23/08/2012

Resenha de "Predestinados"

Predestinados
  • Autor: Josephine Angelini
  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 320

Helen Hamilton passou a vida inteira tentando disfarçar o fato de que é uma garota diferente, mas agora, aos dezesseis anos, isso está cada vez mais difícil. Não apenas por causa de sua força sobre-humana ou porque às vezes, sem motivo aparente, pessoas estranhas simplesmente a atacam, mas também porque ela teme que seu juízo esteja seriamente comprometido. Pesadelos recorrentes com uma estranha viagem pelo deserto e a visão de três mulheres derramando lágrimas de sangue a tem atormentado noite e dia. Ao mesmo tempo, um impulso inexplicável, incontrolável, passa a dominar seus pensamentos: Helen quer matar Lucas, um dos rapazes da glamorosa e misteriosa família Delos. À medida que descobre mais sobre sua verdadeira origem, ela percebe que a relação dos dois está submetida não só à sua vontade, mas a forças e tradições ancestrais. Predestinados é inspirado na Ilíada, de Homero. A feliz combinação de mitologia grega e romance faz com que o livro seja imediatamente comparado a Crepúsculo e Percy Jackson e os olimpianos.


Hell-o people! Resenha fresquinha hoje, do livro Predestinados que foi uma bela surpresa para mim. O livro foi escrito pela Josephine Angelini e publicado pela Editora Intrínseca aqui no Brasil. Acho que já comentei por aqui o quanto sou fã de mitologias antigas, e até hoje eu só tinha lido livros do Rick Riordan que abordavam esse tema. Predestinados chegou para mim então como uma novidade, já que também aborda mitologia grega e eu adorei saber disso.

O livro conta a história de Helen, uma adolescente que gosta de passar despercebida pelos corredores de sua escola, levando sua vida de maneira simples, tendo como melhor amiga Claire. A partir do momento em que a família Delos chega em sua pequena cidade e com isso Lucas, filho dos patriarcas da família, passa a estudar na mesma escola que Helen, tudo muda. Um sentimento repentino de ódio passa a aflorar nos dois que ao mesmo tempo que os fazem querer se matar, fazem os sentir conectados.

É basicamente assim que a autora apresenta sua ideia e a partir dela vão crescendo todos os conflitos. Gostei muito da premissa em trazer como foco a Guerra de Tróia, tão lendária na História antiga. A autora soube criar novas teorias a cerca da misteriosa guerra e como ela influencia até hoje no mundo que ela inventou. Pontos para ela, já que sou fascinada por história.

A respeito dos personagens, temos personalidades diferentes para dar e vender. Todos os personagens tem alguma coisa que os fazem únicos no meio da história e ao longo da leitura vamos descobrindo segredos de cada um, não só dos principais, o que enriquece. Falando nisso, a narração é feita em 3º pessoa. Uma boa escolha para quem quis elaborar tantos personagens com tantos focos.

O romance é bem bacana na história. Sim, ele é o principal, mas não o único elemento. A ação e a história misteriosa estão juntos com o casal Lucas e Helen. Se você espera muito romance, não é bem assim que Predestinados se apresenta. Apesar de ser uma romântica desenfreada, aprovei o romance um pouco mais sutil.

E a mitologia? Achei bem trabalhada. Não dá para sair falando muito, porque iria estragar a leitura de qualquer um. Todos os toques que a autora faz que envolvem a mitologia devem ser lidos para você descobrir por si só como cada peça se junta.

Mais uma vez estamos falando de outra série literária. O livro acaba com gostinho de quero mais e com muitas pontas soltas. Algumas coisas você já sai do livro sabendo as respostas, mas os personagens não sabem. Resta saber agora como eles descobrirão tudo e como os conflitos irão seguir. História, ação e uma pitada de romance são as palavras chave e se você procura isso, Predestinados está muito bem servido.

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Sua resenha me deixou com mais vontade ainda de ler esse livro. Me apaixonei pela capa e pela sinopse.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Primeira resenha que li do livro e o que me chamou a atenção é por misturar mitologia na história, gosto muito disso também. Estou fugindo de livros de adolescentes, tenho muitos aqui em casa que ainda nem iniciei a leitura, mas gostei da resenha e quem sabe, depois que a série estiver mais avançada não embarco nessa também.
    um abraço
    Gisela - ler para Divertir

    ResponderExcluir
  3. A primeira resenha que leito desse livro, aliás, a primeira vez que sou apresentada à ele...
    Pela sua resenha, o livro parece ser bem legal Aline, mas eu meio que to fugindo de novas séries no momento, já to em muitas (uma delas colossal, né... Crônicas de Gelo e Fogo é tenso), então, livros avulsos estão me interessando mais, pra não crescer muito a minha humilde fila de leitura... Mas quando eu acabar os atuais veremos... Se bem que se pintar um sorteio eu to dentro é claro!

    ResponderExcluir
  4. Que legal!Não sabia que este livro tinha mitologia:adoro.Gosto de livros de ação com romance na dose certa.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei muito do tema desse livro e quero ler. A capa achei bem elaborada e há uma trama bem formada.

    ResponderExcluir
  6. eu gostei muito da capa desse livro, achei muito misteriosa!

    ResponderExcluir
  7. Eu até peguei esse livro em uma troca no skoob, mas eu ainda não li. A lista está enorme.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo