10/06/2014

Resenha | Um Caso Perdido (Hopeless)

Um Caso Perdido (Hopeless)
  • Autor: Colleen Hoover
  • Editora: Galera Record
  • Páginas: 384
  • Compre aqui: Saraiva | Submarino

Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras... Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.


Olás! Quando minhas expectativas a cerca de um livro são altas, algumas vezes o livro não consegue alcançar nem a metade. Porém, quando você tem expectativas e essas são superadas em vários momentos, a leitura passa a ser incrível e completamente inesquecível. E foi isso que ocorreu durante a os momentos que passei lendo Um Caso Perdido, da Galera Record. Eu já havia lido livros anteriores escritos pela Colleen Hoover - que eu amei, a propósito - , mas esse conseguiu estar em um patamar acima.

Sky é uma jovem que foi educada em casa e não tem acesso a tecnologias atuais. Para ficar mais próxima de sua melhor amiga, sua mãe resolve deixar Sky passar a frequentar o último ano do High School na mesma escola que a outra jovem. Mesmo não sendo um início fácil para a protagonista, ela conhece Holder, um rapaz que não possui uma boa reputação nas redondezas por conta de um acontecimento no passado. Apesar disso, Sky sente-se intrigada e cativada pelo jovem, que cheio de mistérios, passa a trazer a tona várias lembranças que Sky sequer imaginava ter.

Posso dizer o quão difícil foi escrever essa resenha para mim. Difícil por achar que não iria conseguir passar para vocês a essência do livro. Não o julguem pela sinopse. Ele é muito mais do que aparenta ser. A autora fez um trabalho maravilhoso escondendo as melhores situações no decorrer da leitura. E eu não digo uma situação, mas sim várias. E cada uma delas parece uma bomba que explodiu na sua frente, mas espere... tem coisa ainda mais explosiva logo mais.

O que a Colleen insere de sentimentos e de humanidade em seus personagens é uma coisa absurda. Você consegue sentir a alegria e principalmente o sofrimento que exala deles. Não que eu saiba a dor que eles podem estar sentindo, mas é tudo muito palpável. E aqui eu levanto um ponto: como essa autora é cruel com suas personagens. É muita crueldade em um livro só. E o pior é que esse sofrimento deles mais a escrita encantadora da autora faz com que você se apaixone e a odeie ao mesmo tempo.

Suas personagens, tanto Sky quanto Holder - até mesmo os secundários -, são pessoas que marcam em todos os momentos. Sky é uma jovem tão forte, mesmo tendo aqueles toques adolescentes esperados. E Holder é maravilhoso, apesar de também ser humano e cometer erros em diversas páginas do livro. Mas eles nos conquistam. E é exatamente isso que eu gosto. Não espero ler um personagem perfeito, mas sim um que mesmo com seus defeitos, possam me surpreender.

Esse livro com certeza entrou para o meu hall de favoritos com mérito e todas as honras possíveis. Não dá para falar muito sobre pontos específicos da história, se não as surpresas vão embora para quem vai ler. Só queria comentar sobre um ponto: na minha opinião, o título do livro não deveria ter sido traduzido. O título Hopeless é, literalmente, a essência do livro. E ele faz muito sentido em um certo momento. Então, lembrem-se disso.

Acho que todos deveriam lê-lo. Me parece que tem um segundo volume da história, e eu espero sinceramente que a autora não traga algo só para "enrolação", assim como aconteceu com Métrica e Pausa. Espero que seja algo que realmente complemente e que me deixe tão sem palavras assim como Um Caso Perdido - ou melhor, Hopeless - me deixou.

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. OIII
    Assim que vi o lançamento já fiquei com vontade de ler, parece ser um livro mt mt bom e espero ler em breve, pois só vejo criticas positivas sobre ele, inclusive a sua.
    Adorei a resenha e fiquei ainda mais curiosa, parabéns.

    Beijos
    Tag respondida lá no blog, pessoal.
    Confiram e comentem, irei retribuir ;)
    Beeeijos

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/06/tag-dias-da-semana-em-livros.html

    ResponderExcluir
  2. Eu não dava absolutamente NADA por esse livro. Ele veio e entrou para o hall dos meus favoritos também. Você disse tudo: a humanidade dos personagens é chocante.
    Não preciso dizer muita coisa: eu ADOREI!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  3. Achei muito lindo esse livro, mas não tinha sido muito cativada apenas pela sinopse. Tenho visto muita gente dizendo que o livro é ótimo e tudo mais. Fico feliz que o livro se trate muito mais do que há na sinopse. Fiquei feliz mesmo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline,
    Eu ainda não li nenhum dos livros da Colleen Hoover, mas vejo todos se derreterem em elogios por eles. Talvez, a razão pelo qual eles não me chamaram tanto a atenção é o fato de as sinopses parecerem simples a primeira vista, mas o livro se revelar muito mais, como você disse. Adoro quando um autor consegue nos fazer amar e odiar os personagens ao mesmo tempo. É isso que os fazem reais e são essas as leituras que nos marcam, não é mesmo?
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Não sabia da continuação deste livro, e concordo contigo, tomara que tenha conteúdo com este livro parece ter.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua resenha ^-^
    Quero muito ler esse livro ,parece ser muito bom ,mas infelizmente não tive a oportunidade de adquiri-lo ainda :l

    ResponderExcluir
  7. Fiquei achando que este seria bem ruim, devido aos comentários da outra série da autora.
    Mas só tenho lido coisas boas, então acho que darei uma chance =) Quem sabe né...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo