07/02/2012

Revirando meu Baú #7 - Dirty Dancing


Oi gentes! Finalmente, o primeiro Revirando meu Baú de 2012! E para começar o ano bem, escolhi um filme muito antigo mesmo, da década de 80, que praticamente todos vocês já assistiram ou pelo menos já ouviram falar. Dirty Dancing - Ritmo Quente e um daqueles filmes românticos que praticamente todos gostam. E ainda mais por envolver dança (amo danças!). Apesar de ser bem velhinho, ele não perde o glamour (pelo menos para mim). Todas as vezes que passa na sessão da tarde ou em algum canal pago, eu largo tudo o que estou fazendo para ver.


Apesar de todos conhecerem a história (eu acho) aqui vai um resumo. Garota rica, Baby (Jennifer Grey), vai passar suas férias de verão com sua família em uma das casas de férias antigas que ofereciam muitas atividades aos seus hóspedes. E uma dessas atividades, é claro, são as aulas de dança dadas por um lindo e charmoso professor. E a mocinha, por acaso do destino, conhece o professor, começa a ter aulas e eles se apaixonam. Sim, história clichê, mas que eu amo, amo mesmo! Sem contar que Baby tem uma personalidade incrível e que Johnny (Patrick Swayze) é realmente um professor dos sonhos! 

 É um filme incrível! Os atores são maravilhosos e dão tanta vida aos personagens que nós realmente nos sentimos dentro da telona dançando junto com eles. É claro que ele é um dos meus filmes preferidos (tenho o DVD de edição de aniversário \o/) e faço questão de dizer que se vi esse filmes umas 30 vezes é pouco. Apesar de ser antigo, é muito provável que existem milhares de fãs ao redor do mundo que são apaixonados pela história como eu e que não se cansam de ouvir "The time of my life" e que sonham em dançar algo do gênero.


Existe o Dirty Dancing 2 - Noites de Havana (acho que é isso), mas (na minha humilde opinião) não chega nem no dedinho mindinho de Dirty Dancig. É um filme legal, que tem até a participação do Patrick Swayze, mas é meio boring. Não tem tanta dança e empolgação. E outra notícia é que pretendem fazer o remake de Dirty Dancing. Bem... como fã do original, é provável que eu não vá gostar dessa versão, até porque não vou enxergar a Baby e o Johnny na pele de outros atores. Mas, vou assistir para tirar minhas próprias conclusões, se isso for mesmo ocorrer.

Enfim, é magicamente romântico e um sonho lindo. E, para fechar o post, é claro que eu não podia me esquecer da última e inesquecível dança que até hoje me deixa de olhos vidrados na TV!

Dirty Dancing - Time of my Life (Final Dance) por cameraluizrocha no Videolog.tv.

Comente com o Facebook:

9 comentários:

  1. 'I had the time of my life' (8) Clássico!! Toda vez vez que vejo esse filme fico com essa música na cabeça por uma semana... kkk' é bem romântico e eu adoro o tema dança *---*

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca assisti a esse filme, mas gosto dessa música do final haha.

    "Because I've had the time of my life and I've never felt this way before..."

    ResponderExcluir
  3. http://www.videolog.tv/cameraluizrocha/videos/638045

    ResponderExcluir
  4. Bem não poderia deixar de comentar esse post.
    É velhinho, com certeza!
    Mas este é o filme que amo! Foi paixão a primeira vista.
    Arrepio cada vez que vejo, além de agora me trazer a saudade que Patrick Swayze nos deixou...
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Sempre que acho um filme antigo que gostei muito separo para ver com minha filha, pois gosto de mostrar a ela os costumes da minha juventude. Este é um dos filmes que quero separar para assistir novamente ao lado dela.
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  6. karak essa é nova, vc revirou mesmo o bau rsrs

    ResponderExcluir
  7. Cara... esse é o tipo de filme que eu não me canso de assistir, nao importa quantas vezes ele passa lá estou eu vendo...

    Acho ele incrivel!!!!! Principalmente a música do final!!!!!! *.*

    ResponderExcluir
  8. é tão legal, achei inpressionante é bom demais!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo