19/02/2011

Quem conta um conto... #3


Mais um Quem conta um conto... no ar, dessa vez postado no sábado à noite, porque eu fiquei a tarde inteira no Evento de Crescendo hoje. *o* Maravilhoso por sinal, ri demais! Isso porque eu estava meio que passando mal e minha garganta um caco. Ela piorou agora, mas isso não vem ao caso, né? Vamos a mais um conto super fofo que eu recebi.



A leitora da vez é a fofa, e minha colega de blogosfera e Clube do Livro, Izabelly Penaforte. Ela é autora do blog recente e muito cute Três estrelinhas. Vale a pena dar uma passada lá e participar da promo que está rolando. Eu conheci a Iza no tempo dos vícios de Crepúsculo, mas melhor disfarçar os micos que pagamos.... xD

Minha perguntinha dessa vez foi: Algum autor/livro te influenciou a ler constantemente como hoje?

"Com certeza! Isso é meio clichê, mas é pura verdade, Harry Potter/J. K. Rowling foi a série que me inspirou a ler da forma 'desesperada' que eu leio hoje. Sou feliz porque um dia tive a oportunidade de ler essa obra maravilhosa e me apaixonar, assim, pelos livros. Tia Jay, sem você, hoje eu não estaria sempre falida. Por isso, obrigada por criar o bruxinho mais famoso do mundo ;]"

A Iza, desde que eu comecei com a sessão, se interessou a participar. Por isso ela escreveu um conto muito bonito baseado em Orgulho e Preconceito, que eu amo e todo mundo sabe disso. Olha como ficou lindo!

Esta não é uma estória de princesa. Esta é a estória de uma plebéia de uma família bem grande: seu pai, sua mãe e mais quatro irmãs. Ela era a segunda filha. Sua irmã mais velha era a mais bela, mas muito tímida, a segunda Bennet era primorosa e a mais culta. Todas gostavam de festas e não perdiam a oportunidade de dançarem e se divertirem em todas.

Um belo dia dois príncipes chegaram ao condado onde as meninas Bennet moravam, um era ruivo, gracioso e simpático, embora tímido, o outro era bonito, vistoso, elegante e sério. Todos se conheceram numa festa, em que o príncipe ruivo se encanou pela menina Bennet mais velha, porém, o príncipe sério destratou a segunda menina Bennet, pois ela não era tão linda quanto à irmã.

A menina Bennet percebeu que algumas pessoas não mereciam atenção, pois somente se importavam com a aparência e não com o interior das pessoas e numa oportunidade, de forma inteligente, rechaçou a forma pobre que foi tratada.

Mas este não é o fim da estória, pois com a atuação da menina Bennet, o príncipe sério passou a se interessar pela pobre plebéia, tentando ser agradável, mas nada fazia a menina suportá-lo.

Muitos dias ensolarados se passaram até que o sério e orgulhoso príncipe encontrasse a menina Bennet novamente e usando de palavras ainda ofensivas, pediu que ela se casasse com ele. Mas ela não o aceitou, pois ele havia ferido o pobre coração da menina dizendo ofensas sobre o comportamento nada nobre de sua família e a sua situação pobre.

O príncipe partiu magoado, mas deixou uma carta explicando todos os motivos de seu comportamento odioso.

A menina ficou comovida ao descobrir que na verdade ele era o mais nobre dentre os que ela já havia conhecido e que na verdade o seu comportamento foi mal entendido por ela. A pobre menina passou dias tristes pensando no mal que havia feito ao nobre príncipe inocente e se arrependeu de ter negado a sua mão.

Ela o amava.

Mas o nobre príncipe percebeu que não poderia desistir tão facilmente e foi em busca da linda menina.

A menina também pensou em buscar o nobre príncipe e ambos se encontraram. Olharam-se e reconheceram os seus erros. A linda menina havia sido preconceituosa ao julgar os atos mal entendidos do nobre príncipe e foi orgulhosa em não pedir desculpas logo depois que descobriu o seu erro. E o príncipe foi preconceituoso e orgulhoso em relação à situação familiar precária da linda menina, não sendo humilde ao pedi-la em casamento.

Assim o verdadeiro amor os uniu, vencendo todos os obstáculos.

Se eles foram felizes para sempre? Essa já é outra estória...



Esse foi o conto que a Iza nos mostrou nesse sábado. Segundo ela...

Quem conta um conto... nunca será um tonto!

Gostou da sessão? Quer participar também? Clique aqui e saiba como!

Comente com o Facebook:

13 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Aii, a Izabelly é um amor, né? AHAHAH Adoro o blog dela! E adorei as respostas, com certeza a maioria começou por Harry Potter *-* Comigo também foi assim, rs. Ai, adorei essa coluna. Beijão.

    Luiza,
    Express Coffee

    ResponderExcluir
  3. Orgulho e Preconceito dispara meu coração UKSDHKUSHDKSUD Nossa, como eu amo isso *-* Harry Potter também fez eu ter gosto por ler, aos 7 anos hahahaha

    Beijos, World of Carol Espilotro x

    ResponderExcluir
  4. super amei o conto... wow...
    ahhh eu tbm adoro a Iza ela é super fofaaaa... tbm adoro o blog dela passem lá :P

    Bjoos
    Sam
    UP BOOK

    ResponderExcluir
  5. vergonhia dessa foto, já disse, haha! Mas adorei a coluna Line, dá oportunidade de nós participarmos do blog e ainda fazer a divulgação do nosso! Adorei e estou curiosa para ver os próximos!
    Nossa, comentei em todas as postagens, kkk

    Bjao
    Iza
    Três estrelinhas

    ResponderExcluir
  6. A M E I o conto... a mensagem inculta sobre o interior valer mais que o exterior foi mto bem passada.. gostei mesmo!!!!
    e o blog, a Aline ta de parabens.. mt bom!
    bjs...
    OBS o meu está, temporariamente, fechado pra balanço... mas, se se interessarem em ler algo..
    omniavincitamor.blogspot.com bjs

    ResponderExcluir
  7. vichi, quando é orgulho e preconceito eu me desmancho. tem romance mais lindo ohm ?
    hehehe
    o conto ficou muito legal (:

    beijão.

    ResponderExcluir
  8. Que lindo! Também amo de paixão orgulho e preconceito... e sim, eu tbm me apaixonei pela leitura depois de Harry Potter!

    ResponderExcluir
  9. Sempre Harry Potter....
    Parabens Iza, conto lindissiomo

    ResponderExcluir
  10. Fã do Harry Potter presente ! Nunca esquecerei o que aprendi com os filmes e livros ! ^^

    ResponderExcluir
  11. Lindo! Ela escreve muito bem mesmo.
    :-)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© MEMÓRIAS LITERÁRIAS - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: SD DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo