24/01/2012

Resenha de "Nascida à Meia-Noite"

Nascida à Meia-Noite
  • Autor: C.C. Hunter
  • Editora: Jangarda
  • Páginas: 320
  • Classificação: 4 estrelinhas
Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e uma noite, depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, é enviada pela mãe para Shadow Falls – um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa cidade chamada Fallen, no meio de uma misteriosa floresta. Isso muda sua vida para sempre. Poucas horas depois de chegar, ela descobre, assustada, que seus colegas não são apenas “problemáticos”. Kylie nunca se sentiu normal, mas também não se considera como uma daquelas aberrações paranormais. Ou será que ela é? Em Shadow Falls, vampiros, lobisomens, metamorfos, bruxas e fadas aprendem juntos a desenvolver seus poderes, controlar sua magia e viver no mundo normal. No entanto, as coisas tomam um rumo diferente quando dois carinhas interessantes entram em cena. Derek, um fae que possui poderes mágicos, quer a todo custo ser seu namorado e Lucas, um lobisomem com quem ela partilha um passado secreto. De início, tudo o que Kylie deseja é sair de Shadow Falls e voltar para casa. Porém, com Derek e Lucas ocupando um lugar cativo em seu coração e depois de descobrir que ela própria tem estranhos poderes, talvez sua vida nunca mais volte a ser a mesma... 

Olá pessoas! Hoje eu trouxe a resenha do livro Nascida à Meia Noite da autora C.C. Hunter, que ganhei do amigo X do Clube do Livro ano passado da Martha. Primeiramente para querer o livro, o que chamou minha atenção (assim como acho que a de muitas pessoas) foi a capa. Ela é muito linda e toda perolada. Essa foi minha primeira impressão. Passado isso, corri atrás da sinopse e percebi que era mais um livro sobre seres sobrenaturais que valia a pena ler.

Depois de opiniões positivas, comecei a ler Nascida a Meia Noite para descobrir a história de Kylie, uma adolescente que logo se mete em encrenca nos primeiros capítulos (mesmo ela não querendo) e acaba virando uma “jovem problemática”. A partir desse fato, juntando sua ida a psicóloga constante e a separação de seus pais, Kylie se vê em um caminho sem volta quando sua mãe resolve colocá-la em um acampamento para delinquentes.

Mal sabe ela que esse acampamento é na verdade um refúgio para seres sobrenaturais. Vampiros, lobisomens, bruxas, fadas... a lista é imensa. E que no fundo, ela também é uma sobrenatural. Apesar de não acreditar nisso, Kylie passa a conviver com culturas e pessoas diferentes e se vê perdida em um mundo que não conhecia.

Kylie é uma personagem bem bacana e tem atitudes maduras quando necessário. Apesar disso, é apenas uma adolescente e também comete besteiras. Como em toda a história, temos que ter um romance e também temos que ter um triângulo amoroso. Dessa vez os envolvidos além de Kylie são Derek, um fae (ou fada) que se interessa de primeira pela protagonista e como se não bastasse, ele literalmente a persegue. Não de uma maneira ruim.

Apesar disso, a personalidade dele vai crescendo com a leitura e eu o achei um fofo. Do outro lado temos Lucas um lobisomem que é um antigo conhecido de Kylie e que ela tenta não se lembrar, já que ele esteve presente em um acontecimento não muito feliz. Lucas é muito diferente de Derek e segue muito seu instinto de lobo, o que o faz falar o que pensa e de certa forma, mostrar o que sente.

Outras personagens notáveis são as amigas Miranda, uma bruxa, e Della, uma vampira. Consegui boas risadas com a aparição constante das duas e suas histórias. Além delas também temos Holiday, conselheira do acampamento, além de ser quase uma chefe. Ela mostra muita coisa nova a Kylie e a ensina a conviver com sua nova vida.

A narrativa é em terceira pessoa, mesmo o foco sendo inteiro em Kylie e no que acontece ao seu redor. O livro é bacana e eu gostei bastante. Assim que sair o próximo volume (por favor, que não sejam muitos), quero saber o que ocorrerá com o futuro dos personagens de Shadow Falls.

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Entendo o seu desespero quando descobre que um livro é de série kkk

    Ao contrário da maioria, eu não gostei da capa desse livro. E após tantas histórias sobrenaturais, acho difícil uma chamar minha atenção hoje em dia. Fica parecendo tudo do mesmo, sabe?

    ResponderExcluir
  2. hahahaha (por favor, que não sejam muitos)kkkk desespero total com livros de séries!!

    Eu gostei bastante do livro e já estou louca pela continuação! =)

    Parabéns pela Resenha Aline!!

    Bjokas!

    Vivi
    Empório dos Livros

    ResponderExcluir
  3. jah tinha lido sobre o livro e ele me chamou muuuito a atenção, qro muito ler, adoro quando tem no livro toda essa mistura de seres sobrenaturais! *-*

    --
    hangover at 16

    ResponderExcluir
  4. Já viu a promoção que ta rolando solta no blog O Leitor?
    Ainda não?
    Então corre, que até o dia 05 de Fevereiro você ainda pode concorrer a um dos 6 livros que estão sendo sorteados.
    Beijos e espero você lá,

    Pamela.

    ResponderExcluir
  5. A capa é linda mesmo Aline! Pela sua resenha dá pra ver que a estória também é marcante!!

    ResponderExcluir
  6. Stephania Ferreira12 de maio de 2012 05:13

    a capa eh linda.. quase comprei varias vezes..pela sua resenha o livro deve ser incrivel...

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Line, Parabéns pela resenha!!! Aiiii q desespero... mais um de série!!!! adorooo *-*

    ResponderExcluir
  8. De início eu me apaixonei pela capa. E quando li o livro, nooossa...

    Tive logo que ler Desperta ao Amanhecer.

    E agora estou desesperada pelos próximos...rsrs

    O que será que essa menina é, rsrs....

    Acho que serão 5 livros, no total, espero que venham logo.
    Se não me engano o terceiro já foi escrito, o quarto está para ser lançado e o quinto lança o ano que vem. mas não tenho certeza.

    Thais Vianna
    @dathais
    dathais@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Cara esse livro é o meu preferido Eveeeeeeeeeeeeeeer. Eu amo muito *.* Tenho que ler o terceiro volume agora, mais ainda não comprei o livro. Eu torço muito pelo Lucas kkkkkkkkk. E eu acho que ela na verdade não é um ser sobrenatural bem definido, acho que ela é uma sobrenatural especial, com um pouco de caracteristica de todos, vampiro, lobi, metamorfo e fada.

    ResponderExcluir
  10. gostei bastante da resenha, e a capa é bonita um tema forte ! bem marcante!

    ResponderExcluir
  11. Eu sou louca pra ler esse livro desde da primeira vez que vi a capa e ela me chamou a atenção, li sobre ele e minha vontade continuou ele esta na minha lista de livros que quero. E antes que eu me esqueça parabéns pela resenha ela esta maravilhosa.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo