08/08/2014

Especial Bienal | Eu vou e vocês? + O que eu aprendi (Parte 1)


Há três anos eu e minhas amigas do Clube do Livro ES começávamos a nos planejar para ir a Bienal do Livro do RJ de 2013. Levou 2 anos para nos prepararmos, juntar dinheiro e finalmente embarcar nessa viagem. Foi uma experiência incrível e inesquecível que todo amante de livro precisa vivenciar. Durante a viagem no ano passado, mal sabia eu que teria a oportunidade de ir em 2014 a Bienal do Livro de São Paulo - coisa que a princípio, estava completamente descartada por mim (por conta da grana). 

Entretanto, 2014 começou, as atrações foram anunciadas (lê-se Cassandra Clare) e eu não podia me conter. Eu precisava ir na Bienal de 2014. E como Deus é maravilhoso e prepara boas surpresas, tudo foi se encaixando para que eu pudesse conhecer a feira de SP; hospedagem na casa de uma colega incrível, companhias de amigas para ir e passagens compradas. A ficha finalmente caiu e eu soube que iria com certeza. Fiquei mais que feliz. 

Então, SIM eu vou a Bienal Internacional do Livro de São Paulo! E espero que eu me divirta tanto ou mais do que o ano passado. E espero encontrar e conhecer tantas ou mais pessoas lindas e simpáticas como foi ano passado. 

Para comemorar, vou fazer alguns posts especiais sobre a Bienal antes e depois da minha passagem por lá. Só fui em uma Bienal grande, mas acho que de certa forma já estou vacinada e aprendi muita coisa que você que vai pela primeira vez vai querer ler. São dicas que vão parecer bobas, mas que vão fazer toda a diferença, vão por mim. Então, vamos lá para O que eu aprendi na Bienal - Parte I.

1 - Vista-se confortavelmente dos pés a cabeça 

Essa é uma dica preciosíssima, principalmente se você for de longe como eu e vai passar, literalmente, o dia inteiro na bienal.  Mesmo que a Bienal de Sampa seja menor que a do Rio, a gente anda, anda e anda mais um pouco, perdendo a conta (a noção de cansaço e de dor também). Mas no final do dia, quando você chegar em casa/pousada/hotel para descansar, todas elas irão bater a sua porta e tudo vai doer. Digo isso, e olha que fui o mais confortável o possível. Então, para evitar maiores danos (haha) prefira ir com um tênis bem contável (ou um calçado que se enquadre nessa qualidade) e roupas leves (nada que um bom jeans, camiseta e casaco não resolvam). Além do conforto, friso a utilização de sapatos fechados pela experiência que observei ano passado no Rio. Quando os portões de entrada da Bienal se abriram, foi um tumulto e corre corre para todos os lados. E muitos (muitos mesmo, dava para abrir uma banquinha e vender) pares de sapatos esquecidos/perdidos estavam lá solitários. Não me pergunte quem perde o sapato e não sente falta (vai saber hahaha), mas isso aconteceu principalmente por conta das senhas distribuídas na abertura da Bienal para os autores internacionais. Imagine esse ano que tem Cassandra Clare, Kiera Cass, Harlan Coben. Eu já até espero alguém subir em um palanque e dizer "Que os Jogos Vorazes comecem". 

2 - Leve garrafa de água. E lembre-se de bebê-la!

Sempre leve uma garrafa de água. Primeiro porque tudo comprado na Bienal é muito mais caro. Segundo porque os bebedores (pelo menos no Rio) vivem com filas enormes e quando chega a sua vez, mal dá para você engolir água direito. E o mais importante: beba essa água. Digo isso porque ano passado eu levei minha garrafinha e por conta da animação, conversas e tudo o que tinha ao meu redor eu me esqueci de beber água constantemente. E eu paguei um alto preço por isso. Ao voltar para a minha casa, eu estava em um quadro de desidratação alto. Então, não seja tão avoada como eu. Leve sua garrafinha e beba a sua água. Vai chegar um momento que você deverá enchê-la claro, e por conta disso, enfrentará a enorme fila. Mas terá que fazer isso menos vezes do que se estivesse sem a garrafa. 

Semana que vem eu trago algumas outras coisas que aprendi na Bienal e espero ajudar quem vai com algumas delas. A propósito, deixe nos comentários se você irá! Quero muito conhecer todos vocês. =D


Comente com o Facebook:

9 comentários:

  1. Aiii que feliz, parabéns por conseguir ir de novo!! Aproveite muitoooooooooooooo

    Beijos e bom final de semana
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline!
    Adorei seu post, mas é uma pena eu não poder ir a Bienal este ano :(
    Aproveite cada momento e depois nos diga como foi!!
    Beijos

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Que bom que você vai vir para bienal de sampa Aline!
    Podemos nos conhecer por lá ;)
    Não sabia que a bienal de RJ é maior que a daqui.
    Suas dicas não poderiam ser melhores, definitivamente conforto para nadar muito, e água, na verdade, lembrar de tomar a água é o mais importante! hahaha

    Beijos,

    Gabi
    Mundo Platônico

    ResponderExcluir
  5. Também vou a Bienal e estas dicas são muito boas.
    bjs Rose

    ResponderExcluir
  6. Capaz que a gente se esbarre por lá, também vou no final de semana que a Cassandra vai estar. Acho que o mundo inteiro decidiu ir no mesmo dia, aquilo vai tá um formigueiro que só hahaha você esqueceu de outra dica: Não mate suas costas.
    Meu deus, da última vez eu saí com tanta dor que achava que ia desabar a qualquer hora. A vontade de comprar livros é sempre absurda, mas a gente tem que saber se controlar, e aproveitar com calma tambem, nao correndo carregando um monte de sacola no ombro hahahah

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha de "Atormentada", vem conferir!

    ResponderExcluir
  7. Oi Aline!
    Infelizmente não vai ser esse ano que vou conseguir ir a uma bienal, mas vou guardar as dicas para o futuro kkk
    Já fiz como você, levei a garrafinha e não bebi a água em uma viagem e acabei me arrependendo muito no final do dia...
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    MORRI DE RIR "QUE OS JOGOS VORAZES COMECEM !"
    KKKKKKKKKKKKKKKK

    Dicas muito preciosas pra vocês que vão . O que não é o meu caso :'(
    Mas enfim, irei me preparar pra ano que vem ir.
    Aproveitem bem muito meninas.

    ResponderExcluir
  9. Acima de tudo, a emoção da preparação e da viagem em si já é uma grande aventura. E depois, ter várias historia para contar é algo sem preço! Achei muito legal vc compartilhar tudo isso por aqui!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo