05/10/2012

Resenha | A Corrida de Escorpião

A Corrida de Escorpião
  • Autor: Maggie Stiefvater
  • Editora: Verus
  • Páginas: 378

A cada novembro, os cavalos d'água emergem do oceano e galopam na areia sob os penhascos de Thisby. E, a cada novembro, os homens capturam esses cavalos para uma corrida eletrizante e mortal. Alguns cavaleiros sobrevivem. Outros, não. Aos 19 anos, Sean Kendrick já foi quatro vezes campeão. Ele é um jovem de poucas palavras e, se tem medos, guarda-os bem escondidos, onde ninguém possa vê-los. Puck Connolly é uma novata nas Corridas de Escorpião. Ela nunca quis participar da competição, mas o destino não lhe deu muita escolha. Sean e Puck vão competir neste ano, e ambos têm mais a ganhar - ou a perder - do que jamais pensaram. Mas apenas um deles pode vencer.

 
Oi pessoas! Hoje trago uma resenha especial de um lançamento da Editora Verus que eu estava aguardando muito. A corrida de escorpião, escrito pela Maggie Stiefvater, mesma autora de uma outra série publicada aqu no Brasil. Eu ainda não tinha tido oportunidade de ler outros trabalhos da autora, mas fiquei muito feliz por começar por A corrida de escorpião.
 
No livro temos a história contada por dois personagens principais. Puck Connolly, uma garota no meio de dois irmãos, um mais velho e um mais novo. Seus pais morreram quando eles eram mais novos, e por esse motivo todos tem suas responsabilidades. Depois de uma descoberta (e outra mais para frente), Puck se vê obrigada a participar da corrida de escorpião, um evento que ocorre todo ano na ilha em que mora, onde cavalos d'água, que são extremamente agressivos (e carnívoros!) são os "companheiros" de corrida de seus participantes.

Só há um porém. Puck não tem um cavalo d'água e seus pais foram justamente mortos por um. 

E conhecemos também Sean Kendrick, órfão, e participante da corrida de escorpião. Já foi campeão quatro vezes junto com seu cavalo d'água e companheiro Corr. Seu pai foi morto em uma corrida e Sean é o personagem mais misterioso na trama, com tantas outras pequenas coisas mal resolvidas.

E assim o cenário de A corrida do escorpião se desenrola. Eu nunca tinha lido nada parecido com a mitologia que a autora desenvolveu e/ou a respeito de cavalos. Veja bem, eu já tive um contato com cavalos quando era mais nova, ia no interior e cavalgava junto com meus tios, mas tem pelo menos 13 anos que não faço isso. Então, não tenho muito contato com esse mundo. Esse livro trouxe exatamente alguns sentimentos que eu sentia a respeito desses animais quando eu era mais nova. É algo mágico.

Confesso que até a metade do livro estava um pouco decepcionada. Quer dizer, eu esperava uma coisa muito, mas muito surpreendente no livro. Mas sabe o que mais? Ele não tem nada de surpreendente. O que ele trás é uma sensibilidade imensa e infelizmente eu só percebi isso bem a frente na leitura. É por isso que A corrida de escorpião encanta tanto. Nas pequenas coisas. 

O sentimento que tanto Puck quando Sean tem pelos seus cavalos é único. Claro, temos outras tramas, outros personagens envolvidos que são importantes para o crescimento, inclusive do contato dos personagens principais. Mas é tudo um pouco menor.
Eu tive muitas emoções lendo o livro. E como eu torci pelos dois. Os dois mereciam tudo. Ambos são personagens incríveis, fortes, sensíveis. Os capítulos vão sendo intercalados com a visão dos dois em primeira pessoa, o que é mais um ponto para trazer os sentimentos ainda mais aos leitores.

Sinceramente, eu poderia ficar um bom tempo falando sobre como a corrida de escorpião me tocou e me surpreendeu de outra forma que eu não esperava. Se você está lendo e por acaso não gostou muito ainda, continue firme e preste atenção em tudo. É uma leitura para se fazer com sutileza para se perceber os sentimentos envolvidos. 

Recomendadíssimo! Um toque de romance, uma mitologia incrível e personagens peculiares fazem de A corrida de escorpião uma leitura única. 

Comente com o Facebook:

18 comentários:

  1. Poxa, eu nunca andei de cavalo. Já andei de jegue e não foi nem um pouco emocionante...kkk
    Que milagre um livro que não é de série (certo?!). Assustador esse negocio de cavalos carnivoros... mas vou dar uma olhada no livro e depende do preço vou ler. Porque os livros da Maggie são caríssimos!
    Bj.

    ResponderExcluir
  2. Uou ... Os detalhes que encantam o livro ? Gostei disso ...
    Cavalos carnívoros ?? Meio viajante não ? Tb nunca andei de cavalo... Nem jegue Karla ! Kkk
    Mas é fato q os livros dela não são baratos... Gostei da resenha (:

    ResponderExcluir
  3. Caraca... cavalos carnivoros??? Isso nao é do mal nao???

    Nao gostei muito da historia do livro, mesmo que a resenha tenha sido muito bem feita...

    ResponderExcluir
  4. Eu li algumas resenhas sobre esse livro e a maioria dizia que o livro é ótimo... Eu já estava com vontade de lê-lo.. e agora estou com mais vontade ainda kkkk O maior problema é, como já disseram em alguns comentários, o preço dos livros.. eles são meio carinhos né?? kkk

    ResponderExcluir
  5. Gosto de cavalos somente para ver, pois nunca andei em nenhum deles, tenho muitoooo medo.
    Bem, quanto ao livro, foi ótimo ler a resenha pois não conhecia o livro.
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  6. Xiii...rsrs

    Eu tenho medo de cavalos...kkkk. Medo não, pavor. pra dizer a verdade é nada típico e bem incomodo levando em consideração que sou veterinária.

    Mesmo assim gostei muito da história do livro e pretendo ler. Parece aquela mistura certa de fantasia e aventura que faz qualquer um querer ficar grudado nele, até o fim.
    Lerei, com certeza!!

    Thais Vianna
    @dathais
    dathais@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Me identifiquei coma Thais no medo de cavalos...rsrs Já tentei montar/aprender... mais existe uma agonia dentro de mim quando estou perto deles não sei porque... è um medo inrracional....
    Mais a história do livro paracer ser muito interressante!

    ResponderExcluir
  8. Também estou no time das que tem medo de cavalos. Eu já tentei andar uma vez, mas não me agradou muito, eu não me sinto muito no controle do animal, parece que a qualquer momento ele vai sair correndo loucamente me arrastando pelo caminho. Enfim, não é uma sensação muito boa. Embora a minha aversão a cavalos achei interessante o tema abordado no livro, talvez eu o adicione a minha lista de desejados depois da sua resenha hehe

    ResponderExcluir
  9. Adoro livros de romance, e esse ainda tem mitologia? estou super dentro

    ResponderExcluir
  10. Adoro livros que tenham mitologia, fiquei muito interessada neste livro

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito só achei meio estranho cavalos carnivoros, mas acho que se eu ler vou gostar

    ResponderExcluir
  12. Esse livro esta a um tempo na minha lista

    ResponderExcluir
  13. Nossa bem diferente né ? Mas ja vi você elogiar muito e fazer a mair propagando do livro . Então acho que vou gostar do livro.

    ResponderExcluir
  14. Entendo o fato de você ter esperado algo arrebatador, todo mundo está elogiando muito o livro e o classificando como “o melhor livro que eu li esse ano”. Até eu, quando fui ler a resenha esperava que você dissesse algo do tipo...
    E, concordando com o pessoal ai de cima, cavalos carnívoros são assustadores (yep, perdem apenas pros unicórnios assassinos).

    ResponderExcluir
  15. Nossa o livro parece ser ótimo, adoro livros que envolvem mitologia, ainda mais que tem romance também. kkkkkkkkkk! Adorei, não conhecia o livro ainda. Vou colocar na minha listinha.
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Essa história de cavalos e mitologia e coisas assim tão misturadas parece interessante de uma maneira meio estranha kkkkk Também vi pessoas colocando ele como 'melhor livro do ano' e isso me deixou ainda mais curiosa

    ResponderExcluir
  17. Poxa esse livro parece ser muito massa. Cavalos carnivoros ,eu acho muito legal mitologia sem contar que é bem diferente de tudo que já li.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo