09/06/2011

Resenha de "Lonely Hearts Club"

Lonely Hearts Club
  • Autor: Elizabeth Eulberg
  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 233
  • Classificação: 5 estrelinhas
Penny Lane Bloom cansou de tentar, cansou de ser magoada e decidiu: homens são o inimigo. Exceto, claro, os únicos quatro caras que nunca decepcionam uma garota — John, Paul, George e Ringo. E foi justamente nos Beatles que ela encontrou uma resposta à altura de sua indignação: Penny é fundadora e única afiliada do Lonely Hearts Club — o lugar certo para uma mulher que não precisa de namorados idiotas para ser feliz. Lá, ela sempre estará em primeiro lugar, e eles não são nem um pouco bem-vindos. O clube, é claro, vira o centro das atenções na escola McKinley. Penny, ao que tudo indica, não é a única aluna farta de ver as amigas mudarem completamente (quase sempre, para pior) só para agradar aos namorados, e de constatar que eles, na verdade, não estão nem aí. Agora, todas querem fazer parte do Lonely Hearts Club, e Penny é idolatrada por dezenas de meninas que não querem enxergar um namorado nem a quilômetros de distância. Jamais. Seja quem for. Mas será, realmente, que nenhum carinha vale a pena? “Leitura imperdível para qualquer pessoa que já esteve apaixonada... ou que jurou nunca mais fazer isso de novo.” Stephenie Meyer, autora de Crepúsculo.
 
Quem nunca parou para pensar em desistir de vez de relacionamentos amorosos? Que estava cansada/cansado de encontrar pessoas que você pensam que podem significar alguma coisa diferente para você, mas que no fundo não passa de ilusão e mentira? É isso que o fofo Lonely Hearts Club, publicado pela Editora Intrínseca aqui no Brasil, vai abordar de uma forma muito leve e engraçada, de certa forma. E, a melhor parte, na presença de John, Paul, George e Ringo.

Penny Lane é uma garota normal. Quer dizer, tirando que seus pais são malucos por Beatles. E ela também. Para vocês terem uma ideia da paixão pela banda, a campainha da casa é uma música da banda. Muito bom! E, quer prova maior de verdadeiros fãs, do que colocar os nomes das filhas homenageando músicas da banda? Posso ressaltar que a mágica que a autora completa ao colocar Beatles como peça no livro, deixa tudo ainda melhor e mais gostoso de ler. Em várias partes do livro encontramos fragmentos de canções que tem a ver com o capítulo. 

Pois então, Penny Lane sofreu uma desilusão amorosa com uma pessoa que ela jurava que nunca iria fazer mal a ela. Mas quem disse que isso foi ruim? Para Penny, foi a oportunidade perfeita para a abertura do Lonely Hearts Club, um clube para meninas que não querem mais namorar (pelo menos até acabar o ensino médio) com qualquer garoto. Penny Lane achou que somente ela faria parte do clube, e que nem sequer divulgar queria. Mas estava redondamente enganada.

Com as desilusões das amigas e de outras meninas, o Lonely Hearts Club virou ponto de encontro e de amizade. O que me encantou, além da história, é a visão da autora de como é importante a amizade em qualquer momento da vida. Nos ruins, como as desilusões amorosas, provas impossíveis, desafios que a vida impõe, e nos bons, como conquistas e novos caminhos. Claro, o amor de casal é importante, mas a união de amigos é insubstituível, e é assim que o livro corre.

Para quem quer uma literatura leve e que te faça rir e comemorar, ou mesmo querer bater nas personagens, Lonely Hearts Club é uma ótima pedida. Com certeza vocês não vão se decepcionar. O livro é pequeno e rapidinho você acaba de lê-lo. O que é uma pena, porque ele é muito gostoso de se ler. E você fica com uma vontade de ouvir Beatles imensa, então prepare seu equipamento de som e saia cantando com as meninas, porque vale a pena.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Linda a Resenha!!!! Se eu já estava querendo esse livro, agora vou ficar obcecada!!!
    Eu S2 os Beatles!!!

    Bjokas!!!

    ResponderExcluir
  2. Fiquei com mais vontade de ler este livro, que tem uma capa adorável. Bjs, Rose:D

    ResponderExcluir
  3. Hhaha
    esse livro é uma graça mesmo!! Eu amei, é bem leve e divertido ^^
    Eu vou guardar sim marcador para vc!
    Vou tirar uma foto e por lá no blog na Sessão EXTRA, depois vc passa la e confere se tem algum outro que queira!

    bjss
    Hey Evellyn!

    ResponderExcluir
  4. Stephania Ferreira12 de maio de 2012 05:09

    falarm muito bm deste livro e sua resenha me deixou mais curiosa...

    adorei a resenha

    ResponderExcluir
  5. ja ouvi coisas otimas sobre ele, em breve quero ler, vc consegui desperta minha atenção

    ResponderExcluir
  6. Vi várias resenhas desse livro e to louca para ler, apesar de meio infantil
    beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo