24/10/2014

Resenha | O Feitiço Azul

O Feitiço Azul
  • Autor: Richelle Mead
  • Editora: Seguinte
  • Páginas: 416
A atual missão da alquimista Sydney Sage fez com que ela revisse seus conceitos não só sobre os vampiros, mas também sobre a própria organização à qual pertence, responsável por esconder a existência dessas criaturas do resto da humanidade. Sydney acabou descobrindo um grupo dissidente que tinha muito em comum com os alquimistas, mas objetivos bem mais radicais. Certa de que seus superiores estão guardando segredos sobre essa facção paralela, ela contará com a ajuda do misterioso ex-alquimista Marcus Finch para tentar desvendá-los. Mas isso só será possível se ela conseguir escapar de uma ameaça ainda mais urgente; uma feiticeira cruel que suga a alma de jovens usuárias de magia. Enquanto isso, a garota luta contra os sentimentos cada vez mais fortes pelo rebelde vampiro Adrian Ivashkov. Há tabus e preconceitos milenares arraigados entre as duas raças, que representam um obstáculo enorme para esse relacionamento. Mas Adrian é persistente e é o único em quem ela confia para enfrentar as ameaças que se aproximam. Será que Sydney conseguirá se libertar do seu modo de vida e se render a esse romance?

Se você ainda não leu os volumes anteriores da série, essa resenha pode conter spoilers para você

Olá pessoas! Estava com saudades de ler e comentar com vocês algum livro de uma das autoras que mais gosto, Richelle Mead. Finalmente, pude ler o terceiro volume da série Bloodlines - O Feitiço Azul - publicado pela Editora Seguinte. Para quem ainda não conhece, essa série é um spinoff da série Vampire Academy da mesma autora, focando agora outros personagens. Posso dizer que O Feitiço Azul foi o livro da série que mais me convenceu.

Depois de ter enfrentado perigos inimagináveis em seus últimos meses, Sydney finalmente parece estar um pouco mais calma. Apesar disso, suas incertezas com relação a sua organização de Alquimistas e seu relacionamento com seus amigos vampiros faz com a que jovem procure um ex-alquimista que possa revelar alguns segredos que podem mudar completamente seus ideais. Concomitante a isso, sua professora necessita de sua ajuda em uma missão mágica, além de ter que lidar com os novos sentimentos envolvendo Adrian Ivashkov.

Apesar de eu achar que a Richelle manteria uma linha bem parecida nos outros volumes, ela trouxe em O Feitiço Azul uma trama muito mais aprofundada e que acredito dará pano para a manga até a finalização da série. Nos livros anteriores, nós tivemos os conflitos sendo criados e resolvidos dentro no mesmo volume, mas aqui ela apenas abriu passagem para algo muito maior e que me deixou muito mais "encafifada" do que fiquei anteriormente.

Outro fato importante é a dosagem da autora nas cenas críticas e em cenas um pouco mais coadjuvantes. Ela cria um conflito central, mas ainda sim outros pequenos problemas cercaram os personagens. Confesso que senti falta de mais participação dos personagens secundários, como a Jill ou o Eddie. Mesmo entendendo a proposta dela em fazer a Sydney e o Adrian se sobressaírem mais, principalmente a jovem.

O que mais me chamou atenção foi o crescimento da protagonista, Sydney. Inicialmente, ela não é uma personagem simpática. Muito pelo contrário, ela segue uma linha dura de acordo com seus ensinamentos, e dessa forma ela transmite aos leitores exatamente essa frieza e falta de encanto. Então, é muito difícil se identificar. Em contrapartida, nesse livro ela finalmente se mostrou um pouco mais receptiva e bacana. Gostei muito de como ela se apresentou, cresceu e resolveu enfrentar aquilo que temia.

A finalização me deixou maluca para o quarto volume, Coração Ardente, que a propósito já foi lançado por aqui. O cliffhanger nos deixa ansiosos para saber das escolhas das personagens e do rumo que tudo aquilo irá tomar, já que nesse livro me pareceu tudo terminar tão bem. Me resta agora tê-lo em mãos para saber o que a Richelle Mead aprontou.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Eu sempre tive curiosidade com essa série, parece ser muito boa,
    espero poder ler em breve.
    Seu blog está tão fofo, adorei!

    http://www.estandybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não li toda a sua resenha por motivos de: Não cheguei nem nesse título. Mas quero muito. Essa é uma série que me faz babar divinamente, de tanta vontade de ler. Quero muito saber o que a Sydney faz nesses livros.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu so li o primeiro até agora, e gostei..mas confesso que queria muito mais dele,
    mas como vejo aqui em sua resenha e em outras a serie deve ter mais ação, eu senti
    falta disso.
    E no primeiro não vi romance entre Adrian e Sidney..e espero ler os outros e acabar me encantando com este casal,
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Essa é uma série muito elogiada, mas não a acompanho por não curtir o estilo...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo