17/12/2013

Resenha | Deixe a neve cair

Deixe a neve cair
  • Autor: John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle
  • Editora: Rocco
  • Páginas: 336
Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para insuspeitos encontros românticos. Em Deixe a neve cair, bem-sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. Comédia romântica com a assinatura de um dos maiores bestsellers da atualidade, o livro é o presente de Natal perfeito para os fãs de John Green e de histórias de amor e aventura.

Olás! Já que estamos a poucos dias do natal, eu resolvi entrar no ritmo e fiz a leitura do livro Deixe a neve cair, lançamento da Editora Rocco, escrito por três autores bem famosos: John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle. O livro é composto por três contos passados no Natal. Para começar o clima bom que esse feriado tem, resolvi lê-lo e já me senti mais leve.

Diferente de todos os livros de contos que li, os três propostos em Deixe  a neve cair tem sua história escrita em um mesmo dia e em um mesmo cenário. Além disso, você vai descobrindo pequenas conexões em cada um deles, mesmo tendo sendo escritos por autores diferentes. Adorei essa junção pequena de enredos. Você pode lê-los separadamente, mas quando os lê todos juntos sabe que eles aconteceram no mesmo dia, na mesma cidade, com personagens diferentes (mas interligados de alguma forma!).

Tudo se passa em um dia depois que uma tempestade de neve deixou muitas pessoas presas em uma cidadezinha que passou a ser seu refúgio. Ao contrário do que eu estava esperando, meu conto preferido não foi o escrito pelo John Green, e sim o escrito pela Maureen Johnson, o primeiro apresentado, com título O expresso Jubileu. Nele nós conhecemos um pouco sobre esse dia estranho na vida da Jubileu. Sim, esse é seu nome. Foi o conto que li mais rápido e que achei mais fluido. Gostoso mesmo de ler.

No segundo conto, dessa vez do John Green, cujo o titulo é O milagre da torcida de Natal, entramos em uma espécie de corrida maluca com três amigos até eles chegarem em uma lanchonete cheia de líderes de torcida. Achei um pouco fraco frente a expectativa que qualquer coisa do John Green trás para mim. E o terceiro e último conto, escrito pela Lauren Myracle - O Santo padroeiro dos porcos, foi o que eu menos gostei. O plano de fundo e mensagem foram até bacanas, mas a protagonista era irritante demais para que eu conseguisse deixar uma leitura mais dinâmica.

Apesar dos pesares, Deixe a neve cair é um livro de contos bem levinho de se ler antes do Natal. Além de deixar aquela sensação boa de feriado, família e boas mensagens que essa época do ano trás as pessoas. E tem uma diagramação muito linda, combinando com tudo o que está inserido nos contos. Bacana de ser lido em um dia, sem muitas pretensões.

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Ah, a capa desse livro é uma gracinha! Já imaginei que fosse uma leitura leve, e apesar da curiosidade, não tenho tanta urgência assim de ler o livro (mais por causa da minha pilha de leituras que anda nas alturas). Confesso que achei bem interessante o fato de todos os contos acontecerem em um mesmo dia e em uma mesma cidade, me lembrou aquelas histórias em que umas ações influenciam outras, que as histórias são paralelas e se ligam através de aspectos em comum.

    Um beijo, Livro Lab

    ResponderExcluir
  2. Faz muito tempo que eu estou tentando comprar ou ganhar Deixe a Neve Cair. Motivos:
    1. AMO O NATAL, e esse livro, por ser na mesma época já me encanto. Sou daquele tipo de pessoa que assiste todos os filmes de Natal possíveis... até aqueles da Globo. kkkk
    2. Tem o nome do John Green, que já se tornou até moda. Os livros dele são muito bons, e sempre geram expectativa.

    Acho lindo o destino cruzado (no caso, os contos). Enfim, amei sua resenha mesmo. Beijos.

    http://pausaparaum-livro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu nem imaginava que o livro fosse assim. Na verdade, não imaginei nada. Mas gostei bastante, estou em um momento muito romântica, e esse tipo de livro acaba me atraindo, rs. E me senti meio triste com o John Green, só pelo o que você disse, rs. Mesmo assim, achei bem legal. :)

    ResponderExcluir
  4. Ah eu quero muito ler esse livro! Ele parece ser maravilhoso *-*

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  5. ahhh, queria muito ler esse livro, não sabia que tinha lançado aqui já!
    xx
    Flávia - http://hangoverat16.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Aline! Confesso que no inicio me empolguei com este livro , mas ao lê-lo .. não achei tudo isso. O fato de Green está no meio obviamente me influenciou a lê-lo mas esperava um cadim mais ... Achei bacaninha. Apenas.

    ResponderExcluir
  7. Oi Aline, tudo bem??
    Desculpa o sumiço, mas a correria de fim de ano esta grande...
    Adorei sua resenha sobre os contos e realmente parece um livro para ler sem pretensões mas amo contos e fiquei bastante animada para poder conferir eles...E sem falar que esta época é tudo de bom!!
    Bjuss♥

    ResponderExcluir
  8. Não me torno fã de autores logo de cara, tipo, o John. Tenho o a Culpa é das Estrelas e adorei o livro, sinceramente. Mas assim, não ao ponto de procurar livros antigos dele e tal. Ai eu peço de presente :) acho uma boa começar sendo fã depois de bastante livro ganho do autor ou trocado pelo Skoob. Então muitos me indicaram esse livro, mas acho que eu leria o Cidade de Papel primeiro. Esse ia me desanimar completamente pelo autor, apesar de eu não gostar muito de livro escrito mais que um escritor. (Com exceção de Bruxos e Bruxas que foi legalzinho rss') então é isso :) ótima resenha.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo