Pierce já se estabeleceu como "Rainha do mundo inferior" e teve essa problemática resolvida. Apesar disso, algumas poucas perguntas ficaram em aberto e pude obter essas respostas no enredo de Despertar, com a inclusão de uma ou duas surpresas.

Gosto da forma simples que a Meg envolve sobrenatural e romance - aqui com mais elementos sobrenaturais e da mitologia grega. E o outro fato que me conquista é o trabalho com as personagens secundárias. Mesmo com a narrativa permanecendo em primeira pessoa na visão de Pierce, fica claro as emoções de sua melhor amiga, seu primo, seus amigos e, é claro, de John - e mais personagens são inseridos de forma pertinente e complementar. O foco não fica só na vida da protagonista, mas na resolução dos problemas de todos que a cercam. É claro que não é tudo aprofundado, até pela proposta de enredo e tipo de literatura da autora. 

Achei a finalização feita na medida. Eu jurava que teria um próximo livro. Não senti que estava me despedindo das personagens. Não que ela tenha deixado nenhum grande conflito que começou em aberto, mas a vida de todos os envolvidos ficou. Afinal, não dá para dar um "final" a tudo. Cada um tomou seu caminho, com seus objetivos, mas não ficamos sabendo se aquilo deu certo ou não. Fica a cargo da imaginação do leitor.

Para quem gosta de passar o tempo com uma leitura sem pretensões, envolvendo mitologia grega e com aquele romance adolescente que a Meg Cabot sabe fazer como ninguém, pode embarcar na trilogia Abandono. Não é um livro que mudará sua vida com grandes lições, mas é um ótimo passatempo entre leituras mais pesadas. Vale a pena conferir.


Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. LINE!
    gOSTO MUITO DA mEG, EMBORA NÃO TENHA LIDO NENHUM VOLUME DESSA SÉRIE, MAS PRETENDO PORQUE GOSTO DE ROMANCE E SE TEM SOBRENATURAL ENVOLVIDO, MELHOR.
    E fico feliz que tenha gostado do final da série.
    “A gratidão é o único tesouro dos humildes.”(William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  2. Aline, eu me confundi um tanto com a história de Despertar, pois não acompanhei absolutamente nada sobre os outros livros. mas, percebi alguns aspectos curiosos, como uma maior união do casal, logo pensei que eles possuía mais liberdade. Gostei da série, apesar de ter ficado um pouco perdido, quero muito conhecer a escrita da Meg Cabot.

    ResponderExcluir
  3. tensao no ar..que deve morrer criatura...e esse negosio de rainha das trevas...ela deve amar muito esse homemm...capa perfeita...meg cabot linda como sempre...bjs..

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    Apesar de não ter lido os livros anteriores consegue compreender um pouco sobre a historia só um pouco rsrs mas se é da Meg Cabot, num precisa dizer mais nada , porque a escrita dela é muito boa e não perco a oportunidade de algo dela!!
    Bjocas

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo