11/07/2014

Resenha | Réquiem

Réquiem
  • Autor: Lauren Oliver
  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 304
  • Compre aqui: Saraiva | Submarino
No desfecho da trilogia em que o amor é considerado uma doença, Lena é um importante membro da resistência contra o governo. Transformada pelas experiências que viveu, está no centro da guerra que logo eclodirá. Depois de resgatar Julian de sua sentença de morte, Lena e seus amigos voltam para a Selva, cada vez mais perigosa. Enquanto isso, Hana, sua melhor amiga de infância, foi curada. Ela leva uma vida segura e sem amor junto ao noivo, o futuro prefeito. Às vésperas do casamento e da eleição - cujo resultado pode dificultar ainda mais a vida dos Inválidos -, Hana se questiona se a intervenção realmente tem efeito. Vivendo em um mundo dividido, Lena e Hana narram suas histórias em capítulos alternados. O que elas não sabem é que, em lados opostos da guerra, suas jornadas estão prestes a se reencontrar.


Se você ainda não leu os outros volumes da série, essa resenha pode conter spoilers para você! 

Olá gentes! Mais um final de trilogia. Mais um final de distopia. Esse ano foi muito aguardado por mim exatamente pela curiosidade no fechamento de séries que eu gosto muito. A trilogia Delírio estava entre as que eu mais estava interessada em saber como foi finalizada, então quando a Editora Intrínseca lançou Réquiem, terceiro volume da trilogia escrito pela Lauren Oliver, eu mal podia esperar. Infelizmente, minhas expectativas altas não foram alcançadas. 

Lena passou a ser uma importante peça no lado rebelde contra o governo e a cura do Delira. Tudo agora está envolvendo o planejamento de uma possível guerra dos grupos. Depois do final de Pandemônio, em que Lena resgatou Julian e o inseriu a vida na Selva, ela mal podia saber que lá também encontraria Alex, seu antigo amor que pensava estar morto. Além da história a cerca de Lena, nesse livro também tivemos oportunidade de acompanhar de perto sua antiga melhor amiga Hana depois que foi curada às vésperas de seu casamento. 

Logo no início da minha leitura me senti completamente perdida. Como tenho uma memória péssima e a leitura de um livro para outro de série ou trilogia é de mais ou menos um ano, é normal esquecer. Então eu sempre espero que a autora me reinsira na trama de alguma forma, com lembretes pequenos, mas que me façam refletir sobre o que li antes para entrar na nova narrativa. Não achei que a Lauren me inseriu muito bem nesse novo livro, por isso tive que reler as últimas páginas de Pandemônio, principalmente para me lembrar de muitos personagens secundários.

Fui prosseguindo a leitura e achei uma tirada de mestre dela em fazer capítulos intercalados entre a Lena e a Hana para que pudesse ter noção do que se passava em ambos os lados da "batalha", vamos dizer assim. Foi um ponto muito positivo na minha opinião. A partir da leitura das duas jovens, em diversos momentos passei a gostar até mais das narrativas da Hana. A Lena sendo protagonista me revelava mais informações, mas acabou se tornando um pouco menos interessante que sua antiga amiga.

Ao me aproximar do meio para o final do livro encontramos mais alguns personagens novos e outros não tão novos assim, que me fizeram sorrir. Já a trama começou a me preocupar. Faltavam poucas páginas e a maioria das questões ainda não tinham sido resolvidas. Por ser o último livro da trilogia, esperava respostas ao longo do enredo e não as obtive. Logo, imaginei: "Elas aparecerão ao final. Pode ser corrido, mas aparecerão." 

Terrível engano. Lauren Oliver, para mim, não finalizou nenhum dos grandes conflitos inseridos por ela ao longo da trilogia. O livro acabou e eu, literalmente, achei que estivessem faltando páginas ou pelo menos um capítulo. Fiquei bem decepcionada. A autora tinha tudo para ter finalizado de forma muito boa o mundo que construiu. A escrita dela é incrível, os personagens "bambearam", mas eram bons. Fiquei realmente, muito triste, tanto na parte distópica, quanto na parte romântica.

Acho válido para quem iniciou a trilogia ler sim o último volume para tirar suas próprias conclusões. Muitas passagens são bem bacanas e me agradaram. Entretanto, as respostas simplesmente não apareceram e me deixaram descontente. Apesar dos pesares, gosto demais dos trabalhos da autora e quero sim ler novos projetos no futuro.

Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Engraçado, mas não consigo me interessar por esta série.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nem o primeiro livro dessa série, mas é horrível quando faltam respostas no desfecho da saga. Li Maze Runner esses dias e o último livro também deixou muita coisa aberta, e a gente fica cheio de dúvidas do que afinal o que era tal coisa e etc :/ os autores tem que prestar mais atenção nesses detalhes

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu so li o primeiro livro mas tenho o segundo livro aqui, mas so vou ler com o último na mão, eu amei o primeiro livro, mas depois de ver muitas resenhas do segundo dei uma desanimada, e agora que o terceiro esta ai vendo a sua e outras resenhas vejo qwue a autora deixou muito a desejar, uma pena. Pois esperava muito mais do final.
    Comeu comecei a ler, vou terminar...mas sem pressa.
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Bom, como não li nenhum livro da trilogia, fiquei um pouco perdida nos acontecimentos da resenha, porém uma coisa concordo com você: Nada pior que terminar uma série sem respostas. A pessoa fica com aquela sensação de vazio eterno.

    Que pena que o final foi assim pra você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Não li a série ainda. Mais estou curiosa a respeito dela. Li resenhas que elogiavam muito. E pelo que notei parece ser bem interessante. Pretendo ler assim que conseguir. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. O que mais gosto da série são as capas, ainda não engatei uma leitura dessa série, falta um quê nela, que não sei qual é, vou ler todos, mas não é das minhas favoritas.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, eu não li nem o primeiro livro e já estou decepcionada com a trilogia, só pelo que li em seu comentário no penúltimo paragrafo. Se você que leu todos se sentiu assim decepcionada, imagina o que penso agora. Será que vale a pena ler? Vou pensar.

    ResponderExcluir
  8. OLáaa!
    Estou louca para ler esse fechamento da trilogia, principalmente quando me lembro do final WTF" do segundo livro. A velha pergunta: ela vai ficar com quem?
    Acho que a ideia de intercalar os pontos de vista de Lena e Hana foi mesmo uma ótima ideia (quero logo conferir).
    Fiquei meio apreensiva ao saber que muitas questões continuaram sem respostas... eu tbm estava com altas expectativas, mas agora vou dar um jeito de controlá-las para não me decepciona.

    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Quando vi os primeiros comentários sobre REQUIEM já fiquei preocupada com o desfecho que a autora resolveu dar a trilogia..Confesso que a trilogia não está entre as minhas prediletas ALIÁS nem entre as que eu releria.. não gostei muito da escrita da Lauren..o segundo livro achei que teve uma evolução muito boa...mas depois das resenhas de Requiem estou bem preocupa de como enxergarei o encerramento da série.. Fiquei confusa com a Hana aparecendo nesse livro e APARECENDO bem..No segundo mal sabemos dela.. isso já me deixou confusa =/

    Vou aguardar minha leitura para ver como vou digerir .

    ResponderExcluir
  10. Agora fiquei com medo, não tem coisa pior em ler um livro (ainda mais o último de uma série) e ver que ficou muitas coisas em responder. Fiquei mega curiosa pra saber o final e que falhas são essas.Sou apaixonada por essa trilogia, espero não me decepcionar. Parabéns pela resenha, ficou muito bem construída...bjs

    ResponderExcluir
  11. Eu amei Delírio e fiquei tensa com aquele final. O segundo já não achei tão legal, mas, tbm, fiquei tensa com o final. E agora fiquei triste com a sua resenha pq eu espero muito do último volume.

    ResponderExcluir
  12. Como até agora só li "Delírio", preferi pular para o último parágrafo dessa resenha, pois tive receio de ler algum spoiler. Fiquei um pouco desanimado em saber que algumas respostas não foram dadas. Pelo menos ela fechou bem a trilogia. Já sabendo disso, já não irei com tantas expectativas assim.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  13. oi Aline
    Não vou ler a resenha ok
    Ainda não li nada da serie apesar de já ter os livros 1e 2 estava esperando este lançamento para ler a serie. e depois de UCP, não quero saber de spoilers nem noticias sobro o livro quero ler sem saber o que vai acontecer. kkk
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Esse não está sendo um bom ano para finais de séries. Pelo menos das que eu li até agora. Não é que são ruins, mas é como você disse na resenha, não tem um final. Os autores montam toda a trama, enchem os personagens de problemas para não fazerem a coisa mais importante que é justamente dar um final a história e resolver tudo que deixaram pendente. Ainda assim vou ler Réquiem. Não vou resistir a saber o "final".

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo