28/01/2015

Resenha | Contos da Seleção

Contos da Seleção - O Príncipe e o Guarda
  • Autor: Kiera Cass
  • Editora: Seguinte
  • Páginas: 264
Os dois contos que se passam no universo criado por Kiera Cass, autora da trilogia A Seleção, agora estão disponíveis em edição impressa. Em “O Príncipe e O Guarda”, o leitor pode acompanhar de perto os pensamentos e emoções dos dois homens que lutam pelo amor de America Singer. Antes de America chegar ao palácio, já havia outra garota na vida do príncipe Maxon. O conto O príncipe não só proporciona um vislumbre das reflexões de Maxon nos dias que antecedem a Seleção, como também revela mais um pouco sobre a família real e as dinâmicas internas do palácio. Descobrimos como era a vida do príncipe antes da competição, suas expectativas e inseguranças, assim como suas primeiras impressões quando as trinta e cinco garotas chegam. Para America, a vida antes da Seleção também era muito diferente. A começar pelo fato de que ela estava completamente apaixonada por um garoto chamado Aspen Leger. Criado como um Seis, ele nunca imaginou que acabaria se tornando membro da guarda do palácio. Em O guarda, acompanhamos Aspen a partir do momento que o grupo de trinta e cinco garotas da Seleção é reduzido para a Elite, conhecemos sua rotina dentro das paredes da casa da família real — e as verdades sobre esse mundo que America nunca chegou a conhecer.

Olás! Aproveitando o embalo de que estou fazendo "O Diário da Seleção" - em breve resenha por aqui também - e que a Kiera Cass decidiu continuar sua trilogia de A Seleção, hoje trago para vocês a resenha de Os Contos da Seleção - publicado pela Editora Seguinte. É interessante que esse pequeno livro seja lido antes de A Escolha, terceiro volume da série A Seleção. Não pela presença de spoilers, mas pela visão de que o que está contido nele pode te dar antes da leitura do último livro.


Em Os Contos da Seleção, finalmente conhecemos um pouco mais da visão de Maxon e Aspen em cada um de seus contos. Além deles, o livro é composto pelos três primeiros capítulos de A Escolha e vários extras bacanas de serem lidos e conhecidos. A autora dá uma pequena entrevista tirando dúvidas de algumas questões relacionadas a série, explica as castas da sociedade, e um ponto que eu achei muito interessante: as árvores genealógicas dos protagonistas. E o que mais gostei: as playlists dos três livros.

Fiquei muito contente em ter a oportunidade de conhecer um pouco mais da personalidade de ambos protagonistas masculinos, até para ter minha opinião formada a respeito de quem a América deveria terminar no final. Em O Príncipe eu pude ter certeza do que eu achava sobre Maxon. Ele me encantou desde o primeiro livro, e depois de algumas situações propostas no conto, da para perceber sua verdadeira identidade. Ele de forma alguma é perfeito, mas cada qualidade e defeito dele e tudo o que ele passou e vem passando, o faz humano e me conquistou mais como personagem.

Já Aspen, em O Guarda, realmente mostra o quão pé no chão ele é. E o quanto ama América, apesar de tudo porque eles passaram e das situações mal resolvidas que ocorreram. Confesso que o conto dele não é tão dinâmico quanto o anterior, mas eu gostei principalmente das partes em que as criadas da América são inseridas. Conhecê-las um pouco mais valeu a pena. Além disso, tive certeza de que Aspen queria, acima de tudo, proteger sua amada, sem julgá-la por suas escolhas.

Nos extras eu pude conhecer um pouco mais da autora e da série de forma geral. A entrevista contida no livro mostra o quão Kiera pensou em tudo e como seus personagens realmente tem vida em sua cabeça. É engraçado as respostas para alguns questionamentos. A árvore genealógica e a explicação das castas dão uma pequena margem sobre o passado de Illéa, apesar de deixar aquele gosto de que uma boa história poderia ser contata a partir desses fatos.

Mas o que eu mais gostei realmente foram as playlists! Vocês sabem o quanto gosto de envolver músicas com os enredos que leio. Acho que tudo passa a ter mais vida quando música é envolvida, então fiquei feliz pela Kiera Cass ter tido essa preocupação e mostrar algumas das músicas que a embalaram na escrita de várias cenas. O livro como um todo é uma ótima pedida para os fãs da série. Encontrei boas surpresas e bons momentos. 


Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Olá Aline,
    valeu a dica, vou ler esse antes de "A Escolha"...
    Legal que dá pra conhecer mais sobre os personagens em "Contos da Seleção". Também gostei que tem uma entrevista, mas o mais legal são as playlists mesmo! Música e livros, combinação perfeita!
    Ah, e fico esperando a resenha de "O Diário da Seleção" ;D
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline!
    Eu gostei bastante desse livro, principalmente por causa dos extras. A playlist é ótima, tem várias músicas que eu não conhecia, as árvores genealógicas foram uma ideia muito boa, gostei de saber um pouquinho mais sobre o passado das famílias... Os contos eu li antes, em ebook, mas gosto de ter na minha estante.
    Bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo