06/09/2012

Resenha de "Serena"

Serena
  • Autor: Ian McEwan
  • Editora: Companhia das Letras
  • Páginas: 384

Ao ser contratada pelo MI5, o Serviço Secreto Britânico, a protagonista Serena se vê como participante de uma mentira cujo objetivo é fomentar a criação de uma ficção. Isso porque ela é incumbida de estabelecer contato com um escritor a quem não pode contar que é uma espiã, nem que o dinheiro que ele passará a receber virá do Estado. Mas o contexto de toda essa armação é uma guerra muito real, num período (começo da década de 1970) bastante violento da história da Inglaterra, especialmente por causa da atividade do IRA. E, para Serena, o caso envolve ainda sua vida pessoal, tanto no que se refere a seu antigo amante, que a introduziu no MI5, quanto no que se refere ao escritor que é vítima do ardil, por quem acaba se apaixonando. Ela é, portanto, agente e vítima, personagem e criadora, num romance em que todos esses papéis são questionados com fervor. Ora, ao conhecermos a ficção de Tom Healy, o escritor que não sabe que está na folha de pagamento da Inteligência Britânica, já notamos essa curiosa relação entre o real e o fictício, mediada pelo criador. Mas será apenas quando concluirmos a leitura de Serena que teremos a verdadeira dimensão do grau que atingiu essa fusão, tanto na história que estamos lendo quanto na nossa relação com o livro e seus personagens. A literatura experimental, questionadora, pode adotar várias máscaras. Em seu novo romance, Ian McEwan a veste nos trajes mais discretos e, talvez por isso mesmo, mais eficientes.

Olá para todos! A resenha de hoje é do livro Serena, do autor Ian McEwan e publicado pela Companhia das Letras aqui no Brasil. Esse livro teve um lançamento especial, já que ele ocorreu em primeira mão aqui no Brasil antes de qualquer outro local no mundo. O que me chamou atenção para receber o livro e resenhá-lo foi que eu soube que o autor é o mesmo do livro Reparação (que eu ainda não li!), que deu origem ao filme Desejo e Reparação que eu adorei. Então, nada melhor do que ler uma outra obra para quem sabe me surpreender mais uma vez.

Serena é a protagonista do romance, que inclusive é a narradora do livro. Durante toda a leitura, a personagem faz uma passagem durante sua infância, adolescência, jovialidade até a chegada na faculdade. Na época, Serena queria seguir o rumo para literatura (professora) como era comum para as moças, mas pelo seu talento diferenciado em matemática no fim das contas a fez fazer o curso da disciplina. 

Depois de terminada a faculdade, Serena foi chamada para trabalhar como agente secreta para a Inglaterra. E no meio do seu trabalho disfarçada ela conhece o escritor T.H. Healy e passa a espioná-lo. O que ela não contava é que os dois se apaixonassem e tivessem uma relação bem intensa em meio a todos esses conflitos de guerra fria da época.

Confesso que demorei bastante para ler Serena. É uma leitura muito densa e eu não passava de uns 2 a 3 capítulos por dia. O autor faz parágrafos enormes e com pouquíssimos diálogos. Eu não sou muito fã de livros assim, porque acho que tira a fluidez e a dinâmica de toda a leitura. Apesar de tudo isso, Ian McEwan sabe trazer surpresas que compensam.

Para quem gosta de cenários da época do século XX em meio as guerras e conflitos entre os países, além de uma narração bem intensa, com personagens bem construídos, Serena é uma ótima opção. Mas eu aconselho que a leitura seja feita de forma tranquila para que não ocorra confusão de ideias. E o final é digno de um grande livro.

Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Adorei a resenha !
    Gostei da capa .... E adoro livros de época
    Lista de livros a comprar gigante já #OhGod

    ResponderExcluir
  2. Amei sua resenha, espetacular mesmo....
    A capa sempre me chama muito a atenção, e com esse livro não foi diferente.

    ResponderExcluir
  3. Ah, que lindo, fiquei morrendo de vontade de ler agora, eu gosto de livros com bastante narração, me prendem mais, e amo livros que se passam durante períodos de conflitos mundiais! Serena pulou para o topo da minha lista de desejos!
    Beijos, Camila - Emoções em Páginas

    ResponderExcluir
  4. Aline
    Acho que precisamos ler livros assim, mas densos, porque não podemos viver só de livros vampiros lindos (que são ótimos e divertem) mas que no fim das contas não agregam muito para nosso crescimento cultural. Eu adorei a resenha e se tiver oportunidade vou ler este livro.
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  5. Adorei o tema!Pena que não tenha muitos diálogos,mas mesmo assim o tema é muito legal.Assim que tiver a oportunidade certamente lerei.
    Bj

    ResponderExcluir
  6. pela rsenha deu pra sentir esse senário denso, tenso ,não gosto muito de livros assim tambem as vezes me dá dor de cabeça e acabo não lendo até o final, mais a historia me pareceu bem legal e bem contada

    ResponderExcluir
  7. Dá pra sacar a densidade da história já pela sinopse rsrsrsrs! Parece uma história bem interessante, lerei quando tiver oportunidade- e quando meu espírito literário estiver para um lado mais focado!

    ResponderExcluir
  8. Parece ser uma história interessante, mas não gosto de histórias densas, nunca flui a leitura e sempre acabo deixando de lado.

    ResponderExcluir
  9. Parece que este livro é um daqueles que nos prendem... gosto de histórias assim mesmo que quando são livros assim acabo demorando mais tempo para ler...rs

    ResponderExcluir
  10. Oii Aline, não é muito meu estilo, mas vou aproveitar aqui na livraria pra ler ele, se gostar mesmo, compro!!! mas adorei sua resenha e sua sinceridade!! *-*

    ResponderExcluir
  11. O Livro parece ser bom e apesar de eu gostar de livros densos não sei se faria muito minha cabeça.

    ResponderExcluir
  12. Gostei da capa e da história.
    Imagino que realmente não deva ser exatamente o livro mais fácil de ser lido, mas mesmo assim deve ser ótimo.

    Thais Vianna
    @dathais
    dathais@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. Ótima resenha. Quero muito lê-lo, pois adoro personagens bem construídos e narração intensa. Mas confesso que precisarei de um tempo "sereno " para tal leitura( ler no ônibus está fora de cogitação).

    ResponderExcluir
  14. adorei a resenha achei muito interessante o livro, gostaria muito de ler ele acho que não vou me arrepender.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo