25/07/2014

Resenha | Incedeia-me

Incendeia-me
  • Autor: Tahereh Mafi
  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 384
  • Compre aqui: Saraiva | Submarino

O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado. Juliette foi a única que restou no caminho do Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, O Restabelecimento não sobreviverá. Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam era uma mentira.


Se você ainda não leu os outros volumes da série, essa resenha pode conter spoilers para você! 

Olás! Para não deixar o costume de lado - os lançamentos desse ano não deixam - hoje vou falar um pouco de mais um desfecho. De mais uma trilogia. De distopia. Não, isso não é de maneira nenhuma ruim, e sim maravilhoso, já que pude conferir o que aconteceu com a trama e personagens de diversas narrativas. E é claro que Incendeia-me da Tahereh Mafi, publicado pela Editora Novo Conceito não ficaria de fora. 

Depois da finalização dramática de Liberta-me e um gancho bem grande para a continuação, todas as pessoas que lutaram contra O Restabelecimento podem estar mortas, menos Juliette. Com essa possível verdade a cercando em vários lados, a única pessoa em quem Juliette poderá confiar para destruir o governo é Warner, antigo vilão. Em vários aspectos, digo de passagem. Trabalhando juntos, a protagonista irá se dar conta de muitas coisas, principalmente de que ela pode ser a chave para o início de verdadeira revolução.

Mais uma finalização de trilogia. E mais uma finalização que não me deixou contente. Vou ser bem contraditória nessa resenha, porque eu desgostei gostando desse livro. Digo isso porque a Tahereh Mafi foi muito esperta em me conquistar - e acho que a diversos leitores - criando situações que eu queria ter visto no livro anterior e que ela inseriu aqui. Agora, ela pecou demais em deixar em aberto sua principal pergunta e o que regeu a trama até aqui.

Desde o conto entre o primeiro e o segundo livro, eu mudei minha opinião profundamente com relação ao Warner e ao romance apresentado pela autora. A partir daí, eu já me senti um pouco "traída" por parte dela, por me fazer - de propósito - torcer para um lado que não seria o "correto" inicialmente. Fora isso, ela me fez detestar diversas atitudes do Adam em Liberta-me e Incendeia-me. Ele foi - me desculpem a palavra - um verdadeiro babaca em muitos pontos. Juliette continuou bem morna na finalização, apesar de ter tido surtos de mudança que já deveriam ter ocorrido bem antes.

O romance foi o que esse livro trouxe. Apenas isso. Ela o finalizou e me enrolou muito bem com ele, a propósito, para eu esquecer outros pontos chave da trama. Mas eu não esqueci. Ela escreveu um livro bem grande para que no final resolvesse o "principal" em 50 páginas e o deixar em aberto. Aliás, para ser resolvido com uma facilidade que eu não esperava de forma alguma. Fiquei bem decepcionada.

De uma forma geral, a autora não terminou a proposta que ela inseriu no início. Fiquei desapontada? Com certeza. Entretanto, ela me ganhou no romance e no crescimento de um personagem em especial que eu passei a gostar ainda mais. Isso não apagou o que não foi feito por ela, mas ajudou a deixar a leitura melhor e mais bacana para mim. Em suma, ela poderia ter se aprofundado muito mais em alguns aspectos, os deixando de forma equilibrada durante o livro, mas preferiu seguir só uma vertente, deixando muitos porquês no ar.

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. É uma pena que você tenha se desapontado com o livro. Infelizmente, eu percebo que isso vem acontecendo muito com o final das séries, parece que os autores ficam com tanta pressão que acabam esquecendo do foco principal, ou de qual direção eles pretendiam percorrer :/

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, quantas resenhas negativas sobre a obra. Já li inúmeras, e em todas me deparo com a mesma situação, que é o descontentamento sobre o final. Todos dizem que ela fugiu do foco, o que é triste porque era um livro bastante esperado. Falavam tão bem sobre os primeiros, que é decepcionante quando o final vem dessa forma. Principalmente pelo fato de não ter respondido a pergunta PRINCIPAL do livro. :(

    Que pena.

    ResponderExcluir
  3. Eu so li o primeiro livro, então o Warner ainda era muito babaca..eu achei, mas vi todo mundo mudando de opinião sobre ele, e fico morrendo de curiosidade pra saber oque acontece pra todas mudarem de opinião.
    Uma pena o desfecho não ter agradado, pelo que tenho visto muitas ficaram decepcionadas com ele, mas pretendo terminar a serie ja que comecei,
    beijos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo