29/09/2015

Artigo | Mudanças, escolhas


É inevitável do ser humano mudar. Mudamos de casa, de escola, de estilo, de gosto, de opinião. Dificilmente existe alguém que nunca mudou, nem que seja o mínimo. Eu mudo constantemente em certos momentos. E também tenho receio - e até mesmo medo - de algumas mudanças bruscas demais. Aquelas em que sei que minha vida vai virar de cabeça para baixo. Às vezes, prefiro não arriscar. Ficar na mesma, por conta do medo ser maior do que a expectativa da novidade que a mudança pode me trazer.

Você pode estar pensando: "O que pode ser tão difícil?" Isso varia de pessoa para pessoa. O que é pequeno para mim, pode ser o mundo para você e vice-versa. Apesar desse meu constante receio, sei que preciso mudar. De atitude, de escolhas e de palavras. De ideias. De caminhos. Quem sabe o que eu poderei encontrar se resolver mudar nem que seja um pouquinho a minha rota?

E as escolhas? Como elas são - muitas vezes - difíceis nessa fase da vida. Faço faculdade? Para qual curso? Viajo pelo mundo? Trabalho? Vou estudar fora? Faço aquilo que me dará um retorno - seja ele financeiro, acadêmico, emocional - a longo prazo e atraso todos os meus outros planos? Enfim, existem uma série de escolhas - de caminhos - que podemos percorrer. O que nos faz errar muito. E acertar também, por que não?

Encontro isso não só na minha vida e na vida das pessoas que me rodeiam, mas também na vida de tantas personagens e tantas páginas de livros que encontrei ao longo dessa vida de leitora. Muitas das ocasiões eu me sentia tão conectada aos medos, erros e acertos daqueles que lia, que até ficava assustada. Até o ponto em que eu me sentia tranquilizada. Alguém passou por aquilo. Mesmo na ficção? Pense que alguém precisou dar vida aquela história e com certeza se baseou em algo real. 

Mudanças e escolhas são uma das coisas que fazem com que nossa vida vá andando para a frente. Encare-as de frente. Os obstáculos serão muitos e enormes. Eu venho pensando muito a respeito disso ultimamente e acho que todos vocês por aqui já devem ter passado - ou estão passando - por esses momentos de encruzilhadas. O que realmente quero ver ao longo desse caminho é a minha felicidade e a daqueles que fazem minha vida ter esse sentido. E vamos às mudanças!

Leitura indicada com o tema envolvido

      


Esse artigo faz parte de uma sessão do blog Memórias Literárias. Seu objetivo é conversar um pouco com os leitores a respeito do assunto proposto, além de ter a - ousadia, talvez - de ajudar e refletir. 


Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. É incrível o poder de mudar! Ao passar do tempo, vemos que estamos mudando constantemente. Antes eu gostava de fazer algumas coisas que hoje eu não gosto mais. Antes eu comia coisas que hoje eu não como mais. É sempre bom mudarmos. Mudar a nossa forma de pensar, agir, raciocinar etc. Adorei o seu artigo!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Aline! Realmente. O nosso mundo vive de mudanças, nós vivemos de mudanças. Precisamos mudar a todo momento, iniciar um novo ciclo, abrir uma nova porte, respirar um novo ar. Mudar não é você ser outra pessoa, mudar é como acrescentar uma pilha de cultura em sua alma, uma pilha de mudanças - sejam elas boas ou ruins em um resultado futuro -. O que vale mesmo, é arriscar. E vamos às mudanças!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Sei como as mudanças são importantes em nossas vidas, mas também tenho receio delas.
    Pois com as mudanças vem escolhas que às vezes são difícil de serem feitas.
    Porém, ao mesmo tempo, sem elas nossas vidas ficariam estagnadas, precisamos mudar para crescer, amadurecer e nos tornar pessoas melhores.

    ResponderExcluir
  4. Aline!
    As mudanças causam receio mesmo. Estamos em uma zona de conforto e se houver mudanças, teremos de nos adaptar e isso causa medo.
    E ainda tem o lance de não dar certo e de ficarmos com aquele sentimento de que não deveríamos ter mudado, mas isso depende da ótica que vemos tudo que acontece. Sempre tem o lado bom e temos de ver por esse prisma.
    Espero que suas escolhas sejam as melhores e tragam felicidade para você.
    “A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente.”(Soren Kierkegaard)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  5. Acredito que mudanças são necessárias, senão nossa vida fica monótona, sem sentido. Sei que muitas vezes as mudanças não são aquelas que estávamos esperando, mas que em algum momento vamos aceitar que aquilo foi da forma que tinha que acontecer.
    Estou nessa face de mudanças. Qual curso faço? Esse ou aquele? Confesso que me dá medo, pois é através dessas escolhas que vou definir meu futuro. Mas preciso fazer, cedo ou tarde.
    Mudanças em algum momento em nossa vida vai acontecer.
    Amei o post <3
    Abçs!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo