02/09/2015

Resenha | Isla e o Final Feliz

Isla e o Final Feliz 
  • Autor: Stephanie Perkins 
  • Editora: Intrínseca 
  • Páginas: 304 
Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito. Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes. Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens mais do que queridos pelo público apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais.

Ei gente! Existem histórias de romance que assim que começam a ser lidas, logo levam um sorriso aos nossos lábios. Você passa a perceber que tudo é extremamente fofo e o sorriso é inevitável. Fica lá a cada página que você vira. Esse é o meu exato sentimento quando leio livros da Stephanie Perkins e com Isla e o Final Feliz - publicado pela Editora Intrínseca - não poderia ter sido diferente. Foram sorrisos o tempo todo.


Isla sempre foi apaixonada por Josh - ambos tímidos e estudantes de uma escola de americanos em Paris. Depois de um encontro ao acaso em um café em Nova York - um encontro extremamente marcante e engraçado - os dois passam a se aproximar mais e mais. E o amor por Isla finalmente vira realidade. Apesar da enorme alegria nessa descoberta, ambos os jovens passam a enfrentar dramas em outros assuntos e o relacionamento pode ser afetado por muitos deles.

Isla e o Final Feliz foi o livro mais diferente dos três que compõem essa "trilogia". Muito disso veio nos assuntos retratados pela autora. É claro que o romance é o foco, mas outros temas são muito bem trabalhados mesmo não sendo o centro das intenções. Como - por exemplo - as mudanças e escolhas que envolvem todo o jovem na idade de encarar uma faculdade e sua possível profissão. Além disso, a relação familiar em diferentes casos. Ela nos dá dois alvos em cada situação - com Josh e Isla. Os dois lados da moeda sempre estão presentes, fornecendo ao leitor mais momentos que podem ser retirados da ficção e trazidos para a realidade.

A doçura constante do romance não enjoa. Muito pelo contrário. É tudo tão sutil e fofo que trás suspiros aos leitores que admiram esse tipo de literatura. As experiências que Isla e Josh vivem no decorrer da trama são muito envolventes e palpáveis. Além de tudo, o cenário sempre auxilia na construção das cenas. Temos um giro incrível por Paris, Nova York e outras cidades européias. Tudo realmente parece um sonho para os protagonistas, principalmente Isla.

E falando neles, senti uma verdadeira conexão com Isla. Ela é a verdadeira adolescente apaixonada que é dramática, chata e verdadeira de acordo com sua idade - nem a mais, nem a menos. Parece uma menina cheia de dúvidas em alguns pontos, mas logo pode se tornar mais forte e enfrentar os obstáculos com certeza. Josh é encantador e se encaixa tão bem com Isla que fica difícil de encontrar pontos negativos. O que gostei bastante nele foi a relação - ou falta dela - que ele precisou passar pela falta dos seus amigos já formados e até mesmo de sua família. 

E sim, tivemos a presença dos outros casais dos primeiros livros que deram um toque todo especial na leitura. Bateu aquela saudade de suas histórias. A ligação que Perkins fez para trazê-los na realidade de Isla foi bem fofa. E posso dizer que o desfecho dela foi ainda mais fofo do que eu esperei? É claro! Stephanie sempre consegue se superar quando o assunto é encaixar cenas românticas e marcantes para o leitor.

Já estou morrendo de saudades desse universo contemporâneo, doce e leve que essa trilogia me trouxe ao longo desses anos. No fundo, eu ainda torço para a autora fazer um universo um pouco maior envolvendo esses mesmos temas e essa mesma sutileza. Caso isso não ocorra, torço para que ela publique mais trabalhos - diferentes, por que não? - para que eu possa conhecê-la mais e talvez me apaixonar mais uma vez pelos seus novos personagens. 


Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Aline!
    Tive oportunidade de ler os livros anteriores e já fiquei encantada, por isso, gostaria de acompanhar a adolescente Isla e assim fechar a leitura da trilogia.
    “Pedras no caminho? Eu guardo todas. Um dia vou construir um castelo.”(Nemo Nox)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  2. Oláá
    Já li os outros dois da autora e espero com certeza ler esse em breve pois s[ó tive experiências ótimas, amo essa capa e o enredo está ótimo. Bela resenha.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Confesso que esse livro não é o meu estilo de leitura, mas ele me interessou porque, apesar do livro ser do gênero romance, ele abrange outros temas. Já tinha visto outras resenhas sobre esse livro, e todas elas comentando positivamente. Adorei a sua resenha!

    ResponderExcluir
  4. Li apenas o primeiro livro da trilogia e simplesmente amei! A autora possui uma escrita maravilhosa e diferente de muitos livros com adolescentes em que os acho as vezes forçados ou não consigo me ver neles ou nas situações em que vivem, consegui rir e me identificar com os personagens do primeiro livro. Gosto quando isso acontece, pois apesar de ser o público alvo desse tipo de livro, muitos não conseguem me fazer sentir empatia pelos personagens e admito, isso atrapalha muito a leitura.
    Ainda pretendo ler o segundo livro e devorar logo em seguida este terceiro! O casal parece uma graça e certamente vou amar! Até agora li apenas resenhas positivas e vejo que Isla e o Final Feliz tem mesmo um encanto único. Adorei a resenha.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Aline! :oo. Já li inúmeras resenhas de Isla e o Final Feliz sem saber que era o fim de uma trilogia. Espero não ter pego muitos spoilers. A estória do livro é fascinante, mesmo o romance não estando nos meus gêneros favoritos não significa que eu não vá gostar de nenhum, não é mesmo. Me envolvi na resenha e me apaixonei pelo livro.

    ResponderExcluir
  6. Sou apaixonada pelos livros de Stephanie Perkins. Ela sabe descrever os romances adolescentes maravilhosamente bem, nos levando para dentro do livro, torcendo por cada personagem.
    Tive o prazer de ler Lola e o garoto da casa ao lado e Ana e o beijo francês, e me encantei por cada história, me fazendo sentir falta de cada personagem quando terminava. Ainda não li este, mas já estou me preparando para começar essa leitura, pois sei que mais uma vez serei cativada, assim como você foi.
    Amei a resenha!
    Abçs!!

    ResponderExcluir
  7. Sou louco para ler os livros da Stephanie Perkins, mas não sei o que deu em mim, agora estou me coçando para ler esse livro primeiro! A história parece ser super fofa e divertida, e acho que me interessou mais do que os outros livros dela.
    Abraços, adorei a resenha :)

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Já li Isla e o final feliz e adorei!
    O livro é muito bom, uma história fofa e divertida. Concordo com você que esse livro, diferente dos outros, foi além do romance discutindo o futuro dos personagens.
    A Isla e o Josh são personagens ótimos, é impossível não gostar deles.
    Só achei que os personagens dos outros livros, Anna, Etienne, Lola e Cricket, poderiam ter aparecido mais.
    Apesar de ter gostado bastante do livro, meu preferido continua sendo Anna e o beijo francês.

    ResponderExcluir
  9. Assim como os outros dois.livros da autora, Isla e o final feliz é super fofo, romântico, envolvente e grude rsrs não dá pra largar até que o final feliz aconteça. Me apaixonei por mais um personagem da autora e fico feliz por poder ler um romancezinho tão original, assim como os outros livros da autora. Recomendo muito!

    ResponderExcluir
  10. Já li Anna e Lola mas Isla ainda não.Virei fã da escrita e das histórias da Stephanie.Estou louca para ler Isla e me encantar com mais uma história fofa e emocionante!!! Bjss

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li nenhum livro dessa serie, mas depois de ler essa sua resenha maravilhosa fiquei bastante curiosa e morrendo de vontade de ler esse livro, que agora ao ver parece ser muito bom, espero não me decepcionar!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo