31/07/2015

Resenha | Elena, a filha da princesa

Elena, a filha da princesa 
  • Autor: Marina Carvalho
  • Editota: Galera Record
  • Páginas: 322

Este não é um conto de fadas comum. Sim, existe uma princesa. Não uma donzela, mas uma jovem moderna, preocupada com os problemas de seu tempo. Há também um príncipe. Só não espere que ele seja um perfeito cavalheiro. Afinal, uma pitada de bad boy nunca fez mal a nenhum herói. Elena, filha da princesa Ana — a brasileira que se tornou herdeira do trono da Krósvia —, já não é mais a menininha apaixonada pelo primo Luka, com quem deu o primeiro beijo aos 13 anos. Cresceu, namorou, viajou o mundo. Mas uma notícia surpreendente a faz voltar para casa... justamente quando obrigações familiares também exigem a presença de Luka. O reencontro é explosivo. Luka não estava preparado para adulta que a prima tímida se tornou. Uma mulher que sabe muito bem o quer. E quem quer.


Ei gente. Logo quando conheci o trabalho da autora mineira Marina Carvalho, eu sabia que tinha reencontrado um pouco da minha nostalgia de adolescência dos livros da autora Meg Cabot nela - que fez tanto parte desse período da minha vida. Marina conseguiu me conquistar com a história de Ana e com sua simpatia quando tive oportunidade de encontrá-la pessoalmente. Quando soube do spin off envolvendo Elena - filha de Ana - fiquei realmente muito empolgada com o que iria encontrar, além de saber um pouco mais do cenário da Krósvia.


Elena não é a típica garota da realeza. Apesar da pouca idade, sabe muito bem o que quer da vida, participando de grupos de auxílio e educação a crianças carentes na África e contribuindo para um mundo melhor. Até que um acontecimento inesperado força a jovem a voltar ao palácio e ficar com seus pais. O que Elena não esperava era se reencontrar com um antigo primo, Luka. Seu primeiro amor e bad boy da família. O que Luka também não esperava era encontrar uma prima crescida e que chamasse tanta atenção. A partir daí, faíscas saem para todos os lados e a química é incapaz de ser controlada.

Marina conseguiu me surpreender com Elena. Confesso que gostei até mais dela de que sua mãe, Ana - que pude conferir a história anteriormente. Acredito muito nisso por conta do próprio crescimento escrito por parte da autora. Não só Ana cresceu e criou sua família, dando vida a Elena, como a Marina também cresceu e melhorou ainda mais sua narrativa, trazendo momentos mais nostálgicos para mim. 

Além disso, o próprio tom do livro me pareceu um pouco mais adulto, por conta do amadurecimento precoce de alguns personagens apesar da idade e também por conta de problemas encarados por alguns outros no decorrer da vida. Elena é ao mesmo tempo madura para muitas atitudes no decorrer da trama e mostrando seus 18 anos evidentes com burrradas e escolhas equivocadas. Ela tem o espírito que encontrei em Ana, mas claro que com suas peculiaridades - que me fizeram gostar ainda mais dela. Luka não poderia ser um bad boy diferente. Extremamente charmoso e cheio de problemas, logo conquista com seu lado misterioso e perigoso. E é claro que possui segredos enterrados tão profundamente que nem mesmo sua família sabia encontrá-los.

O livro nos mostra capítulos intercalados e narrados tanto por Elena quanto por Luka. Mesmo o romance sendo o centro de todo o enredo, a autora ainda conseguiu engatilhar um pouquinho da política da Krósvia. Como a proposta não era o foco no governo, a medida ficou bacana, mas confesso que até queria saber um pouco mais sobre tudo. Quem sabe até mesmo Elena - mesmo não sendo tão envolvida nos assuntos do avô - ajudar em algumas ações para seu país? Eram ideias que ficaram passando pela minha cabeça, mais por curiosidade do que por necessidade.

Crescimento é a palavra que resume o livro de Elena. Não só da protagonista, mas como de sua autora. Apesar dos famosos clichês, Marina Carvalho soube me cativar nas pequenas ações, me conquistando com seus personagens e suas cenas marcantes. Foi um momento de conto de fadas moderno, sem princesas ou príncipes. Apenas pessoas normais - apesar de seus títulos - com problemas difíceis e não tão difíceis. O comum conseguiu se misturar com a fantasia e me dar momentos deliciosos com a leitura.


Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Ainda não li nada da autora, mas estou muito curiosa para conhecer essa série, mas já vi falar diversas vezes de Simplesmente Ana. Parece uma história interessante e como adoro livros com um pouco de romance, o desenrolar da história de Elena e Luka me deixou curiosa.
    Abçs Aline!!

    ResponderExcluir
  2. Também não li nada da autora ainda, mas esse livro é um dos meus queridos desejados. Pela playlist anterior já fiquei animada, agora vem você e faz essa resenha... Depois que America Singer entrou na minha vida, histórias de realeza me chamaram atenção.

    Ótima resenha, mais uma vez me empolgou bastante.
    Um super beijo!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo