07/11/2013

Resenha | Limiar

Limiar
  • Autor: Jessica Warman
  • Editora: Galera Record
  • Páginas: 392

Liz Valchar sempre teve tudo o que poderia desejar. Dinheiro, beleza, um namorado perfeito e, agora, uma festa de aniversário no iate particular, na companhia de seus cinco melhores amigos. Mas quando ela acorda no dia seguinte, percebe algo errado. Boiando na água, bem ali, entre o barco e o cais, está o corpo de uma adolescente. Ao observar melhor, Liz percebe horrorizada, que aquele é o seu corpo. E que ela está morta. A única companhia dela é Alex, um menino que morreu um ano antes em um acidente de carro. Juntos, tentarão solucionar o mistério da morte dela, reconstruindo seus últimos dias de vida.

Olás! A resenha da semana é do livro Limiar, da autora Jessica Warman publicado pela Galera Record aqui no país. Não tinha lido nada da autora, mas a temática envolvida me chamou atenção e por esse motivo solicitei o livro para resenha para conferir o trabalho que ela apresentou nesse volume.

Limiar conta a história de Liz Valdar, a típica adolescente americana que tem tudo o que sempre quis na vida. No dia de seu aniversário de 18 anos, Liz vai comemorar com seus amigos em seu iate. Depois de muita festa, Liz acorda no dia seguinte e percebe que algo muito estranho ocorreu. Ela está morta. Liz passa a perambular ao redor de todos que estavam em sua vida, juntamente com Alex, um outro jovem que também morreu de forma trágica. Ambos agora tem o dever de descobrir o que aconteceu na noite em que Liz foi morta.

Quis ler Limiar por achar que a história iria me trazer um sentimento bom e de leitura que trás mudança para mim, assim como já li e aconteceu em outros livros que abordavam temática semelhante. Mas não acontece muito esse choque de realidade e mensagem que eu esperei encontrar nesse caso. Liz é extremamente egocêntrica e deixa bem claro isso desde o início do livro. É irritante ver o quão mesquinha ela pode ser em alguns momentos. Mas isso já me era esperado pela idade e pelas condições que ela se encontrava.

Alex é o personagem que mais me cativou na trama. Os amigos e familiares de Liz tinham uma constituição bem parecida com a protagonista, então não me chamaram tanto atenção. Alex, apesar de secundário, deu uma partida importante para que a narrativa transcorresse de uma forma mais bacana para a leitura. Sua morte também é cercada de mistérios, assim como a de Liz.

Logo nas 100/150 páginas eu já imaginava como seria todo o desfecho. A autora deixou várias pistas que são fáceis de serem decifradas ao longo dos capítulos. Apesar de ser uma leitura muito fácil e rápida de ser feita, não encontrei o que eu procurava e que encontrei nos outros livros de mesma base. A redenção da personagem não aconteceu de uma forma que eu achei convincente. Esperei uma outra coisa e tive que me contentar com a realidade proposta.

De certa forma, entendi o que foi mostrado. Nem todos podem ser completamente mudados. Apesar disso, acho o livro válido para todos que querem ler alguma coisa super leve e despreocupada, sem ter o comprometimento de pensar muito. 
 

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Aline, que pena que a história foi previsível, mas como você disse, é sempre bom ler coisas leves e passar o tempo...

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. Talvez eu dê uma chance ao livro!

    http://0kay0kay.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, o livro parece ter uma história e tanto hein...

    Seguindo o blog, ficaria muito feliz se pudesse retribuir...

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu adoreei a capa desse livro e por isso iniciei a leitura... mas aaah ;/ nao curto livros assim :/

    ResponderExcluir
  5. Oi Aline, tudo bem??
    Eu to super ansiosa para ler esse livro desde a primeira vez que o vi como lançamento eu, achei a sinopse dele muito interessante, então desde desse dia ele esta na minha lista, agora essa é a primeira resenha que vejo do livro e ela só me fez querer ler o livro ainda mais...
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. eu li esse livro e sup er me encante é muito bom, vale a pena demais ler ele

    ResponderExcluir
  7. Oi Aline,

    Já li várias resenhas desse livro metade das pessoas gostaram, não estou dizendo que você não gostou, mas pareceu que faltou algo mais na leitura para que ela te encantasse, eu nunca li nada com esse tema proposto, fiquei com vontade de ler esse livro, personagens mesquinhas já estou abusando a cara delas, preciso de algo novo !

    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  8. otima resenha gostei dos seus detalhes.. massa

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo