27/10/2011

Resenha de "Ecos da Morte"

Ecos da Morte
  • Autor: Kimberly Derting
  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 268
  • Classificação: 5 estrelinhas
Violet Ambrose está lutando com duas questões principais: Jay Heaton e sua mórbida habilidade secreta. Enquanto a garota de dezesseis anos está confusa por seus novos sentimentos por seu melhor amigo desde a infância, ela está mais perturbada por seu "poder" de sentir cadáveres — ou pelo menos aqueles que foram assassinados. Desde que era uma garotinha, ela sentia os ecos que os mortos deixam para trás no mundo... e as marcas que os unem a seus assassinos. Violet nunca considerou seu estranho talento como sendo um dom; na maior parte das vezes ele apenas a levou a encontrar pássaros mortos com que seu gato havia cansado de brincar. Mas agora que um serial killer começou a aterrorizar sua pequena cidade, e os ecos das garotas locais que ele reivindicou a assustam diariamente, ela percebe que pode ser a única pessoa que pode pará-lo. Apesar de seu instindo de proteção sobre ela, Jay relutantemente concorda em ajudar Violet em sua missão para encontrar o assassino — e Violet fica enervada em se descobrir tendo esperança que as intenções de Jay sejam muito mais que amigáveis. Mas mesmo enquanto ela está se apaixonando intensamente, Violet está chegando mais e mais perto de descobrir o assassino... e de virar a presa dele.

Leia mais...

Sabe aquele livro que você realmente se surpreende? Pois foi assim que começou a minha história de "amor" por esse livro. Mais uma vez esse livro é aquele tipo em que a crítica internacional elogia, eu desconheço a sinopse, mas mesmo assim pago para ver. E eu me surpreendi, o que torna tudo melhor. Quer dizer, eu não esperava que o livro fosse ruim, mas por não conhecer não esperava muita coisa. E eu adorei mesmo o que encontrei.

Ecos da Morte de cara já é diferente. Pelo menos no tema. Nossa heróina Violet é uma adolescente com todos os problemas de todos os adolescentes, incluindo é claro, um romance aparentemente não correspondido pelo seu melhor amigo Jay (que é um doce!). Porém, entretanto, contudo... Ela não é tão normal. A não ser que você considere encontrar corpos de mortos uma coisa normal.

A príncipio, somente corpos de animais e pequenos seres são sentidos por Violet. Até que um evento ocorre quando ela possui 8 anos que muda toda a sua vida. Ela também pressente corpos humanos, mas somente aqueles que foram assassinados. E o pior, ela também pressente o assassino. Segundo ela, cada morte deixa uma marca tanto na pessoa assassinada como no autor do crime. Que ideia, não é mesmo?

Eu realmente me surpreendo com autores que trazem novas ideias e essas ideias serem boas e, além de tudo, chamar a atenção dos leitores. Ponto para Kimberly. Sua personagem muda não só sua vida, mas a vida de muita gente com esse dom meio estranho. Ao decorrer do livro percebemos a importância e o perigo de obter esse "presente".

Particularmente, gostei muito das personalidades dos personagens. Violet não é uma adolescente normal, mas ela consegue suportar isso de forma madura e às vezes coloca em risco sua própria vida para ajudar os outros. Jay é um encanto. É aquele melhor amigo que você sempre pode contar, apesar de ser cabeça dura, o que o deixa fofo, mas às vezes dá vontade de bater.

A narração é em terceira pessoa. Na maioria do livro temos o foco em Violet, mas também temos passagens importantes com outro personagem fundamental. A trama desse primeiro livro (sim, é uma série vejam só!) está envolta de um assassino de adolescentes que anda atacando meninas na cidade e pelas redondezas de onde os personagens moram. Adivinha quem vai se intrometer e tentar ajudar?

Pois então é com romance, alguma comédia, mistério e surpresas que Kimberly resolve nos apresentar Ecos da Morte. A leitura flui muito bem e eu recomendo a todos. O livro é pequeno e acaba tão rápido, que minha cabeça ficou criando outros cenários para o próximo livro, que eu também espero me surpreender. Mais uma série, mais uma perdição.

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Nossa adoro esses livros que nos surpreende =D

    Então estava visitando alguns blogs e encontrei o seu blog adorei...
    Já estou seguindo
    http://pensamentoselivros.blogspot.com/
    @Storieandadvic
    Espero sua visitinha, adoraria que você seguisse também.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi, Aline... não parece um pouco com A Terra das Sombras, da Meg Cabot, não? Tipo, só que numa "leitura" diferenciada? Pelo menos, foi a sensação que eu tive kkk

    Também não estava dando muita bola para esse livro, não. Acho que a sua resenha foi a primeira que li sobre ele. E me deixou curioso. O legal é que é um livro curto. O ruim é que é série e a gente fica querendo ler os outros logo e não tem.

    Abraços! ^^

    ResponderExcluir
  3. Bah menina um monte de gente tem falado desse livro e me parece ser bem interessante mesmo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Quando eu o livreto, eu já sabia que ia comprar ele!
    A hst é muito boa! ^^
    O jeito da Violet é único!
    Parabéns pela resenha! ^^
    Abs,

    ResponderExcluir
  5. Stephania Ferreira12 de maio de 2012 04:58

    Li, a historia eh legal mas nao chega a ser o meu preferido.. na erdade nao chega nem ao top 10.. a historia parece interresante.. mas a narrativa eh meio cansativa..

    mas boa resenha

    ResponderExcluir
  6. Li o livro e de cara já fiquei completamente apaixonada pele historia ( que é fofa) Violet não tem sossego pois quando um eco chama ela tem que atender ao chamado ( mesmo que contra a vontade).Sinceramente não sei se é um dom ou uma maldição. Li o segundo que também é muito bom (e o romance dela com Jay fica mais fofo ainda), só é uma pena demorar tanto para ser lançado a continuação da série. Alguém sabe quantos livros são?

    ResponderExcluir
  7. Eu adoreeeeeeeeeeeeeeei esse livro *.*
    Fiquei muito apaixonada pelo Jay, kkkkkkkkkkk! Gente ele é um sonho de menino. Torço muito por ele e Violet <3

    ResponderExcluir
  8. Eu adorei esse livro. Li ele muito rápido, pois a narrativa é muito gostosa e ele é super envolvente. O Jay é uma graça e a Violet é fofa demais.
    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir
  9. Espero ter a oportunidade de ganhar esse!!

    ResponderExcluir
  10. gosto bastante desse tipo de leitura acabo me envolvendo demais!

    ResponderExcluir
  11. Pelo que vc escrever esse é o tipo de história que adoro, esse suspense que arrepia a nuca enquanto lemos...adoro.


    ResponderExcluir
  12. Aqui em casa tem este livro, e como adoro esses assuntos sobrenaturais, vou acabar lendo ele.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo