22/04/2012

Especial: Conto de Fadas na Telinha

Todo mundo já deve ter lido, visto ou se encantado por qualquer história de contos de fadas. Sabendo disso, atualmente o cinema e a televisão vem investindo em filmes e seriados que cercam o tema de variadas formas, não somente com o "Felizes para sempre", mas também com as consequências. Pensando nisso e nas novidades, Rayana Borges, uma amiga minha que também é apaixonada por livros, fimes e seriados, resolveu escrever aqui para o blog sobre exatamente esse tema. 

Além disso, ela poderá aparecer aqui no blog sempre que der, contando sua opinião e suas sugestões sobre seriados e filmes. Vamos conferir?


Um beijo de amor verdadeiro é a magia mais poderosa que existe no mundo inteiro. Lembra-se das estórias que os nossos pais nos cantavam para dormir. Reinos distantes, Princesas em apuro e Príncipes Encantados prontos para salvar uma dama em perigo. Claro que sempre tinha a Rainha Má que tentava acabar com o “Viveram Felizes para Sempre”, mas, um beijo de amor verdadeiro sempre dava um jeitinho em qualquer maldição.

Nesta última temporada os contos de fada estão super em alta. Saindo dos nossos livros de infância e ganhando as telonas. Já passamos pela “A garota da capa vermelha” (Red Riding Hood) – 2010; “ A Fera” (Beastly) - 2011 e “A Bela Adormecida” (Sleeping Beauty) – 2011, este ultimo foi exibido somente no Festival de Cannes. Sem contar com o clássico “Para Sempre Cinderela” (Ever After: A Cinderella Story) de 1998 com Drew Barrymore a “Encantada” (Enchanted) – 2007 e “Enrolados” (Tangled) - 20101.

     

Agora, contamos com mais duas adaptações de uma das mais famosas fábulas e dois seriados sobre o universo dos clássicos contos de fadas da nossa infância.

O primeiro filme a ganhar as telonas foi Espelho, Espelho Meu (Mirror, Mirror) – 2012 com Julia Robert. Previsto para 12 de junho, Branca de Neve e o caçador traz Kristen Stewart no papel principal e o maravilhoso Chris Hemsworth, o Thor no papel do caçador. 

Espelho, Espelho Meu (Mirror, Mirror) - 2012

Lily Collins vive a princesa exilada Branca de Neve que é perseguida pela Rainha Má (Julia Roberts), que governa o reino sem piedade. Na sua luta para conquistar o trono a que tem direito e também para ganhar o coração do príncipe encantado (Armie Hammer), Branca de Neve contará com a ajuda dos leais e destemidos sete anões nessa aventura fantástica cheia de romance, rivalidade e muito humor.

 

Apesar de contar com um elenco excelente, Espelho, Espelho Meu deixa muito a desejar. Tudo é muito exagerado e extravagante (juro que ainda não entendi o espelho dentro da oca). O roteiro é raso, previsível e clichê; a trama infantilizada ao extremo; e a trilha sonora dispensa comentários (a dançinha estranha no final que foi até considerada hollywoodiana, então nem se fala). Ao todo custou U$ 60 milhões e foi produzido pela  Imagem Filmes tendo como diretor  Tarsem Singh, de Os Imotais.

Os pontos fortes do filme estão na fantástica atuação dos atores; em uma Branca de Neve que não é uma completa imbecil, mas, isso só fica evidente no fim do longa quando a lendária maçã aparece; no cenário – principalmente do castelo com paredes gigantes e decoração detalhista- que reflete a excentricidade da personalidade da Rainha Má; e nos espetáculos visuais (adorei os anões com pernas de pau circenses.)

Julia Roberts que simplesmente rouba a cena todas às vezes, interpreta uma Rainha Má detestável e divertida, totalmente diferente das de mau gosto, enfadonha, chata e monótona das animações da Disney. Nathan Lane, o mordomo, nos diverte com suas tiradas sutis e divertidas e o príncipe encantado Alcott, vivido pelo (belíssimo e acrescenta íssimos nisso) ator, Armie Hammer. Demorei um pouco para reconhecer o ator que interpreta o rei, Sean Bean e que os Deuses o preteja, afinal, o inverno está chegando.

Bem, o filme é uma comédia leve com pitadinhas de ironia, indicado para assistir e curtir com toda a família de forma despretensiosa em uma tarde de domingo que ninguém estiver fazendo nada.

Branca de Neve e o caçador (Snow White and the Huntsman) – 2012

Em 'A Branca de Neve e o Caçador', Branca é uma incrivelmente bela jovem com cabelos escuros, pele clara, e lábios avermelhados. A beleza de Branca de Neve é o seu maior problema, pois quando ela vira a mais linda de todas, ela se transforma em uma ameaça para sua Madrasta, Ravenna (Charlize Theron). Porém, o que a malvada tirana nunca imaginou, é que a jovem que ameaça seu reinado vem treinando a arte da guerra com o caçador (Chris Hemsworth), que foi enviado para matá-la. Sam Claflin (Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas) se une ao elenco como o príncipe há muito tempo encantado pela beleza e pelo poder de Branca de Neve.

Branca de Neve e o Caçador da UNIVERSAL PICTURES é classificado como aventura/fantasia e promete muita ação, efeitos especiais e atores fantásticos. Sua produção custou U$ 70 milhões e conta com o mesmo produtor de “Alice no País das Maravilhas”. A expectativa para esse filme é muito grande, já que seu concorrente da Imagem Filmes, foi um pouco decepcionante.
Parece que as comemorações pelos 75 anos do primeiro filme Branca de Neve e os Setes Anões estreado em 1936 ainda não acabou. A Walt Disney Pictures tem ainda nas mãos o roteiro de Snow and the Seven, versão épica de artes marciais onde os sete anões seriam monges shaolin, prevista para chegar somente em 2013.


Saindo das adaptações do cinema, você poderá conferir as séries:

Once Upon a Time

Imagine um lugar em que os personagens dos contos de fadas não têm seus finais felizes. A pequena cidade de Storybrook em Maine abriga todos os personagens de contos de fadas vivos, sem se lembrarem de quem são de verdade ou de onde vieram. Isso faz parte da maldição da Rainha Má para acabar com a felicidade da Branca de Neve (Ginnifer Goodwin) e o Príncipe Encantado (Josh Dallas). Porém, antes da maldição se abater sobre todos os personagens dos contos de fadas, Branca de Neve e o Príncipe Encantado conseguem salvar a própria filha, que está destinada a ajudá-los quando completar 28 anos.  É justamente no seu aniversário que Emma Swan (Jennifer Morrison) conhece o pequeno e fofo Henry (Jared S. Gilmore) que alega ser seu filho e que ela precisa ir para Storybrook quebrar a maldição. Emma não acredita nele (a parte da maldição) e levando-o de volta para sua mãe à prefeita Regina Mills (Lana Parrilla), sim ela mesma a Rainha Má, acaba ficando na cidade por vários motivos. Agora, cabe a Emma aceitar o seu destino e lutar pela sobrevivência dos dois mundos. Once Upon a Time, nova série da ABC estreou dia 23 de outubro de 2011 e já conta com 19 episódios. 






Sou meio suspeita para falar de Once Upon a Time, amo essa série de paixão. Henry é o filho mais fofo que alguém poderia ter – eu queria tanto aquele lindo livro de contos de fadas -, a Emma é um pouco sem graça para a heroína (a atuação da atriz apresenta altos e baixos durante os capítulos), mas a Regina compensa em muito com sua atuação digna de Oscar. O mais legal da série é a mistura entre o mundo real e o fantasioso alternando no mesmo episódio durante a estória momentos dos dois mundos funcionando como um complemento de um todo para que você possa entender todo o enredo. E ainda tem o xerife Jamie Dorman o lindo e maravilhoso caçador.

Jane Espenson, roteirista da série, nos promete que o episódio final da primeira temporada será a melhor uma hora que você já viu na televisão. 


Grimm


Grimm conta a história de Nick Burkhardt (David Giuntoli) que é um detetive de homicídios que vê sua vida se transformar ao descobrir que é descendente de uma antiga sociedade secreta, conhecida como Grimm cuja missão é manter o equilíbrio entre o mundo real e o sobrenatural. Essa ligação com o mundo dos contos de fadas oferece alguns perigos ao detetive e seus entes mais próximos, em especial sua noiva Juliette Silverton (Bitsie Tulloch) e seu parceiro de trabalho Hank Griffin. Com a ajuda de Monroe, seu confidente, ele terá de lutar contra estranhas criaturas, conhecidas como Wesen, que o perseguem e fazem mal às pessoas do mundo real.






O primeiro episódio foi bastante empolgante, a alusão a Chapeuzinho Vermelho foi genial. Contudo, à medida que os episódios passavam, confesso que esperava mais da série, meio que uma mistura de Buffy, Supernatural e Bones. A atuação do ator principal não é muito boa, os efeitos especiais são horríveis e o enredo é fraco e previsível. A parte boa - pelo menos até o episodio que eu consegui continuar assistindo – é que cada episódio novo começa contando, literalmente, uma estória, como se fosse um livro infantil, antes de partir para a correspondente do mundo real. Essa parte é bem interessante porque você fica tentando descobrir qual é a estória do capitulo. 
Não deixe de conferir todos, principalmente, Once Upon a Time que particularmente é o melhor de todos, e tirar suas próprias conclusões e só então você verá que os contos de fadas nunca mais serão os mesmos. Você ainda acredita em contos de fadas?

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Pra quem não gostava de escrever, até que saiu direitinho.
    Poxaa adorei Espelho, Espelho Meu foi tão divertido e legal. Once upon a time realmente é uma das melhores series que esta passando. Louca pra assistir branca de neve e o caçador. Gostei desse blog, muito fofo.
    Saudades amiga. Vem me visitar.

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline,
    Adorei escrever aqui.
    Muito obrigada pela oportunidade
    bjinhos

    ResponderExcluir
  3. Matheus Augusto de Paula22 de abril de 2012 12:53

    Ei Ray
    Com certeza Branca de Neve e o caçador vai ser de arrasar
    Se você for escrever sobre alguma outra serie não deixe FRINGE de fora
    Já assistiu o ultimo episodio? Sensacional

    ResponderExcluir
  4. 4 direções fustradas de Tarsem Singh. Não é tão ruim quanto Os Irmotais - o que é dificil de ser
    espelho, espelho meu foi um disperdicio de dinheiro
    Os outros não vi, não sei se animo

    ResponderExcluir
  5. eh verdade! nem percebi que o reio ero o Ned stark de game of thrones

    ResponderExcluir
  6. Também vi e adorei: “Para Sempre Cinderela”, “Encantada”, “A Fera”, “A garota da capa vermelha”, nesta ordem. Estou doida para ver: Bela Adormecida (Sleeping Beauty), Branca de Neve e o caçador, Grimm e a série Once Upon a Time que a Lorrainne já tinha me recomendado também.
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  7. Oi, adorei ficar sabendo desses filmes, se eu estou louca para assisti-los? kkkkkkkkkkkk sim! eles devem ser muito bons, e eu sempre tive esse encanto por conto de fadas! *-*

    ResponderExcluir
  8. Li semana passada Garota da Capa Vermelha, é emocionante!

    ResponderExcluir
  9. Excelente post! Eu ainda não assisti Espelho, Espelho Meu, mas pelos comentários, o filme foi ok: nem bom nem ruim. Confesso que desde quando soube dessas adaptações já imaginava que o Branca de Neve e o Caçador ia ser melhor. Vamos esperar né?!
    Excelentes dicas de séries tb!

    Parabéns novamente!

    Um beijo,
    Nica

    ResponderExcluir
  10. Stephania Ferreira18 de maio de 2012 07:34

    Adoro Once Upon a Time, esta no top das minhas series preferidas, ainda nao assistir "espelho, espelho meu", mas vc me animou no "inverno esta chegando".
    tbm nao gostei de Grimm, muito tedioso para este tipo de serie..

    Estou, ansiosamente, esperando Branca de Neve e Caçador..


    adorei a coluna..

    bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo