12/03/2012

Resenha de "Para Sempre"

Para Sempre
  • Autor: Kim e Krickitt Carpenter
  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 144

A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.

Oi gentes! A resenha de hoje é do livro “Para Sempre”, da Editora Novo Conceito. Para quem não conhece, a história descrita no livro é realmente um fato real, que inclusive inspirou um filme que tem estreia no mês de abril, se eu não estiver enganada. 

O livro nos trás a história de Kim e Krickitt (nomes difíceis, né?), um casal apaixonado que tem uma história de amor bem rápida e bonita. Depois de pouco tempo de relacionamento envolvendo namoro e noivado, eles se casam e tem sua lua de mel no Havaí. Dois meses após o casamento, rumo a casa dos pais de Krickitt, o casal sofre um acidente de carro que mudará a vida de ambos para sempre.

Kim saí do acidentes com ferimentos, mas sem sequelas. Já Krickitt, além de todos os ferimentos externos tem a perda da memória. Não de todos os acontecimentos de sua vida, mas por ironia do destino, apenas dos meses em que conheceu e que foi casada com Kim. Parece mentira, mas não. Depois de tudo isso, o casal passa por muitos momentos difíceis tendo que reconstruir seu relacionamento para mostrar que o amor é capaz de tudo.

Ok, história de amor verdadeira ainda? Motivo para lágrimas com certeza. A história de Kim e Krickitt é maravilhosa. É difícil de acreditar, como leitora incansável de romances, que eles passaram por tudo isso. É uma nova vida para os dois. Depois do acidente, Krickitt se torna outra pessoa, com outra personalidade e outra capacidade de enxergar o mundo. E Kim não se convence que não terá sua esposa antiga de volta. A partir disso, ambos passam por muitos atritos duros em uma época bem delicada.

É incrível a evolução de ambos personagens. A fé é o combustível dos dois, mais de Krickitt do que Kim. De certa forma, tudo o que aconteceu entre eles foi uma forma de ter a fé fortalecida e é claro, seu casamento e seu amor. Eu como cristã, fiquei muito emocionada nesse quesito.

Não posso extrapolar nos comentários para não estragar o livro a vocês. O que posso dizer é que as últimas páginas do livro foram as que mais me emocionaram. O único ponto negativo de tudo isso é que, por ser uma história real, o livro não possui muitos diálogos, mas sim uma história corrida. Isso é compensado pelo tamanho do livro, então a leitura é rápida de qualquer forma.

Gostei muito do livro e da história dos dois. É por essas e outras que eu ainda acredito no amor verdadeiro sim, e que se for para acontecer vai acontecer. Nos momentos bons ou ruins, a fé e o amor vão se fortalecer e podem carregar isso para toda vida. Para sempre.

Comente com o Facebook:

9 comentários:

  1. Que história linda. Um amor realmente forte...o livro deve ser muito comovente.
    Já li algumas resenhas que falam que a edição errou ao divulgar o livro como romance, que é o que a sinopse dá a entender, quando trata-se de uma biografia, mas ainda assim vale a pena. Eu não sou muito fã de livros que batem muito o pé na religiosidade, apesar de também ser cristã, acho q se o leitor quisesse ler mais disso procuraria livros específicos.
    O trailer oficial do filme é emocionante, com o mesmo mocinho lindo que fez "Querido John". Mal posso esperar para poder assistir!
    Parabés pela resenha, bjus

    ResponderExcluir
  2. Amei esse livro, ele é bem profundo e dá lições de vida, de que temos que lutar mesmo as coisas parecerem impossíveis de voltarem ao o que era antes. O livro não é aquela história maçante, é algo surreal que nos faz sentir tudo o que Kim e Krickitt realmente passaram.

    Realmente é uma história linda de superação e eu estou ansiosíssima para assistir o filme, que acredito que vai emocionar muita gente.

    Bjs!
    Talita Ackles | @PunkReader
    www.punkreader.com

    ResponderExcluir
  3. que historia triste e ao mesmo tempo parece tao romantica, com certeza vou chorar muito quando ler.

    Adorei sua resenha

    ResponderExcluir
  4. Stephania Ferreira16 de maio de 2012 04:36

    achei a historia um muito triste.. to fugindo de coisas assim, mas talvez eu leia.. nas ferias qm sabe...


    adorei a resenha

    ResponderExcluir
  5. Eu li essa semana, lindo! Olha chorei, não tem como não se emocionar, e isso é amor, pq sem ele nossa!! adorei *-*

    ResponderExcluir
  6. Tenho esse livro, mas ainda não li. Estou louca para conhecer melhor essa historia. Mas confesso que gostaria de saber da historia pelo ponto de vista da esposa. Bjkss

    ResponderExcluir
  7. Tenho o livro e li ele rapidinho pois ele é bem fininho e a história é fofa além de ser verídica. Quem não gostaria de um amor assim que te faz relembrar os sus melhores momentos juntos (completamente apagados da memória) simplesmente lindo

    ResponderExcluir
  8. Ah eu sou louca pra ler esse livro, tem o filme também eu ainda não vi, mas parece ser muito bom e também quero assisti-lo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo