15/09/2014

Resenha | Trono de Vivro - Coroa da Meia-Noite

Trono de Vidro - Coroa da Meia-Noite
  • Autor: Sarah J. Maas
  • Editora: Galera Record
  • Páginas: 406
  • Compre aqui: Saraiva | Submarino

Celaena Sardothien, a melhor assassina de Adarlan, tornou-se a assassina real depois de vencer a competição do rei e se livrar da escravidão das Minas de Sal de Endovier. Mas sua lealdade nunca esteve com a coroa. Tudo o que deseja é ser livre — e fazer justiça. Nos arredores do castelo, surgem rumores a respeito de uma conspiração contra misteriosos planos do rei, mas antes de cuidar dos traidores, Celaena quer descobrir exatamente que planos são esses. O que ela não imaginava é que acabaria em meio a uma perigosa trama de segredos e traições tecida ao redor da coroa. Enquanto a amizade entre ela e o capitão Westfall cresce cada vez mais, o príncipe Dorian se afasta, imerso em seus próprios dilemas e descobertas. A princesa Nehemia acaba se tornando uma conselheira e confidente, mas sua atenção está mais voltada para outros assuntos. Em Adarlan, um segredo parece se esconder por trás de cada porta trancada, e Celaena está determinada a desvendar todos eles para proteger aqueles que aprendeu a amar. Mas o tempo é curto, e as ameaças ao redor castelo de vidro estão cada vez mais próximas. Quando menos se espera, uma trágica noite mudará a vida de todos no reino, e mais do que nunca Celaena quer descobrir a verdade para fazer justiça.


Se você ainda não leu os volumes anteriores da série, essa resenha pode conter spoilers para você!

Olás! Ano passado ganhei de presente da Galera Record na Bienal do Rio o livro Trono de Vidro. A capa era linda, mas eu ainda não fazia ideia do que se tratava. Deixei um tempo passar, as férias chegarem, e pude lê-lo no início desse ano. Me surpreendi demais, adorei a leitura e a história construída pela Sarah J. Maas. Quando soube do lançamento do segundo volume - Trono de Vidro: Coroa da Meia-Noite -, logo o solicitei para resenha na editora e assim que ele chegou, corri para ver se o patamar continuaria alto. E consegui me surpreender ainda mais que o primeiro livro.

Agora que é a campeã do Rei, Celaena possui uma vida muito melhor do que aquela que deixou para trás na mina de sal. Apesar de, é claro, ter como profissão ser a assassina profissional e pessoal do reino. Mesmo com o título e as regalias vindas com ele, tudo o que a jovem ainda deseja é sua liberdade e não a lealdade ao rei. Porém, com seu trabalho ela descobre muitos segredos envolvendo o passado, o presente e o futuro de Adarlan e todas as redondezas. Nesse meio tempo, ela também aumentará seus laços de amizades com alguns personagens chave, além de presenciar um fato que mudará todos os seus planos.

Eu sinceramente não esperava que fosse gostar e me surpreender com a leitura do segundo volume de Trono de Vidro. Geralmente, as séries tem uma ligeira (ou enorme) queda de qualidade de um livro ao outro, mas isso definitivamente não aconteceu. Diferentemente do primeiro livro, aqui a autora pôde ousar e se aprofundar ainda mais nas questões chave da trama, uma vez que no primeiro ela precisou se focar em grande parte na competição para eleger o campeão do rei, que era o conflito central.

O que mais gosto nesse livro é que tudo aquilo que eu sentia falta a algum tempo, eu encontro no enredo. Estou um pouco cansada de livros que não tenham uma certa complexidade ou que apelam só ao romance. Não levem a mal, eu adoro um bom romance - sou menininha de carteirinha - porém às vezes cansa, principalmente se a protagonista não for de forte personalidade. Outra coisa que encontrei aqui. Celaena não é "mimizenta" em momento nenhum! Coisa que muitas outras personagens devem aprender com ela. Quem não gosta de uma boa protagonista badass que, mesmo com um passado terrível, passa na frente e atropela todo mundo? Pois é.

Eu nem mencionei o quanto os personagens secundários são importantes, principalmente em Coroa da Meia-Noite. Além do toque da narrativa em terceira pessoa que viaja em diversos pontos de vista em momentos fundamentais, todos eles tem presença e funções fundamentais na trama. Um livro não se faz só de UM protagonista bom, mas sim de muitos secundários que fazem diferença. E Sarah J. Maas consegue isso com louvor.

Como eu ressaltei antes, as surpresas nesse livro são muitas. Como o foco agora são as descobertas da assassina das traições e planos da Coroa (e de outros grupos que vão aparecendo gradativamente no livro), os mistérios e as perguntas só aumentam. Você pode estar se perguntando: "Poxa, então quer dizer que ela vai tecendo muita coisa e não vai dar nenhuma pista?" Sim e não. E essa - mesmo contra nossa vontade - acaba sendo a graça. Muitas coisas tem resposta nesse volume e muito mais não tem. É uma teia de tramas imensa que eu nem imagino como a autora possa me surpreender mais. 

Ação, suspense e surpresas. Isso é o que você encontrará em Trono de Vidro - Coroa da Meia-Noite. Junte tudo isso com um toque sobrenatural na medida para que o livro fique com um tempero a mais. E um pouco mais de romance que não apareceu tanto no volume um. Aí está a receita de sucesso que Sarah J. Maas fez para me conquistar e a tantos outros leitores. Eu sinceramente acho que essa série merece muito mais refletores nela, porque sem sombras de dúvidas, vale mais do que a pena.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Oi Aline!
    Morro e vontade de ler essa série, até li sua resenha desse volume dois por cima só para reafirmar minha ideia de que a série vale a pena ser lida ! haha Queria comprar o primeiro na Bienal, mas decidi não comprar primeiros volumes de séries porque minha lista de compras já estava grande...
    Enfim, vou comprá-lo até o final desse ano porque pelo visto a história é muito legal!

    Beijos,

    Gabi
    Mundo Platônico
    http://gabiiem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi line,

    bem, estou morrendo de curiosidade da história porque ouvi muitos comentários positivos sobre, e saber que amou os dois primeiros livros me deixa mais curiosa ainda. Fico feliz que esse seja um livro onde a protagonista seja alguém de fibra, e que os personagens secundários seja tão importantes ♥
    Minha vontade de ler só aumentou com a sua resenha :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da resenha, deu para sentir o quanto você estava empolgada e ansiosa pela leitura.
    O livro não faz muito o meu estilo, gosto de leituras mais leves, por outro lado, os personagens parecem ser bem construídos e eu adoro isso em um livro!

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline!
    Li a resenha mesmo sem ter lido a sinopse, como o livro não é uma das minhas prioridades, mesmo que eu queira ler, acho que não vai fazer tão mal... Não vi muita divulgação sobre essa série mesmo, mas parece ser uma aventura ótima, sem contar que pelo jeito também tem um toque de romance, a editora bem que poderia falar mais sobre os livros...
    Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo