16/06/2015

Resenha | O Príncipe dos Canalhas

O Príncipe dos Canalhas
  • Autor: Loretta Chase
  • Editora: Arqueiro
  • Páginas: 288
Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent. Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu. Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho. Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.

Ei gente! Quando retomei minhas leituras do gênero Romances de Época, de cara me apaixonei pela escrita e pela criatividade da Julia Quinn. Achei que era muito difícil uma outra autora do gênero me conquistar por igual com seus livros. E não é que eu acabei me enganando? Quando peguei a prova de O Príncipe dos Canalhas - cedida pela Editora Arqueiro - para ler, comecei a ver o grande potencial que a Loretta Chase tinha de fazer com que esse fosse o melhor livro de Romance de Época que eu li no ano. E ela conseguiu.


Lorde Dain é um rico marquês reconhecido em todo país pelo seu jeito libertino de ser. Completamente humilhado em sua infância por seu pai e colegas de escola, o jovem cresceu não querendo compromisso nenhum com qualquer dama da sociedade. Até que ele encontra Jessica Trent. Irmã de um de seus amigos e diferente de qualquer outra dama local, mostrando forte personalidade e independência. Mal sabendo ele que a jovem foi de encontro ao irmão para exatamente tirá-lo das influências de Lorde Dain, o tão intimidante Belzebu se vê encantado e atraído pela moça. O mesmo ocorre a ela.

Preciso confessar: nas primeiras páginas do livro eu não achava que iria gostar tanto do que eu leria pela frente. Fiquei até um pouco com pé atrás, sem tentar criar expectativas. Afinal, alguns colegas meus estavam falando muito bem do livro. Passadas as páginas iniciais e a minha tentativa frustrada de não me deixar levar tanto, eu sabia que estava prestes a ler algo bem diferente do que eu estava acostumada no gênero. E olha que eu já havia me encantado antes.

Lorde Dain e Jessica fazem suas funções de protagonistas brilhantemente. A entrada dos dois na narrativa é incrível e seu encontro é de soltar faíscas para todos os lados. Ambos são ácidos, sarcásticos e não levam desaforo para casa. Então, já podem imaginar os diálogos e as cenas entre os dois. E posso confirmar, isso não se perde em nenhum minuto. Eles permanecem com o mesmo nível de categoria até a última página do livro. Quanto mais você lê, mais você quer ver cenas com ambos no mesmo ambiente.

Loretta Chase soube com maestria escrever cenas que ficaram inesquesíveis em minha cabeça. Até hoje se eu parar e lembrar delas, dou boas gargalhadas. E foi por elas que fiz com que outras amigas se encantassem pelo enredo proposto por ela. Eu nunca tinha lido tamanhas ideias e ações feitas por protagonistas daquela época que me ressultou em tantas risadas e momentos bons na minha leitura. É fantástico.

Fiquei com um pouco de medo ao final da minha leitura. Primeiro, porque Dain e Jessica tinham ido embora e provavelmente eu não os veria em tão boa forma em outros livros, mesmo eles podendo aparecer em citações. Segundo, porque minhas expectativas a respeito dos próximos livros da autora estão nas alturas. Eu espero sinceramente que O Príncipe dos Canalhas tenha sido apenas um gostinho do que ainda pode estar por vir de seu talento. Que ela possa me surpreender ainda mais do que já fui e não me decepcionar como já aconteceu em outras ocasiões. 


Comente com o Facebook:

22 comentários:

  1. aline, olá.

    Posso afirmar que a sua resenha está explicando EXATAMENTE o que senti ao ler o Príncipe dos Canalhas. Gente QUE LIVRO É ESSE?! Eu vi umas duas resenhas negativas, e fui ler com o MAIOR MEDO DA VIDA DE TER GASTADO TRINTA REAIS DE BESTA. Mas juro que nunca amei um livro de Romance de época como esse. Loretta conseguiu ficar páreo com a Julia quinn na minha vida, pra você notar a paixão que senti. Adorei os personagens, a temática,a forma como foi abordada. Espero que saiam os próximos logo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Fiquei super ansiosa pra ler porque amo o gênero. Mas o que me deixou curiosa é que muitos falam do livro ser um tanto diferente dos outros do gênero. Talvez seja pela personalidade, ou as cenas de rolar de rir, fato é que esse casal está tendo uma repercussão e tanto! Só vi coisas legais e estou roendo unhas para conhecer. Preciso!

    ResponderExcluir
  3. Já virei fã de carteirinha desse gênero, então não posso ouvir falar em romance de época que já corro para ler. Tenho ouvido falar tão bem de O príncipe dos canalhas (e de uma certa cena de tiro) que fica até difícil conter minha ansiedade para lê-lo kkkkkk
    Amo livros com personagens fortes e sarcásticos e Loretta Chase parace não deixar a desejar nesse quesito. Já está na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  4. Amo romance de época e tenho lidos coisas boas e não tão boas sobre esse livro. Pela sua resenha pode-se deduzir que o livro traz cenas boas e até engraçadas, o que eu gosto muito em um livro para poder descontrair. Espero ter a oportunidade de poder ler esse livro em breve.

    ResponderExcluir
  5. ALINE!
    Romances de época são ótimos, adoro!
    E aqui gostei ainda mais porque quem é o 'coitadinho' que está com medo, não é a protagonista feminina, como sempre acontece nos livros desse tipo, é o tal do Belzebu...
    Quero muito acompanhar o desenrolar desse romance.
    Bom final de semana!
    “Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo.”(Chico Xavier)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  6. Estou doida pra ler esse livro, curto muito romance de época e cada resenha que vejo dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história, só li resenhas super positivas desse livro.

    ResponderExcluir
  7. Não li nenhuma romance de época ate agora mas preciso ler o quanto antes e pensando seriamente que "O príncipe dos canalhas" será o primeiro. Vi uma resenha negativa em outro blog e querendo ou não, acabei me afetando e deixando a vontade de dar uma chance ao livro de lado, mas depois da sua resenha, estou disposta a realmente colocar esse livro na lista de leituras do mês que vem.

    ResponderExcluir
  8. Estou encantada com esta linda história. Esse romance tem tudo pra me deixar empolgada. não vejo a hora de poder me deliciar com este lindo canalha. Rsrsrs Sou viciada em romances de época como esse. Espero ler logo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Eu realmente preciso esclarecer o quão maravilhoso este romance é! Ele consegue envolver do início ao fim de uma maneira incrivelmente deliciosa. Não há aquele romantismo forçado na história e nem muito menos protagonistas comuns, enfadonhos e repetitivos. Eu super recomendo!

    ResponderExcluir
  10. Eu realmente preciso esclarecer o quão maravilhoso este romance é! Ele consegue envolver do início ao fim de uma maneira incrivelmente deliciosa. Não há aquele romantismo forçado na história e nem muito menos protagonistas comuns, enfadonhos e repetitivos. Eu super recomendo!

    ResponderExcluir
  11. Lembro quando um grupo do falecido Orkut traduziu esse livro e foi uma sensação. Ninguém parava de falar em Lorde Belzebu e mesmo morreeendo de curiosidade não li pq era e-book… como me arrependo!!!
    Mas finalmente publicaram o livro e poderei ler Sebastian e Jess ♥

    ResponderExcluir
  12. Oi! Livros de época sempre me conquistam, são sempre meus preferidos. Quando ouvi falar desse livro já fiquei eufórica principalmente pelo título, já se pode esperar boas risadas se nos basearmos nele, O Príncipe dos Canalhas. Fiquei ainda mais louca pela leitura ao saber que a mocinha era bem diferente e não levava tão a sério as regras da sociedade. E também esse apelido do mocinho é de fazer rir. Imagino ela pensando que estaria salvando seu irmão e ao mesmo tempo se afogando naquela lama. Estou louca para ler.

    ResponderExcluir
  13. Oi Aline!!
    Também sou muito fã do gênero romance de época, e a Julia Quinn é uma das minhas preferidas, amo a ideia do cortejo, das crinolinas e dos duelos.
    Adorei sua resenha Aline, estou louca pra ler este livro, já comprei e estou esperando chegar, ficou evidente pra mim que irei amar!!

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha, sempre leio ótimos comentários sobre esse livro, uma característica bem apontada é seu humor astuto e divertido.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Aline!
    Como amo romance de época e gosto de personagens sarcásticos que não levam desaforo pra casa, esse livro com certeza é pra mim.
    Conheço bem esse medo ao finalizar uma leitura tão boa, e também espero que os próximos livros dessa autora supere as expectativas!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  16. Estou super ansiosa para começar, pois ainda não li nada escrito pela Loretta Chase, mas ouvi maravilhas sobre esse livro, principalmente porque amo romances de época. Que bom que a sua resenha reforça os comentários. ;)
    Abçs!!

    ResponderExcluir
  17. A capa desse livro e muito linda!
    Eu não gosto muito de livros de época. Mas li esse livro e gostei muito. Fui devorando cada pagina, me divertindo muito com o casal.
    Eu indico para todos que conheço esse livro.
    Boa resenha :D

    ResponderExcluir
  18. É uma capa de livro muito bonita.
    Eu gostei do livro mas acho que poderia ser melhor. Achei as partes finais meio corrido.
    Mas tirando isso é um bom livro.

    ResponderExcluir
  19. É um livro bonito tanto na capa como na historia.
    Eu fui lendo o livro e perdi a noção da hora, dei boa risadas.
    Pretendo ler outros livros dessa autora.

    ResponderExcluir
  20. Esse livro é muito bom e tem uma capa linda. Realmente a leitura te prende do inicio ao fim.
    Eu espero que os próximos livros sejam tão bons quanto esse é.

    ResponderExcluir
  21. Fiquei encantada com esse livro. Eu o li depois de ver tantos comentários positivos e fiquei apaixonada pela historia.
    Não conhecia essa autora, vou esperar ansiosa pelos próximos lançamentos dela.
    Gostei muito de sua renhasa. ;)

    ResponderExcluir
  22. Adoro quando os autores transformam um gênero em algo inovador. Parece que vai ser uma leitura bem diferente das que tenho com esse tema literário, que na maioria das vezes, é sempre o mesmo. Ansiosa para ler!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo