21/04/2014

Resenha | Vinte Garotos no Verão

Vinte Garotos no Verão
  • Autor: Sarah Ockler
  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 288
  • Compre aqui: Saraiva | Submarino
Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está, mas não querem saber de verdade. Elas buscam a afirmação de que você está bem, de que você aprecia a preocupação delas, de que a vida continua. Em segredo, elas se perguntam quando a obrigação de perguntar terminará (depois de três meses, por sinal. Escrito ou não escrito, é esse o tempo que as pessoas levam para esquecer algo que você jamais esquecerá). As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não. Que na primeira tarde de suas férias de verdade você se senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal de que está tudo bem.

Olás! Ano passado quando fui a Bienal do Rio de Janeiro e pude conferir algumas novidades da Editora Novo Conceito no estante dela, fiquei muito empolgada com a publicação do livro Vinte Garotos no Verão - da autora Sarah Ockler - principalmente pela repercussão do livro lá fora. Ele já foi publicado há algum tempo, mas mesmo assim muita gente fala bem da história. Então, não poderia deixar de conferir.

Anna acabou de perder seu melhor amigo e amor de sua vida, Matt. Junto com sua melhor amiga e irmã de Matt, ela passa por um longo momento de luto. Até que um dia ela é convidada pela família do rapaz para passar as férias na Califórnia, em uma casa de praia. É a primeira vez que vão desde a partida de Matt, o que trás lembranças recorrentes do jovem. Apesar disso, tanto ela quanto Frankie, sua amiga, decidem se focar em um outro assunto: ao desafio de conhecer 20 rapazes durante aquele verão e fazer com que ele seja o melhor de suas vidas, apesar dos pesares.

O livro trás logo de cara uma perda enorme para todos os personagens importantes do enredo. E essa perda é o que vai mover a trama dali em diante. Anna começou a ter uma vida incrível e de repente, ela é tirada de si pela tragédia. Além de toda a dor que os sentimentos dela nos transmite, Anna guarda em segredo esse amor que teve por Matt de todos, inclusive sua melhor amiga. Então, ao longo do livro temos muitos pensamentos cercando a protagonista, do que seria o correto a ser feito.

Frankie já é bem diferente de Anna. Apesar de ainda não ter superado a morte do irmão, ela leva a vida como se nada tivesse acontecido, mudando radicalmente de comportamento. Indo a festas, namorando muitos rapazes e não se importando com o que dizem dela. Em muitos momentos, ela é inacreditavelmente irritante, mas tudo não passa de uma máscara para esconder exatamente o que ela está sentindo. Dá para compreender.

A escrita da Sarah Ockler me conquistou aos poucos. Ao mesmo tempo leve e rápida de ser lida, mesmo tendo um assunto um pouco mais pesado - que é a perda de alguém - sendo discutida. O livro é muito fácil de ser lido e eu realmente gostei do que vi. Em alguns momentos claros eu não concordava com as atitudes de nenhuma delas. Esperava um pouco mais de amadurecimento, mas isso também foi compreensivo.

Gosto muito de ler assuntos um pouco mais palpáveis e possíveis de acontecer, fugir do sobrenatural ou distópico. E esse livro me trouxe isso em um momento certo. Sem pretensões, mas com uma sutileza bacana. O final não é exatamente um final. Afinal, a vida das personagens não acabou no verão, apenas começou. Os conflitos são respondidos, mas eu fiquei com um gostinho de querer saber mais. Volume único e leitura boa para aqueles que apreciam bons toques de amizade e conflitos da adolescência. 

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Não gosto muito do gênero, mas tmb não tenho nada contra, e esse livro parece bem interessante, a capa é muito linda .

    ResponderExcluir
  2. Se eu quero ler esse livro? Obvio. Sério, fiquei empolgadíssima pra ler, a capa é maravilhosa, a sinopse é empolgante e a resenha me instigou.

    ResponderExcluir
  3. Eu me interessei verdadeiramente por este livro!
    A capa é linda e a premissa faz muito meu estilo. Assim como você eu gosto muito de ler histórias que poderiam acontecer, até mesmo comigo! Gostei muito da resenha!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline :)

    Adoro livros com assuntos mais convencionais também. O enredo desse é muito interessante, o mesmo para o título.

    Não é um dos meus desejados mas eu leria ele com certeza.

    Beijos,
    Bruna
    http://pausaparaoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu também fiquei com este gostinho de quero mais. A realidade e a ficção se misturam de uma forma bem harmoniosa no livro, deixando a leitura ainda mais prazerosa.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  6. Olá!! Primeira resenha lida do livro, e realmente me surpreendi bastante.Estou bastante interessada em ler este livro, um livro cheio de perdas e superação...Fiquei curiosa para saber o fim das personagens!!
    Beijos, ótima resenha, inclui ele na minha lista de desejados!!

    ResponderExcluir
  7. eu tinha lido um pouvo desse livro antes e nao tinha chamado a minha atenção tanto quanto agora, se eu for olhar por esse lado de dar uma pausa em historias sobrenaturais e séries, seria bom ler.esse livro justamente por eu achá-lo bastante real...

    ResponderExcluir
  8. Também gosto muito de embarcar em uma leitura mais real de vez em quando e esta parece ser ótima para descansarmos de livros sobrenaturais, distopias e etc. Parece ser uma boa leitura e também muito emocionante, curti muito o enredo, por abordar assuntos como amizade e recomeçar a vida depois de uma grande perda!
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Esse livro também está na minha lista de desejados, pois pelo que li tanto na sua resenha quanto em outras, me deu a sensação que o livro é realmente ótimo, que tem uma história surpreendente e que nos ensina muita coisa. Enfim, eu acredito que o livro seja emocionante, eu quero saber o que irá acontecer com a Anna e o que ela irá fazer *-*
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  10. O primeiro contato que fiz com este livro , foi assim que lançaram ele , nem sonhava que o brasil iria lançar ele , alguma editora , muito menos que seria a NC *--* , não li , tenho ele em ebook . Pretendo ler , para mim me parecer ser perfeito .

    ResponderExcluir
  11. Esse é um dos livros que está na minha lista de desejados. Eu gosto de ter livros que se prendem a realidade, para ler entre um ou outro livro sobrenatural. Acho que é bom para equilibrar a nossa mente. E Vinte Garotos no Verão é justamente esse tipo de livro, despretensioso e gostoso de se ler. Por isso que estou com tanta vontade de o fazer. kkkk

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi Aline!
    Nossa, como eu estou ansiosa pra ler esse livro! E já faz anos (porque eu sempre o via no Skoob e tal), então fiquei muito feliz quando soube que ele seria lançado no Brasil. Só li resenhas positivas até agora, então imagino que não tem como ser ruim. Acho que vai ser o próximo livro que eu vou comprar.

    Bjs
    http://nasquartasusamosrosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo