03/10/2013

Resenha | A Desconstrução de Mara Dyer

A Desconstrução de Mara Dyer
  • Autor: Michelle Hodkin
  • Editora: Galera Record
  • Páginas: 378

Um grupo de amigos... Uma tábua ouija... Um presságio de morte. Mara Dyer não estava interessada em mensagens do além. Mas para não estragar a diversão da melhor amiga justo em seu aniversário ela decide embarcar na brincadeira. Apenas para receber um recado de sangue. Parecia uma simples piada de mau gosto... até que todos os presentes com exceção de Mara morrem no desabamento de um velho sanatório abandonado. O que o grupo estaria fazendo em um prédio condenado? A resposta parece estar perdida na mente pertubada de Mara. Mas depois de sobreviver à traumática experiência é natural que a menina se proteja com uma amnésia seletiva. Afinal, ela perdeu a melhor amiga, o namorado e a irmã do rapaz. Para ajudá-la a superar o trauma a família decide mudar para uma nova cidade, um novo começo. Todos estão empenhados em esquecer. E Mara só quer lembrar. Ainda mais com as alucinações - ou seriam premonições? - Os corpois e o véu entre realidade, pesadelo e sanidade se esgarçando dia a dia. Ela precisa entender o que houve para ter uma chance de impedir a loucura de tomá-la....


Olá pessoas! A resenha de hoje é de um livro que, no mínimo, me deixou confusa. Não em um sentido ruim, mas me deixou. A Desconstrução de Mara Dyer, escrito pela Michelle Hodkin e publicado pela Galera Record, me chamou bastante atenção por essa capa. Eu não tinha muita noção a respeito da sinopse, e muitas vezes não gosto de sabê-la mesmo, então comecei a lê-lo de mente aberta sem esperar muito.

Mara Dyer, que logo no início já se apresenta dizendo que esse não é seu nome verdadeiro e que precisou preservar sua identidade para contar sua história, passou por um trauma recente. Ela acorda em um leito de hospital e simplesmente não sabe o que aconteceu a ela para que parasse naquele local. Acontece que algum tempo anterior a sua internação, Mara estava com alguns amigos em sanatório abandonado que desabou. E ela foi a única sobrevivente do acidente. Depois do choque emocional, Mara e sua família mudam de cidade, mas apesar da troca de ares, tudo ainda está muito confuso em sua cabeça. E parece estar vendo coisas reais e outras não tão reais.

A sensação durante a minha leitura do livro foi: não acredite em nada que você está lendo Aline. Sim, por mais estranho que pareça essa foi minha conclusão acerca de tudo o que acontecia no decorrer da narrativa. Depois do trauma sofrido por Mara e da falta de respostas para o que aconteceu com seus amigos, Mara não é mais a mesma. E começam a acontecer eventos ao redor da personagem que são um pouco bizarros dependendo do ponto de vista.

Eu fiquei confusa em vários momentos, mas acho que essa era uma intenção real da autora com os leitores. Senti que foi tudo proposital. A rodada de eventos, o início de uma loucura (ou não!) da personagem. É claro que depois de um bom pedaço lido, eu já supus qual era a ideia da autora, mas isso não tira o mérito dela de me dar essa sensação estranha que eu raramente sinto nos livros. A sensação "em quem eu acredito?" ou "no que acredito?"

Além de Mara, a autora nos apresenta Noah, o típico jovem popular do ensino médio que conquista todas as meninas, mas que fica intrigado com a novata e passa a estudá-la de mais perto. Noah é um personagem clichê, mas ao mesmo tempo com uma essência própria. Parece que são dois em um. Em alguns momentos você observa a mesmice, o comum. Mas depois ele se mostra ser diferente.

Confesso que fiquei bem desapontada em saber que esse livro não é volume único. Fiquei montando todos os pedaços do quebra-cabeça para que no final, surgisse um muro na minha frente e eu não tivesse compreendido praticamente nada. Além do fato de você conseguir supor facilmente o que a autora trouxe para os personagens, o resto é um breu. Isso porque no final o mistério aumenta ainda mais com uma surpresa para a personagem e para os leitores.

Em resumo. Acabei o livro confusa, com uma resposta (muitas perguntas!) e triste por não saber o final. Porém, eu quero muito ler o segundo volume. Li algumas resenhas de fora, e vi que várias pessoas dizem que tudo faz sentido quando você lê o próximo livro, e que às vezes é até melhor lê-los juntos. Eu espero realmente que seja um desfecho bacana e que me surpreenda.


Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Hum Aline, parece bem intrigante heim? Como diz o título: desconstruiu... Tomara que o segundo venha com as respostas que você busca...

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. Já li outras resenhas dessa trama, mas não fiquei curiosa.
    Espero que consiga entender tudo no próximo volume.

    ResponderExcluir
  3. Aline não sei se já falei mas desde que li as reviews dos gringos sobre esse livro fiquei surtando, precisando e querendo muito! É um mistério young adult (será que posso classificar assim?) que tem tudo pra eu amar: personagens bons, enredo envolvente, e muitas incertezas o/
    Ah, é um trilogia e espero logo a publicação dos outros no Brasil!

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá Aline, estou de olho neste livro desde seu lançamento e está é a primeira resenha que leio... Mas fiquei ainda mais interessada na história, e não sabia que seria uma série (uma pena, pois a maioria dos lançamentos são séries, e acabamos desistindo da leitura de alguns, pois os lançamentos do 2° volume serem somente em 2014 e pelo preço). Mas está série vou querer conferir por ter está trama cheia de altos e baixos e todo este mistério.
    Bjuss

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenhae fiquei com vontade de ler o livro, porém provavelmente vou esperar lançar a continuação, porque odeio terminar o livro sem entender o que está acontecendo, mesmo assim curti a história!
    xx
    Flávia - http://hangoverat16.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. É horrivel quando lemos um livro sem saber que ele tem continuação, na expectativa de chegar ao final próximo e ficar a par de todas as dúvidas ao decorrer do livro e quando ve... fica frustrada pq nao diz nada hahaha, esse livro me pareceu muito interessante, misterioso, cheio de quebra-cabeças e até um pouco confuso... ADOREI *____* , quero muito ler dps dessa resenha maravilhosa!

    ResponderExcluir
  7. Caraca!! Ja quero ler o livro!! O enredo e o misterio que ha nele me chamou bastante atenção, alem da capa sinistra! ja esta nos desejados.


    xx

    ResponderExcluir
  8. Já li outra resenha desse livro e fiquei apaixonada pela Mara, nãoli nada ainda que a personagem está com problemas na vida e tal, amo personagens clichês então misturar duas coisas um nova e uma que Amo acho que vai dar um boa mistura então só lebdo pra descuvrir o que irei achar do livro !

    ResponderExcluir
  9. n ão conhecia o livro, achei a capa perfeita e bem original... quero muito ler logo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo