28/05/2012

Resenha de "Por isso a gente acabou"

Por isso a gente acabou
  • Autor: Daniel Handler
  • Editora: Cia das Letras
  • Páginas: 376

Por isso a gente acabou trata, com a comicidade típica do autor, de uma situação difícil pela qual todos um dia irão passar: o fim de uma relação amorosa e toda a angústia, tristeza e incerteza que essa vivência pode gerar. Min Green e Ed Slarteron estudam na mesma escola e, depois de apenas algumas semanas de convívio intenso e apaixonado, acabam o namoro. Depois de sofrer muito, Min resolve, como marco da ruptura definitiva, entregar ao garoto uma caixa repleta de objetos significativos para o casal junto com uma carta falando sobre cada um desses objetos e do episódio que ele representou, sempre acrescentando, ao final, uma nova razão para o rompimento. Essa carta é o texto de Por isso a gente acabou, que é, assim, carregado de um tom informal e tragicômico - características da personagem - e traduz com um misto de simplicidade e profundidade a história de uma separação. Imerso neste universo adolescente, o leitor conhecerá a divertida personalidade de Min, uma garota apaixonada por filmes cujo sonho é ser diretora de cinema, e as idas e vindas deste romance, desde o dia em que os dois conversaram pela primeira vez até o instante em que tudo acabou. A artista Maira Kalman, autora de diversas capas da revista The New Yorker, ilustrou cada um dos objetos da narrativa, trazendo cor e descontração a esta história dolorida.
Olá pessoas lindas! Sabe aquele livro que te fez ficar incrivelmente encantada só pelo trabalho gráfico dele? É exatamente esse sentimento que tenho em relação ao livro "Por isso a gente acabou" escrito por Daniel Handler e publicado pela Cia das Letras aqui no Brasil. O cuidado que a editora teve, junto com uma ilustradora de muito talento, tornaram um livro que podia ter sido só mais um, em um trabalho excepcionalmente lindo.

Por isso a gente acabou retrata os fatos que levaram Min e Ed a terminarem o namoro. O livro é basicamente uma carta de explicação que Min está escrevendo a Ed sobre todos os motivos que os levaram a acabar com o relacionamento que tinham. É um tema de certa forma batido, mas que na escrita de Daniel Handler trouxe novos olhares.

Min é incrivelmente confusa. Não a escrita e sim a personagem. Mas sim, a escrita ajuda a nos deixar confusos sobre ela. O autor tem uma forma bem peculiar de narrar tudo o que a personagem sente e quer passar para o papel, fazendo com que as vezes uma página toda tenha que ser relida, mas que no final é apenas uma frase que importa. O que o autor quer na verdade é fixar como o pensamento de Min é de certa forma, viajante.

Em cada capítulo, o livro nos trás uma ilustração que será o tema abordado e o que ele tem a ver com o fato que estará sendo contado por Min. Cada minímo detalhe não é passado despercebido pela personagem principal. Falando em personagens, a narrativa trás outros personagens, mas não com muito foco. Creio que foi proposital para que Min se destacasse.

Só tenho uma ressalva como ponto negativo. Realmente não gostei muito da forma como o livro acabou. Achei que tudo estava acontecendo muito bem, e é claro no final alguma coisa teria que acontecer para eles terminarem - se não, não haveria sentido - para de repente, uma coisa, que de certa forma considerei "bem boba" estragar com tudo. Vejam bem, não estou dizendo que a atitude ou de Min ou de Ed sejam certas ou erradas, mas que de alguma forma tudo foi um pouco precipitado.

Enfim, adorei o livro realmente pela beleza e cuidado que a editora pode oferecer. A história é bacana? Sim. É uma leitura agradável? Também. Mas eu não achei que ela de alguma forma mudou minha vida, apesar de recomendar a leitura e dizer que o livro pode sim trazer reflexões para algumas pessoas.

Comente com o Facebook:

9 comentários:

  1. Estou curiosa pra ler pq já li Desventuras em Série, que é dele mas com o codinome Lemony Snicket.

    ResponderExcluir
  2. Parece ser legal aline! Até pq entende de terminos srrsrs tantas vezes, só que por um lado bom, hj to noiva e casamento marcado hehe!! E li ai no comentario de cima que é do autor de desventuras, agora que quero ler, pq adoro a narrativa de desventuras!!! *-*

    ResponderExcluir
  3. Mesmo autor de desventuras em série ? Epa, onde eu compro ? rs USHAUSHUASH deve ser perfeito.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro nem o Autor. Achei a capa bonita, mas o enredo não me agradou. As vezes lendo o livro posso mudar radicalmente de idéia. Um livro que achava que ia detestar foi "Um Dia", e depois que li adorei, classifiquei como 5 estrelas.
    um abraço
    Gisela - ler para divertir

    ResponderExcluir
  5. Li algumas páginas...
    gostei por enquanto...concordo que deve ser para alguns um livro reflexivo, muito boa a sua resenha. Acho que descreve bem e envolveu-se com a história.

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é lindo, adorei o trabalho grafico dele,a historia também é bem interessante, está na minha lista de aquisiçoes, com certeza. Pena quando um livro está otimo e o final é bobo. Mas bora conferir e poder opinar. Bjksss

    ResponderExcluir
  7. Cara to louca querendo ler esse livro, vi um vídeo dele um tempo atras e fiquei morrendo de vontade de ler.

    ResponderExcluir
  8. achei legal demais a capa linda demais

    ResponderExcluir
  9. Oi Aline!! estou super ansiosa para ler este livro, comprei ele numa promoção por R$ 9,90!! E ele é realmente lindo. Espero ler em breve!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo