01/03/2015

Resenha | O Oceano no Fim do Caminho

O Oceano no Fim do Caminho
  • Autor: Neil Gaiman
  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 208
O Oceano no Fim do Caminho - Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis e os pais decidiram que o quarto do alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos. Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino. Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa. Sua família, ingenuamente envolvida e usada na batalha, estava em perigo, e somente o menino era capaz de perceber isso. A responsabilidade inescapável de defender seus entes queridos fez com que ele recorresse à única salvação possível: as três mulheres que moravam no fim do caminho. O lugar onde ele viu seu primeiro oceano.

Ei gente! Sabe quando um autor é muito bem falado por vários leitores e você ainda não deu oportunidade a ele em sua pilha de leitura? Foi mais ou menos isso que aconteceu comigo em relação ao autor Neil Gaiman. A poucos meses,  muitos amigos próximos a mim tem elogiado o autor e dizendo que eu precisava conhecer ser trabalho. Então, fiz questão de começar. Li uma HQ de Sandman - o maior trabalho do autor -, Stardust e agora O Oceano no Fim do Caminho, publicado pela Editora Intrínseca.


Esse copo lindo foi para o sorteio do Clube do Livro de Fevereiro =)
O Oceano no Fim do Caminho conta um pouco sobre como os acontecimentos da infância podem interferir por um indeterminado tempo a vida adulta. Então, conhecemos o caminho do protagonista - que não tem nome - já na vida adulta relembrando os fatos que marcaram sua infância quando volta até sua antiga casa para o velório de um parente. E são nessas lembranças que Neil Gaiman carrega o leitor junto.

Neil Gaiman é reconhecido mundialmente por seu trabalho fantástico com um toque de terror. Eu gosto bastante de literartura fantástica, mas não tanto de terror. Mesmo assim, resolvi arriscar no mundo que ele construiu em O Oceano no Fim do Caminho. É um livro curto, mas muito me enganei pensando que a leitura seria fácil. Pelo contrário, ela me fez refletir em vários momentos, mesmo sendo pequena.

Uma sacada que eu fiz questão de comentar com meus colegas e faço questão de ressaltar aqui na resenha é a capacidade que ele teve de fazer uma história em que desse a possibilidade de diversas interpretações de seus leitores. Fora isso, o livro trás muitas reflexões e diálogos inteligentes, mesmo tendo como o ponto de vista uma criança. É fantástico ver essa diferenciação que o autor tem, de trazer em cada livro uma surpresa.

O protagonista pode ter muito em comum com vários de nós: um leitor ávido que gosta de viver em seu próprio mundo. Foi um personagem muito bem construído que passou exatamente todas as emoções certas nos momentos chave. Chamo atenção não só para ele, mas para os personagens secundários que tem muita importância na história. Principalmente as três mulheres que moram na última casa da estrada.

Apesar de tudo isso, o livro é bem parado. Neil Gaiman não tem muito como forte a dinâmica narrativa em formato de ação propriamente dita. Talvez por isso o livro não tenha se tornado tão bom para mim. Reconheço todos os seus pontos positivos, mas acho que essa não seja uma leitura tão recomendada a quem queria conhecer o autor - como era no meu caso. Pode causar um certo desanimo em quem não está acostumado em histórias um pouco menos movimentadas.

Mesmo com todas as ressalvas, não dá para negar: Neil Gaiman é um autor extremamente versátil e diferenciado. Pude comprovar isso ainda mais com a leitura desse volume, com seus pontos positivos e negativos. Para quem quiser ler algo bem diferente do usual, Gaiman é uma escolha muito razoável e inteligente.


Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Oi, Aline!
    Eu estou fazendo exatamente isso, quero muito ler algo do autor, mas sequer tenho algum livro dele. haha Sem dúvidas ele deve escrever muito bem, apesar de as histórias serem um pouquinho paradas, como você falou. Pra não dizer que não conheço absolutamente nada do autor, já vi Coraline e Stardust, dois filmes baseados nos livros. E amei! Espero gostar também dos livros. Tenho muita curiosidade em ler O oceano no fim do caminho e conhecer as memórias desse personagem e como sua infância influenciou o que ele se tornou na vida adulta.

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline!
    Eu ainda não li nada do autor, mas esse livro não chamou minha atenção... Como você, não sou muito fã de terror, quero começar as obras do autor com Stardust, que já conheço pelo menos a base a história por causa do filme. Mesmo assim fiquei curiosa com isso de o autor não nomear o protagonista, deve ser meio estranho...
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Aline .

    Não se espante quando eu digo que mesmo todo mundo falando do Neil eu não tenho nem um pingo de vontade de ler as obras dele. Não sei, as sinopses dele nunca me atraíram. E vendo sua resenha me deixa mais desanimada ainda. Gosto de livro com ação e movimento. De história parada já basta a minha vida. Não sei, se um dia eu der a louca, quem sabe?!

    Mas até agora, não me senti atraída por ele.
    Beijos
    Pausa Para Um Livro

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline separei ele para ler no DL, e esta parte que você falou que ele é meio parado me deu uma desanimada. Mas tudo bem, vou ler de qualquer forma, só espero que me agrade.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. O único livro que li do autor foi Stardust, mas quando li não liguei o livro a ele. Na verdade eu nem o conhecia. Descobri o livro por ter assistido ao filme. Já O oceano no fim do caminho, conheci logo que foi lançado e desde então está na minha meta de leitura. Ainda não consegui concretizá-la. Acabo sempre por passar outro livro na frente. Tenho muita vontade de conhecer outros trabalhos do autor. Ouço falar muito bem deles.

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada sobre o autor, apesar de gostar dessa temática fantasiosa que o mesmo aborda. Gostei da história do livro, como já havia dito antes, sou louco para ler ele

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo