25/08/2014

Resenha | Os Segredos de Colin Bridgerton

Os Segredos de Colin Bridgerton
  • Autor: Julia Quinn
  • Editora: Arqueiro
  • Páginas: 336
  • Compre aqui: Saraiva | Submarino

Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres. Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade. Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum. Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente. No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz.

 
Olá pessoas! Hoje trago mais uma resenha de um dos livros fofura e que eu não poderia deixar de ler, escrito pela Julia Quinn. Os Segredos de Colin Bridgerton, publicado pela Editora Arqueiro e quarto da sua série, Os Bridgertons. Lembrando que essa é uma série em que os livros são independentes entre si, apesar de termos pequenos spoilers sobre os anteriores, caso você não tenha lido. A minha ansiedade a cerca desse livro estava nas alturas e ela foi alcançada em vários pontos.

Nesse quarto volume, o integrante Bridgerton em destaque é Colin, terceiro filho e ainda solteiro. Nele também sabemos um pouco mais da história de Penelope, uma amiga da família que a muito já vem sido apresentada pela autora, mas que mereceu um atenção maior da autora, uma vez que a jovem sempre foi apaixonada por Colin, que nunca a viu além de uma amiga. Contudo, os anos se passaram e Penelope mudou na visão do rapaz. E é essa mudança mais os segredos de ambos que traçam a trama.

A cada vez que eu leio um livro da Julia Quinn eu me surpreendo de alguma forma. O gênero literário "romance de época" já vem com uma carga grande de história previsível, mas a autora consegue trazer elementos diferenciados para seus livros. É claro que muita coisa que acontece é de se imaginar. Mesmo assim, o meu encanto pelas suas histórias só aumenta.

Desde o primeiro livro eu tenho curiosidade em saber mais sobre Penelope e preciso confessar que sempre gostei de Colin. Então, já podem saber como gostei da junção dos dois e das suas histórias. Acima do romance lindo que todo o livro da autora trás, esse trouxe focos pessoais para ambos os personagens, seus medos e desejos. E o que sempre me surpreende é a capacidade que ela tem que dar foco e trazer coisas novas para cada livro. 

Um dos pontos mais fortes para mim foi a minha identificação com a protagonista. Eu gosto de vários livros, mas um bom livro que me marca é aquele que faz com que eu me identifique de alguma forma com uma personagem. E a Julia Quinn fez isso brilhantemente para mim mostrando quem a Penelope é realmente, acima dos comentários e conversas em que ela aparece nos livros anteriores. E o que dizer de Colin? Ele é mais do que adorável e encantador. Mas também é cercados por muitos medos embaixo de toda uma faixada que ele mesmo construiu e que passa a ser desconstruída no enredo.

Em síntese, essa foi uma leitura ótima. Só não ficou como meu preferido da série, porque vai ser difícil algum deles bater o segundo volume. Eu sempre gosto de recomendar a Julia Quinn a leitores que gostam do gênero "óbvio", mas que ao mesmo tempo gostam de dar boas risadas e se surpreender. Se você for desses, pode embarcar na leitura que é amor na certa.
 

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Nossa como eu tenho visto resenhas desta obra, e a cada vista eu tenho aumentando essa curiosidade sobre ler essa obra. Nunca li nenhum romance de época, então me deixa mais curiosa ainda, levando em consideração que é uma novidade pra mim. E essa, pra mim, é a capa mais bonita da série até agora. Adorei o tom amarronzado.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ai, uma das minhas aquisições da bienal e já estou louca pra ler, Aline! Adorei a resenha! RS!
    http://mygirlyandbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Os livros da Julia me lembram muito a série de tv Downtown Abbey! Não sei se tem alguma coisa a ver, mas pra mim, estão no mesmo universo paralelo! Isso só desperta mais curiosidade para conferir ambos!

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Sou simplesmente apaixonada por essa série, mas ainda não pude comprar o terceiro livro... As expectativas só aumentaram com a sua resenha, até porque o Collin é o meu Bridgerton preferido, pelo menos pelo menos entre os que aparecem mais nos primeiros livros e eu também gosto da Penelope.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Não li esta série ainda, apesar de gostar tanto de romances históricos. É incrível como está série tem conquistado tantos fãs.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo