14/05/2012

Resenha de "Os Gêmeos"

Os Gêmeos
  • Autor: Pauline Alphen
  • Editora: Companhia das Letras
  • Páginas: 368

Claris e Jad são irmãos gêmeos tão inversos quanto idênticos. Compartilham sentimentos e pensamentos, mas enquanto Jad tem um coração frágil e sofre de enxaquecas terríveis, condições que lhe impedem de passar muito tempo ao ar livre, Claris é uma garota cheia de vida, destemida, que sonha em viver grandes aventuras. Aventuras como as que lê na Torre dos Livros, onde seu melancólico pai vive enfurnado desde o sumiço da mulher; aventuras como aquelas que a mãe lia para ela; aventuras como as que Jad, com seus problemas de saúde, não pode experimentar. Eles vivem em uma aldeia chamada Salicanda, em um castelo cravado num vale isolado por uma cadeia de montanhas e encharcado por uma chuva fina e incessante, com o pai, Eben; um preceptor, Blaise; e a ama, Chandra. A mãe, Sierra, desapareceu em uma noite de temporal, no dia em que os gêmeos completavam três anos, deixando a família despedaçada e muitas perguntas no ar. Claris, que divide o tempo entre os livros, as aulas de esgrima e as cavalgadas na floresta, anda obcecada com a ideia de que as aventuras são sempre protagonizadas por meninos - o que ela acha extremamente irritante. Mas está enganada, pois vai viver uma aventura e tanto ao lado do irmão. À procura de respostas para os mistérios que envolvem o sumiço da mãe, a história de Salicanda e os dons sobrenaturais que parecem ter herdado de Sierra, os gêmeos vão ultrapassar as fronteiras do castelo onde vivem e também do seu mundo: aquele da infância dos dois, o de um passado que eles desconhecem.
 
Oi para todos! A resenha de hoje é do livro Os Gêmeos, primeiro livro da série Crônicas de Salicanda, publicado pela Editora Companhia das Letras. A autora é Pauline Alphen que é filha de pai francês e mãe brasileira. Mais um livro “metade nacional” que li esse ano e estou a cada dia que passa torcendo ainda mais para que publicações brasileiras venham a tona.

Para quem não sabe, Os Gêmeos é uma aventura infanto-juvenil, que tem uma pitada de distopia. Vale dizer que a distopia abordada no livro é bem sutil e diferente das que estava acostumada a ler, já que mistura um mundo “fantasioso”. Nessa narrativa conhecemos os irmãos Jad e Claris, que são gêmeos idênticos, apesar de terem personalidades muito diferentes. Claris é muito aventureira e tem uma personalidade bastante forte para a idade; já Jad é muito calmo graças a condições de saúde.

Nesse primeiro livro, os irmãos se baseiam na aventura de descobrir informações do passado e também informações sobre sua mãe desaparecida. E, para completar a história, os meninos descobrem que possuem poderes.

Eu já vinha lendo uma quantidade considerável de livros de aventura infanto-juvenis esse ano e minha cota para eles está quase no fim. Acho que é por esse motivo que a leitura de Os Gêmeos não fluiu tanto quanto queria. O livro é bem dividido entre descrições e diálogos, o que dá um ritmo bom de leitura. Meu único ponto negativo foi a lentidão em algumas partes (acho que meu momento de leitura influenciou nessa opinião).

Lembro também que o livro é narrado por vários personagens, uma prática que vem se tornando comum nos livros que leio. Confesso que às vezes fico um pouco perdida e tenho que ficar relendo para confirmar alguns fatos.

Achei o início do livro um pouco confuso, com muitas ideias novas sendo exploradas. Apesar disso, gostei bastante da construção dos personagens, principalmente de Claris. Ela sabe o que quer e gosta de viver muitas aventuras (incluindo em uma torre de leitura em meio aos livros), achando que meninas deveriam ter mais enfoque em histórias, não só o papel de donzela. E eu concordo com ela.

Por ser o primeiro livro, a apresentação de ideias é bem forte e tenho a impressão de que a autora irá aprofundar ainda mais a história no decorrer da série, com muitas surpresas. Para quem quer uma leitura infanto-juvenil mais detalhada, o livro é bem recomendado.

Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Hum .... eu gosto de estilos assim. Acho que irei ler. ACHO.

    ResponderExcluir
  2. Stephania Ferreira16 de maio de 2012 04:43

    adorei o livro.. parece ser interessante promissor.. lerei cm certeza..


    adorei a resenha, boa como sempre..


    bjs

    ResponderExcluir
  3. adorei a resenha, esse livro pode está dentro dos livros que certamente lerei

    ResponderExcluir
  4. Aline
    Não estou com vontade de iniciar mais uma série, pelo contrário, quero terminas as minhas. E também estou deixando para ler ou comprar as séries depois que elas terminas, assim ficam mais baratas e não precisamos ficar esperando o próximo livro.
    um abraço
    Gisela - Ler para divertir

    ResponderExcluir
  5. Adoro séries!!! Ebaa mais uma adicionada! Não sabia q era legal assim! Boa resenha!! *-*

    ResponderExcluir
  6. li o livro e amei, alias gosto muito do jeito q Pauline escreve..

    boa resenha

    ResponderExcluir
  7. gostei muito da resenha apesar de ainda não ter lido o livro já gostei muito quero muito ler ele parece ser demais.

    ResponderExcluir
  8. gostei da resenha ainda naum li o livro mais so essa resenha ja ganhou meu gosto

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo