11/01/2015

Resenha | A Escolhida

A Escolhida
  • Autor: Lois Lowry
  • Editora: Arqueiro
  • Páginas: 192

Kira, uma órfã de perna torta, vive em um mundo onde os fracos são deixados de lado. A partir do momento da morte de sua mãe, ela teme por seu futuro até que é perdoada pelo Conselho de Guardiões. A razão é que Kira tem um dom: seus dedos possuem a habilidade de bordar de forma extraordinária. Ela supera a habilidade de sua mãe, e lhe cabe a tarefa que nenhum outro membro da comunidade pode fazer. Enquanto seu talento a mantêm viva e traz certos privilégios, ela percebe que está rodeada de mistérios e segredos, mas ninguém deve saber sua intenção de descobrir a verdade sobre o mundo.

Se você ainda não leu o volume anterior da série, essa resenha pode conter spoilers para você  
 
Olás! Trago hoje para vocês a resenha da tão esperada continuação de O Doador de Memórias. Digo tão esperada, pelo tempo entre a publicação entre a primeira edição do livro - ainda chamado de O Doador - e o lançamento do segundo volume, A Escolhida, escrita pelo Lois Lowry e publicada pela Editora Arqueiro. Como uma boa leitora de distopia, descobri essa série por indicação e acabou sendo quando ela começou a fazer mais sucesso graças a adaptação cinematográfica. Gostei do primeiro volume e queria muito saber o que poderia ocorrer no segundo.
 
Kira não é uma moradora acolhida em sua vila. Primeiro, por conta de sua deficiência. E segundo, porque virou órfã e - segundo os moradores - não tem muito o que contribuir para a vivência da comunidade. Mas depois que ela mostra aos grandes Guardiões do local que tem um grande dom para o bordado assim como sua mãe - ou até mesmo melhor - uma missão lhe é concedida. E é por conta dessa missão que a jovem passa a conhecer um pouco sobre os mistérios que cercam a vida de todos de seu povoado.
 
Logo que iniciei a leitura de A Escolhida estranhei. Primeiro, o título não me remetia em nada ao primeiro livro, a não ser em alguma ou outra ocasião com alguma personagem secundária. Depois disso, logo nas primeiras páginas percebi que o protagonista de O Doador de Memórias simplesmente tinha desaparecido e dado lugar a uma outra protagonista completamente diferente. A propósito, não só a protagonista, mas tudo o que cercava a narrativa do primeiro volume.
 
A partir disso, passei a tratar o livro como se fosse uma outra série ou volume único. E tive esperanças de que depois de algumas páginas tudo começaria a se encaixar. Kira é uma personagem que passou por muita coisa na sua vida - nascer com uma deficiência na perna, a perda de sua mãe e de seu pai, além é claro da falta de companhia na vila. Mesmo com toda a negatividade, ela demonstra uma personalidade forte e que quer muito ajudar a todos.
 
Um outro personagem que me chamou atenção é o seu único amigo Matt, uma criança muito esperta e dona de si. Ele me tirou vários sorrisos durante a leitura, assim como seu cachorro. São companhias incríveis para Kira e são responsáveis por muitos eventos importantes no livro. 
 
A narrativa é feita em terceira pessoa, apesar do foco ficar somente em Kira. Devo dizer que a ambientação e a escrita do autor continua muito boa. Mesmo com um livro curto, ele conseguiu me passar todo o cenário, sentimento e mistério que esse volume trouxe. Além, é claro, de todas as ideias que eu comecei a ter a respeito de como seria a união dos dois volumes. Confesso ter pensado em muita coisa, e espero que ele consiga me surpreender.
 
O livro não é difícil de se decifrar. Apesar disso, gostei muito do que ele propôs e a forma "diferente" de me fazer achar que estava dentro de um outro mundo, um outro livro. O final me deixou um pouco chateada pela escolha da protagonista, mas eu entendi seu lado. Acho que meu lado leitora curiosa queria que as respostas logo aparecessem e talvez por isso não tenha concordado tanto com o que ela fez. Estou ansiosa para o próximo volume e para o possível encaixar das histórias. 

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Oi Aline!
    Até agora só assisti ao filme O doador de memórias, mas como gostei bastante da história espero conseguir ler logo. Eu também estranhei quando li a sinopse e não vi nada parecido com o primeiro volume, agora quero saber como as histórias vão se juntar.
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Spoiler, eu saio correndo, rsrs.
    Essa trama é bem elogiada.

    ResponderExcluir
  3. Olá Aline,
    sou louca pra ler "O Doador de Memórias", então, eita, medo desses spoilers!
    Estranho isso de o protagonista desaparecer... E pena que o final te deixou chateada.
    Mas eu espero que você goste do próximo volume (assim como eu espero gostar de todos) :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline, eu apenas assisti ao filme O Doador de Memórias, e não cheguei a ler o livro. Gostei do filme. apesar de achar que algumas lacunas ficaram com um ponto de interrogação. Não sei se no livro é assim. Legal que você gostou do volume 2, e que a história teve aceitação.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo