21/09/2011

Resenha de "O céu está em todo o lugar"

O céu está em todo lugar
  • Autor: Jandy Nelson
  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 432
  • Classificação: 5 estrelinhas
Este é um livro de estreia vibrante, profundamente romântico e imperdível. Lennie Walker, de dezessete anos de idade, gasta seu tempo de forma segura e feliz às sombras de sua irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre abruptamente, Lennie é catapultada para o centro do palco de sua própria vida - e, apesar de sua inexistente história com os meninos, inesperadamente se encontra lutando para equilibrar dois. Toby era o namorado de Bailey, cujos sentimentos de tristeza Lennie também sente. Joe é o garoto novo da cidade, com um sorriso quase mágico. Um garoto a tira da tristeza, o outro se consola com ela. Mas os dois não podem colidir sem que o mundo de Lennie exploda...


Leia mais...

  
"Eu deveria estar de luto, não me apaixonando". Essa frase dá inicio ao mágico e maravilhoso livro O céu está em todo lugar. Eu sinceramente não sei o que escrever na resenha que possa descrever os sentimentos e minha opinião em relação ao livro. Ele é bom a esse ponto de deixar-nos sem palavras. Primeiramente, esse é o livro mais lindo (e digo no sentido estético da coisa) que eu já vi. A diagramação é perfeita. Como muitos já sabem, ele imita um hardcover, sem ser capa dura. As letras são azuis e em cada capítulo temos uma surpresa especial.

Sim, só por aí já valeria a pena ler o livro. Mas ele precisava ser ainda melhor. O romance gira em torno de Lennie que tem sua vida completamente mudada com a morte de sua irmã mais velha, Bailey. A morte de qualquer ente querido é uma perda, mas no caso de Lennie, sua vida realmente fica prejudicada, uma vez que ela via em Bailey não só uma irma - uma amiga. Mas, acima de tudo, Lennie era a sombra de Bailey. Vivia a vida em função da felicidade da irmã, se contentando com isso.

Com essa reviravolta, Lennie passa a notar como sua vida em primeira mão, fica sem sentido e que mais ninguém entende sua dor. Assim ela acaba indiretamente afastando pessoas importantes, como seus familiares e sua melhor amiga. Essa é uma passagem muito importante, porém devo ressaltar que a morte de Bailey trouxe um significado muito maior que união. Mas sim, reconhecimento da Lennie sobre ela mesma.

É claro que não podia faltar o triângulo amoroso composto por um novo aluno, Joe, que vivia em Paris e agora está em sua escola. E Toby, o ex-namorado de sua irmã. Isso mesmo... o ex-namorado da irmã. Queria dizer que de início fiquei um pouco alarmada. Mesmo assim, com a passagem da leitura, você vai entendendo o porquê desse envolvimento, apesar de ainda ser um pouco evitável. E o Joe... que personagem mais fofo e querido! Juro que ele nos envolve na leitura de uma tal forma que você fica horas imaginando qual vai ser sua próxima atitude.

A narrativa é em primeira pessoa, o que nos mostra ainda mais as emoções de Jennie, o que eu acho muito válido. O livro é, acima de tudo como disse anteriormente, um auto reconhecimento. Jennie cresce durante a história e nos mostra que podemos ter emoções conflitantes e ainda sim, crescer e ser feliz com elas. Eu não posso esquecer jamais dos recados que encontramos em inícios ou finalizações de capítulos. Eles são muito importantes para a história e uma surpresa muito linda os cerca ao final.

Vale muito a pena ler. O céu está em todo o lugar é com certeza um dos melhores livros que li no ano. E acho que não estou sozinha nessa.

Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Uma Palavra!! "LINDO" é o que define esse livro!!!

    Amei a resenha Aline!!!
    Bjokas!!!1

    ResponderExcluir
  2. Eu quero!!!! Vou comprar esse livro com certeza. Sua resenha só aumentou ainda mais a minha vontade (se isso é possivel) ^.^

    ResponderExcluir
  3. Ahhh quero muito ler esse livro!!
    Estou com ele em casa esperando a vez dele.. rsrsrsrsr.... será a próxima leitura, com certeza!

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei do livro e apesar de ser em primeira pessoa a leitura flue bem. Pelo menos para mim, já que eu não sou tão fã de narrador em primeira pessoa.

    ResponderExcluir
  5. Parece ser realmente muito legal e emocionante.Já marquei na minha lista e com certeza vou lê-lo.
    Ótima resenha ;)

    Bjs!!!♥

    ResponderExcluir
  6. Stephania Ferreira12 de maio de 2012 05:19

    parecer ser legal... ams nao o meu tipo de historia..

    adorei a resenha

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu já tinha gostado do livro por causa da capa, e depois de ler a resenha fiquei mais entusiasmada em ler, parece se tratar de uma história envolvente e bem escrita, mal posso esperar

    ResponderExcluir
  8. só pela capa já gostei , achei muito bonita tem um ar interessante! gostei demais

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho esse livro, peguei em uma troca no skoob, dizem que é muito bom né?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo