14/02/2011

Revirando meu Baú #2 - Para sempre Cinderella


Mais um Revirando meu Baú, dessa vez com um filme beeem antigo, mas que eu amo de todas as formas. Para sempre Cinderella (Ever After) foi lançado em 1998 e desde esse ano até hoje 2011, eu não me canso se assistir. Não me canso de rever as cenas lindas, românticas e até mesmo engraçadas desse conto de fadas que ultrapassou gerações.

Quem nunca parou para ouvir, ler ou ver a história da Cinderella pela Disney? Sim, é linda. Com todas as mágicas, encantos que todos os contos de fada tem. Mas sabem de uma coisa? Para sempre Cinderella, pelo menos para mim, é muito melhor que a animação. Todo mundo já deve ter visto esse filme, principalmente porque todo o ano ele passa na sessão da tarde. E sim, eu paro tudo o que eu estou fazendo para ver. Já sei as cenas e as falas de cabeça, mas toda vez me emociono.

Para quem não conhece, ou quer relembrar, Para sempre Cinderella se passa na França do século XVI. Danielle de Barbarac (Drew Barrymore) mal pôde se conter de felicidade quando, aos oitos anos quando seu pai (Jeroen Krabbé), um aristocrata viúvo, se casou novamente com uma baronesa (Anjelica Huston). Com a união, ela ganhou uma mãe e duas irmãs no mesmo dia. Mas a sonhada felicidade durou muito pouco, pois logo depois seu amado pai morreu subitamente e a madrasta, que ela desejava que fosse a mãe que nunca tivera, passa a tratá-la como uma criada. E é claro, uma irmã é boazinha e fofa e a outra é má e quer roubar o príncipe.

Ok, até aí nada de diferente. Mas e se eu disser a vocês que Danielle se passa por sua mãe para salvar um criado de um terrível futuro? E se eu disser que Danielle é forte, corajosa e uma moça de um atitude incrível para a época, sem nada de teretetes e frufrus que vimos? Que o príncipe Henry foge desesperadamente de um casamento arranjado e que é lindo de morrer e um doce? E que a fada madrinha, imagine só é Leonardo da Vinci? Isso mesmo. Aquele que pintou aquele quadro nada famoso chamado Monalisa.

Danielle: Um pássaro e um peixe podem
se apaixonar. Mas onde viveriam?
Leonardo: Então terei que lhe fazer asas.
São por esses e por zilhões de outros motivos que esse é um dos meus filmes favoritos de todos os tempos. Claro, minha lista é enorme, mas Para sempre Cinderella tem um lugar especial para mim. Porque esse conto de fadas pode sim ter sido real. Tá, lá vem eu boba apaixonada e romântica falando essas coisas, mas quem disse que não? Que um dia um príncipe encontrou uma moça inteligente, que acima de todas as expectativas e sua classe social, revirou seu coração e o fez apaixonar... e que essa moça teve um dia glorioso, vestindo uma roupa maravilhosa? Eu acredito nisso. Podem rir, não vou deixar de acreditar.

Eu não vou nem comentar sobre a Drew. Eu adoro os trabalhos delas, sou fã de carteirinha de todos os filmes que eu já vi que ela fez. E eu acho que não tinha atriz melhor para realizar o papel. E eu também tenho que elogiar a atuação do ator Dougray Scott que também me encantou como Príncipe Henry, apesar de eu nunca mais tê-lo visto em outros trabalhos.



Eu nunca encontrei o DVD para comprar, nem nas lojas americanas que vivem vendendo DVD's antigos pra caramba... mas eu não vou desistir. Não encontrei nenhum trailer oficial do filme, mas encontrei esse vídeo quase trailer, vamos dizer assim. Curtam aí.



Um adeno: A música que eu coloquei ontem na caixinha de correio é a música oficial do filme. Ela é perfeita! Espero que tenham gostado de mais um Revirando meu Baú.

"Henry: E o que acontece se a pessoa destinada para você nunca aparecer? Ou ela aparece, mas... você está muito distraído para notar?
Leonardo da Vinci: Você aprende a prestar atenção."

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Ai esse filme é tãããão lindo!
    Sou apaixonada por ele *-* e adoro a atriz,apesar de não conseguir decorar o nome dela =x
    ahauhauhau

    Blog:www.allstarejeans.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, vi seu comentário la no meu blog e vim aqui responder. O marcador do blog eu mesma fiz e imprimi, por enquanto ainda não mandei para nenhuma gráfica. É isso. bjs

    ResponderExcluir
  3. Amiga, eu nunca assisti esse filme!! Mas se vc tá falando que é bom, eu assino embaixo!!

    ResponderExcluir
  4. É verdade. É um dos filmes mais lindos do gênero fantasia... E tem alguma cena mais engraçada do que ela tentando carregar o príncipe para salvá-los dos ladrões?

    ResponderExcluir
  5. Eu também já vi várias vezes (e chorei muito também). É lindo e muito divertido (adora a cena que ela 'carrega' o principe nas costas. Lembra?)
    É um conto de fadas bem diferente mesmo.
    O dvd existe sim, achei em alguns site:
    http://preco2.buscape.com.br/procura?id=2922&kw=dvd+sempre+cinderela

    Até mais.

    ResponderExcluir
  6. eu adoro esse filme! Ele é uma delícia. Nunca fui mt fã da cinderela, sempre goste mais de outros contos, mas esse filme eu adoro, tb, com a Drew B. dificilmente seria ruim, eu adooooro ela!

    Amei essa volta no tempo ;]
    Bjao line!

    Iza
    Três estrelinhas

    ResponderExcluir
  7. Maravilhoso esse filme!Adorei.

    ResponderExcluir
  8. Eu AMEI este filme. Adoro a cara sapeca desta atriz e foi umas das melhores adaptações da cinderela que eu vi. Quero-lo obte-lo para minha coleção de filmes preferidos.
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  9. minhas irmães adoram, mais eu naum gosto muito , sou mais um filme de ação

    ResponderExcluir
  10. Lindooo esse filme, passou semana passada se eu não me engano na seção da tarde e adivinha se a Mayarinha aqui nao assistiu???

    Eu adoro esses filmes antigos, acho que os filmes atuais perderam a essencia do romantismo

    ResponderExcluir
  11. esse filme é uma delicia de assisti, gostei bastante é perfeito

    ResponderExcluir
  12. esse filme é meio chato, naum gosto muito desse tipo de filme

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo