27/06/2013

Lista | Livros que eu definitivamente vou comprar na Bienal


Olás! Acho que muitos de vocês sabem que esse ano eu vou para a Bienal do Rio! Sonho se realizando e minha lista de livros aumentando a cada dia que passa para comprar lá. Já sei que os preços não são aquela coisa, muitas vezes o mesmo preço do que o vemos por aí, mas só por estar lá já vai ser um presente. O problema é que: existem aqueles livros que eu preciso comprar! E aqui estão quatro deles que vão voltar na minha mala. Sem sombra de dúvidas.

No Limite da Atração
Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal. Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada. Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente. No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.
A Caminho do Verão
Auden resolve passar as férias de verão em Colby, uma minúscula cidade do litoral, com o pai, sua nova esposa e Thisbe, a filha do casal e sua mais nova irmãzinha. Lá, ela revê seus conceitos em relação à madrasta, encara um emprego de férias em uma boutique totalmente demais e conhece Eli, um garoto misterioso com o qual embarca em uma busca: experimentar uma adolescência sem preocupações que lhe foi negada enquanto ele procura se recuperar de um acontecimento trágico. Junte dois solitários, uma bicicleta, um estoque infindável de madrugadas com insônia, tortas e café e… tudo pode acontecer.


Never Sky - Sob o céu do nunca
Desde que fora forçada a viver entre os Selvagens, Ária sobreviveu a uma tempestade de Éter, quase teve o pescoço cortado por um canibal, e viu homens sendo trucidados. Mas o pior ainda estava por vir... Banida de seu lar, a cidade encapsulada de Quimera, Ária sabe que suas chances de sobrevivência no mundo além das paredes dos núcleos são ínfimas. Se os canibais não a matarem, as violentas tempestades elétricas certamente o farão. Até mesmo o ar que ela respira pode ser letal. Quando Ária se depara com Perry, o Forasteiro responsável por seu exílio, todos os seus medos são confirmados: ele é um bárbaro violento. É também sua única chance de continuar viva. Perry é um exímio caçador, em um território impiedoso, e vê Ária como uma menina mimada e frágil – tudo o que se poderia esperar de uma Ocupante. Mas ele também precisa da ajuda dela, somente Ária tem a chave de sua redenção. Opostos em praticamente tudo, Ária e Perry precisam tolerar a existência um do outro para alcançar seus objetivos. A aliança pouco provável entre os dois acabará por forjar uma ligação que selará o destino de todos os que vivem sob o céu do nunca. Primeiro livro de uma eletrizante trilogia ambientada em um futuro imaginado, mas assustadoramente possível, “Never Sky: Sob o Céu do Nunca” chega ao Brasil rodeado de grande expectativa por parte dos fãs de distopias. Em um cenário pós-apocalíptico, a população do planeta se dividiu entre aqueles que conseguiram esconder-se em cidades encapsuladas, conhecidas como núcleos, e as que sobreviveram nas áreas externas, mas tornaram-se primitivas. Através de um dispositivo eletrônico, os habitantes dos núcleos podem frequentar diferentes Reinos, cópias virtuais e multidimensionais do mundo que elas deixaram para trás. Neles se pode fazer qualquer coisa, ser qualquer pessoa, sem consequências no mundo real. Mundos sem dor, sem medo. As palavras dor e medo, porém, fazem parte do vocabulário cotidiano dos que vivem além das paredes dos núcleos. A escritora Veronica Rossi se utiliza da oposição dessas duas sociedades para pensar o poder da tecnologia, seus benefícios, malefícios e alienação que pode provocar nas pessoas.
Sociedade Secreta - Rosa e Túmulo
Amy Haskel é editora da revista literária da faculdade e acredita que logo será convocada para a sociedade secreta Pena & Tinta. Mas tudo muda quando ela se torna uma das primeiras garotas convidadas a integrar a Rosa & Túmulo, a sociedade secreta mais poderosa - e infame - do país. Amy vê sua vida virar do avesso depois que se transforma em uma Coveira (como são chamados os integrantes da Rosa & Túmulo) - não consegue estudar, se afasta dos amigos e está prestes a perder seu quase-namorado. E é só o começo. Em nome da sociedade, Amy deverá assumir a liderança de uma grande conspiração que envolve dinheiro e poder, e que tem (grandes) chances de destruir sua vida.


Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Aii, também adoraria ir para a Bienal, mas acho que não vai ser dessa vez. De todas as formas, sempre tenho uma lista imensa de livros que eu quero muito comprar. Na Bienal do ano passado em SP eu acabei nem comprando muitos livros, mas fiquei satisfeitíssima com os que comprei.

    Bjs, Livro Lab

    ResponderExcluir
  2. Bienal deve ser um troço tentador. Imagina chegar lá com uma lista certa, mas aí vai vendo todos os outros em promoção e não resiste? Leva um carrinho de supermercado logo hahahahaha.

    Eu tenho vontade de ler "No limite da atração" e "Sob o céu do nunca". Não li nada da Sarah Dessen ainda.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Capas lindas Aline! Ain que inveja branca de vocês que vão pra Bienal que é um sonho pra qualquer viciado em leitura ....

    ResponderExcluir
  4. Ai que tudo você vai pra Bienal sorte sua eu moro muito mas muito longe do Rio e não posso ir então parabéns pois vc vai e vai voltar com livros que você quer e eu que tenho de ficar só vendo (lendo) os outros dizendo que irão pra Bienal!

    http://maylahenrikybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ai Aline nem me fale em lista para a Bienal pois ainda nem pensei na minha , ótimas escolhas, tenho que começar a fazer a minha né.....
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Os livros No limite da atração e Sociedade secreta são ótimos compre pois são altamente recomendados.
    A caminho do verão e Never sky quero muito ler, estão na fila rs,
    beijos.

    ResponderExcluir
  7. Bienal é sempre um problema vc entra com uma lista de 5 e sai com uns 15 haha deliciosa tentação !

    ResponderExcluir
  8. Aiii que tudo aline, tbm gostaria de ir,mas fica pra próxima!! Eu tenho no limite da atração, os outros não!! Mas muito bom!! Boa sorte na bienal!!! ;)

    ResponderExcluir
  9. Eu tbm vou Aline pra Bienal!
    Confesso que não acredito que faltam apenas 2 meses (gritaaaaaaaaaaaaaaaaaaa)

    Lá vou comprar:

    AMANTE FINALMENTE
    CRETINO IRRESISTÍVEL
    E sem contar os sebos ótimos que tem lá e os livros da TOP livros de 10,00 SURTO LÁ kkkkkkkkkk

    Faby - Blog Adoro Romances de Aracaju

    ResponderExcluir
  10. A caminho do verão :) Há tempos quero ler mais um livro da Sarah Dessen, ela é uma escritora muito amor ^^ Tenho o livro No Limite da Atração e ainda não li :/ Alguma dica para curar ressaca literária? ahahahah

    Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo